Como abrir um negócio de Hosting gastando pouco

Standard

Olá, galera, achei um blog interessante na web que ensina como abrir uma empresa na internet para vender hospedagem de sites, não que não saiba como fazer, mas lá ensina para pessoas que conhecem pouco do mercado. Para iniciantes é uma alternativa interessante:

http://sobrehost.wordpress.com/2012/07/26/o-que-eu-preciso-saber-para-abrir-uma-empresa-de-hospedagem-de-sites/

Compartilhar Internet pela AirPort no Mac OS X Leopard | Snow Leopard

Standard

Olá galera tudo na paz?

Hoje venho mostrar a vocês, de uma forma simples e rápida como compartilhar internet pela AirPort no seu MacBook, iMac, Mac Mini, MacPro… não importa qual seja o sabor do seu mac…. Hoje ele vai virar um Access Point…..

Vamos lá então… A primeira coisa a se fazer é se conectar a uma internet via cabo; pode ser em um switch, roteador, no seu próprio modem que recebe sinal da internet… isso não importa…. No meu caso estou recebento “SINAL” por um modem da Velox (link dedicado) 😀

AP

Rede

**Pode ser que não lhes interesse, mas por achar que a resolução de nome com DNS do provedor de serviços é um pouco lenta, prefiro usar DNS públicos…. No caso da imagem uso 2 DNS’s da Google 8.8.8.8 e 8.8.4.4 e 4 DNS’s da Level3 4.2.2.1, 4.2.2.2, 4.2.2.3, 4.2.2.4. Pra minha conexão esses DNS’s resolvem nomes bem mais rápidos do que os da própria prestadora de serviços.

Visto que já estamos conectados e com acesso à internet vamos ao que interessa… Vá até Preferências do Sistema

AP_0

Menu

Chegaremos ao principal Painel de configurações do Mac, algo semelhante a isso

AP_08Preferências_Sitema

Na parte onde temos Internet e Redes sem fio vá em Compartilhamento

AP_00

Internet_redes

Na janela seguinte faça como na imagem (clique em cima da guia Compart. de Internet-não clicar no quadrinho por enquanto)

AP_01

Compartilhamento

Do lado Direito vão aparecer todas as informações sobre o que você deseja fazer, no nosso caso vamos compartilher da conexão Ethernet para a Airport (tudo que recebemos na ethernet será compartilhada na AirPort)

AP_02

Compart_LD

Clique agora em Opções de AirPort, verá algo Semelhante a isso

AP_03

Compart_Internet

Escolha o Nome da Rede, em nosso caso Doooguinha_AppUnix

Escolha o Canal, nós do appunix escolhemos 11 mas fica a sua vontade

Senha, ai vai a seu gosto… 😀

Extensão de Chave WEP: aconselhamos 128 bits que apesar de não ser o mais seguro, já nos atende de bom grado. Dê OK.

Agora já estamos prontos para transformar nossos Mac’s em Access Point…. Ao clicar no quadradinho do lado esquerdo de Compart. de Internet aparecerá a seguinte Mensagem

AP_04

Compart

Apenas Clique em Iniciar.Pronto galera já temos nosso Access Point funcionando.

Vejamos o comparativo do antes e depois dos Ícones do Painel Superior

Antes

AP_05

Ícones_Antes

Despois

AP_06

Ícones_Depois

Vocês devem estar pensando, o sinal desse negócio deve ser RUIM e INSTÁVEL, ai que vocês se enganam…. De brinde vai um print de um NetBook Acer Aspire One D250 que estava a mais ou menos 15 metros de distância e com 3 paredes no caminho…( ainda não estava conectado mas, afirmo sem medo de errar que a conexão bota no chinelo muito ROTEADORES que estão ai no mercado)

AP_07

Acer_Wifi_Mac

Lembrando que se for pra uso em uma rede corporativa , não tentemos economizar tanto…. não vale a pena…. Essa é uma solução paleativa/alternativa à falta de um Router Wifi. Obrigado a todos pela visita.:D

What ip whmcs auth Qual ip do WHMCS para autenticação ou liberação em um firewall

Standard

Se você precisa do ip do whmcs (comumente usado em caso de um firewall bloqueando tudo e você necessitando permitir a autenticação) e não sabe qual é o ip a ser liberado para que o whmcs acesse a central do sistema use o ip abaixo em sua whitelist:

74.54.136.210

Zoneminder no Ubuntu ou Debian – Serviço de Câmeras Web (cftv)

Standard

Bom, vamos falar sobre a instalação do Zoneminder e algumas dicas e truques para o mesmo funcionar adequadamente.

