Ubuntu Server, usei e confiei

Standard

Boa tarde a todos,

Não vim aqui como xiita ou como “cannonizador”, muito pelo contrário, vim deixar a minha adimiração por uma das distribuições mais amigáveis que já vi em toda a minha vida.

Sou um amante do Slackware Gnu/Linux e um observador do CentOs (+ fedora/rhel), todavia eu conheço o poderoso Debian, que tem sua “fatia” no mercado Gnu/Linux.

A Questão maior aqui é -> Por que escolhi, por que confiei e por que recomendo?

Vamos lá!

Em 2007 eu já estava afinado com o ubuntu Desktop e havia sido divulgado que o Ubuntu teve um repositório invadido (pacotes comprometidos e coisas do gênero).

Fiquei com um pé atrás e deixei a versão server “ir catar coquinhos”!

No ano de 2008 resolvi dar uma chance a esta versão (detalhe, já utilizava há muito tempo o Slackware em servidores), foi quando baixei o Ubuntu 8.04 Server 32 bits e instalei em uma máquina muito poderosa, a saber segue uma foto da mesma:

16-07-08_1244

Pois é, de posse da imagem você já deve saber que isto aí é uma SLI Premium + athlon x2 + 2 gb de ram + sata 2 + nvidia pci express.

Esse “tornado aí” também está “gemendo” em sua missão dolorosa, o mesmo opera com os serviços:

apache 2,
mysql 5,
php 5.2.6,
zoneminder (current),
Samba (current),
proxy-cache,
firewall + gateway de internet.

Vou colar o load da “criança”:

top – 14:43:29 up 72 days, 32 min,  1 user,  load average: 37.34, 37.36, 37.44
Tasks: 255 total,   1 running, 219 sleeping,   0 stopped,  35 zombie
Cpu(s):  4.0%us,  4.5%sy,  0.0%ni,  0.0%id, 91.0%wa,  0.0%hi,  0.5%si,  0.0%st
Mem:   2074460k total,  2023356k used,    51104k free,   125968k buffers
Swap:  6072528k total,      216k used,  6072312k free,  1471032k cached

PID USER      PR  NI  VIRT  RES  SHR S %CPU %MEM    TIME+  COMMAND
7499 www-data  20   0  139m  12m  10m S    2  0.6  14:26.22 /usr/local/bin/zma -m 9
7511 www-data  20   0  139m  12m  10m S    2  0.6  14:08.16 /usr/local/bin/zma -m 6
7503 www-data  20   0  139m  12m  10m S    1  0.6  14:30.52 /usr/local/bin/zma -m 7
7507 www-data  20   0  139m  12m  10m S    1  0.6  14:05.84 /usr/local/bin/zma -m 8
7566 www-data  20   0  184m  56m  53m S    1  2.8   3:17.83 /usr/local/bin/zmc -d /dev/video0
24880 root      20   0  1920  808  592 D    1  0.0   1:34.47 /bin/cp -rp /var/www/zm/events/ /home2/camera
24913 root      20   0  1920  808  592 D    1  0.0   1:34.49 /bin/cp -rp /var/www/zm/events/ /home2/camera
24925 root      20   0  1920  816  592 D    1  0.0   1:34.82 /bin/cp -rp /var/www/zm/events/ /home2/camera
24938 root      20   0  1920  812  592 D    1  0.0   1:29.43 /bin/cp -rp /var/www/zm/events/ /home2/camera

Sinceramente, um verdadeiro warrior, visto que um load tolerável é algo girando em torno de 1.5 ou 1.6.
Utilizando o mesmo desta forma, já contemplo a plataforma 5 meses online sem sequer travar ou demonstrar instabilidade.

Quando trabalhava para uma conhecida instituição eu usei muito o slackware, mas agora confesso que sinto-me tentado na hora de montar um servidor.

Mas vai minha humilde dica:
Use slackware se realmente você sabe o que quer e se você realmente sabe utilizar/configurar os recursos necessários para sua demanda. Slackware é muito enxuto, por isso cuidado com o que vai instalar, por que possivelmente você pode não estar munido de libs, e aí meu caro, ./configure –… copiou a idéia?

Use ubuntu seguindo o pensamento anterior, porém com a certeza do aptitude ou apt-get estarem sempre disponíveis para tirar você da lama!

Abraços…

bye
=]

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.