Como tudo começou:

Meu chefe me passou a url do programa dizendo que seria uma boa solução para o controle das imagens geradas pelas câmeras internas. Pediu pra eu testar.

Equipamentos:

Placa de Captura com chipset bttv. Como já havia visto uma funcionando, indiquei a Pico2000. Que pode ser encontrada em média de 50 reais no mercado livre (http://www.mercadolivre.com.br).

Computador com slot pci, e os cabos para ligar as câmeras a placa.

E o sistema operacional usado será o Linux, distribuição Ubuntu.

A escolha da distribuição pesou devido ao fato de que todos os desktops da empresa rodarem Ubuntu, então pra não ficar inventando moda resolvi usar a mesma coisa para padronizar. E provavelmente o servidor que vamos colocar em produção vai ser Debian, não vai haver grandes mudanças na hora da instalação para produção.

Vamos ao que interessa.

ara fazer a verificação se o sistema detectou a placa, faça o seguinte procedimento:

# dmesg | grep bttv

Deve aparecer a seguinte saída:

Com isso já guarde as seguintes informações:

[ 82.180611] bttv0: registered device video0
[ 82.180792] bttv0: registered device vbi0

Instalações

Agora vamos a parte boa, instalar o que é necessário.

Vamos fazer a instalação por partes:

1. Apache, MySQL e PHP:

# apt-get update
# apt-get install apache2 mysql-server mysql-client php5-mysql php5-gd php5-cgi php-pear libgd-tools php5-dev libmysql++-dev libmysqlclient15-dev

Depois dessa instalação, já vai estar com seu servidor web pronto para o serviço.

2. Codecs de vídeo:

# apt-get update
# apt-get install libavcodec-dev libavcodec1d libavformat-dev libavformat1d libavutil-dev libavutil1d ffmpeg libavifile-0.7c2

3. As demais dependências:

# apt-get update
# apt-get install g++ make netpbm libssl-dev libjpeg62-dev libmime-perl libwww-perl libarchive-tar-perl libdate-manip-perl libarchive-zip-perl libmime-lite-perl libdbi-perl libdbd-mysql-perl libpcre3-dev libgnutls-dev

Feito isso seu sistema já vai estar pronto para receber o Zoneminder, após claro a pequena compilação dele.

Instalação do Zoneminder

Tendo instalado todos os programas anteriores, essa parte é mais simples pois provavelmente não vai dar erro agora.

Baixe o source pelo site:

# wget -c http://www2.zoneminder.com/downloads/ZoneMinder-1.23.2.tar.gz
# tar czf ZoneMinder-1.23.2.tar.gz
# cd ZoneMinder-1.23.2

Agora vem o pulo do gato, se você fizer sem alterar nada vai dar erro no make, se quiser testar, fique a vontade, se quiser fazer o trem funcionar de primeira edite o arquivo src/zm_mpeg.cpp e na linha 280 altere de:

#if ZM_FFMPEG_SVN

Para:

#if !ZM_FFMPEG_SVN

Isso mesmo, só adicionar um “!” ali depois do if.

Agora proceda com a instalação:

# ./configure –with-webdir=/var/www/zm –with-cgidir=/usr/lib/cgi-bin –with-webuser=www-data –with-webgroup=www-data
# make
# make install

Agora vamos usar o script para criar o banco de dados:

# mysql mysql < db/zm_create.sql -p

E agora logar no mysql para dar permissão ao usuário criado:

# mysql -u root -p
mysql> grant select,insert,update,delete on zm.* to ‘zmuser’@localhost identified by ‘zmpass’;
mysql> flush privileges;

Prontinho, prontinho, prontinho…

Script de inicialização

Crie um arquivo chamado zoneminder e coloque dentro dele as seguintes linhas para a criação de um script de inicialização “automágica”:

#!/bin/sh
# description: Control ZoneMinder as a Service
# chkconfig: 2345 35 15

# Source function library.
#. /etc/rc.d/init.d/functions

prog=ZoneMinder
ZM_PATH_BIN=”/usr/bin”
command=`which zmpkg.pl`

start() {
echo -n “Starting $prog: ”
$command start
RETVAL=$?
[ $RETVAL = 0 ] && echo success
[ $RETVAL != 0 ] && echo failure
echo
[ $RETVAL = 0 ] && touch /var/lock/zm
return $RETVAL
}
stop() {
echo -n $”Stopping $prog: ”
#
# Why is this status check being done?
# as $command stop returns 1 if zoneminder
# is stopped, which will result in
# this returning 1, which will stuff
# dpkg when it tries to stop zoneminder before
# uninstalling . . .
#

result=`$command status`
if [ ! “$result” = “running” ]; then
echo “Zoneminder already stopped”
echo
RETVAL=0
else
$command stop
RETVAL=$?
[ $RETVAL = 0 ] && echo success
[ $RETVAL != 0 ] && echo failure
echo
[ $RETVAL = 0 ] && rm -f /var/lock/zm
fi
}
status() {
result=`$command status`
if [ “$result” = “running” ]; then
echo “ZoneMinder is running”
RETVAL=0
else
echo “ZoneMinder is stopped”
RETVAL=1
fi
}

case “$1” in
‘start’)
start
;;
‘stop’)
stop
;;
‘restart’ | ‘force-reload’)
stop
start
;;
‘status’)
status
;;
*)
echo “Usage: $0 { start | stop | restart | status }”
RETVAL=1
;;
esac
exit $RETVAL

De acordo com sua distribuição, coloque o script no local adequado, dê permissão 775 para ele ser executado e reinicie sua máquina para fazer o teste.

Se for no Ubuntu também:

– copie para o diretório /etc/init.d
– faça os links simbólicos:

# ln -s /etc/init.d/zoneminder /etc/rc0.d/K20zoneminder
# ln -s /etc/init.d/zoneminder /etc/rc1.d/K20zoneminder
# ln -s /etc/init.d/zoneminder /etc/rc2.d/S20zoneminder
# ln -s /etc/init.d/zoneminder /etc/rc3.d/S20zoneminder
# ln -s /etc/init.d/zoneminder /etc/rc4.d/S20zoneminder
# ln -s /etc/init.d/zoneminder /etc/rc5.d/S20zoneminder
# ln -s /etc/init.d/zoneminder /etc/rc6.d/K20zoneminder

– pronto, ele irá iniciar sozinho.

Depois de feito todo o procedimento anterior, verifique se o apache está rodando, se sim acesse:

http://localhost/zm

Agora o resto é simples, para as configurações iniciais só clicar em Opções (ou Options se ele não pegar o idioma pt-br). Como na imagem abaixo:

Na primeira tela você pode escolher a linguagem da forma que achar melhor:

Na aba caminhos você edita onde deseja salvar os arquivos capturados:

Na aba imagens você escolhe como deseja que seja feito o streaming de vídeo e também o caminho do ffmpeg.

O resto das opções são bem intuitivas, basta ler. Isso vou deixar com você.

Dicas e conclusão

Dicas (Onde eu tropecei):

  • Verificar o padrão da câmera se é PALM ou NTSC.
  • Colocar pra gravar os dados em outra partição separada.
  • Ler os manuais

Conclusões

Esse artigo foi escrito com a finalidade de dar uma luz pra quem esta ralando nessa área e não quer mexer com esses GEOVISION. Então está aí pra mostrar o caminho, o resto depende de cada um. Qualquer dúvida, estamos aqui pra saná-la.

fonte: http://www.vivaolinux.com.br/artigo/Ubuntu-+-Zoneminder-=-Solucao-Livre-para-CFTV/?pagina=1