WHM sumiu com meus ips adicionados anteriormente e ao tentar adicionar novamente aparece a mensagem is already…

Standard

Calma, sem problemas.
Se conseguir entre como root e rode o seguinte comando:

 

/etc/rc.d/init.d/ipaliases restart

Depois veja no whm se os ips voltaram, caso ainda assim não tenha retornado rode
chkconfig --list ipaliases

Verifique também (caso os comando acima não sanem seu problema) os arquivos:

/etc/ips e /etc/ipaddrpool

Abraços.

 

DHCP Server Ubuntu Linux Ubuntu

Standard

Olá galera tudo na paz?
Hoje vou mostrar de forma simples como configurar um Servidor de DHCP no Ubuntu (diga-se Debian-like)….
DHCP é a siga Dynamic Host Configuration Protocol que é na verdade é um protocolo de serviço TCP/IP que oferece configuração dinâmica de terminais, com concessão de endereços IP de host e outros parâmetros de configuração para clientes de rede.
A comunicação do cliente com o Servidor DHCP funciona da seguinte forma, o Cliente envia um pacote em UDP em Broadcast (quer dizer que é destinado a todas a máquinas da rede) com um pedido DHCP (Configurações gerais como IP e DNS), o servidor DHCP que
primeiro capturar este pacote enviará de volta um pacote contendo as configurações, onde constará pelo menos um endereço de IP, uma máscara de rede como parâmetros opcionais Gateway, Servidor Wins, DNSs, dentre outras consigurações.
O DHCP usa um modelo cliente-servidor, no qual o servidor DHCP mantém o gerenciamento centralizado dos endereços IP usados na rede.

DHCP em Linux é mais rápido que DHCP em WIndow$?
Sim, isso não é mito… A vantagem do Linux sobre o Window$ nesta questão é que o Linux suporta o protocolo TCP/IP nativamente(via módulos de Kernel), enquanto o Window$ utiliza uma camada de compatibilidade (WInsock,que traz perda de desempenho por não estar diretamente no Kernel) para oferecer suporte a TCP/IP.
Existe também o Mito de que o DHCP Linux é mais difícil de ser configurado, Mentira…. Verão por meio desse how to que é simplista, tanto a configuração quanto manutenção desse DHCP em Linux.
Deixemos de balela e mãos a obra.

Primeiro, colocar um IP Fixo

root@appunix:~#ifconfig eth0 192.168.2.2 netmask 255.255.255.0 up

ou use esse how to e aprenda um pouco sobre configuração de interfaces de rede.

Agora é hora de instalar o pacote dhcp3-server

root@appunix:~#apt-get update

root@appunix:~#apt-get install dhcp3-server

Após o pacote intalado, pode fazer backup do arquivos de configuração do nosso DHCP(caso aconteça algum erro poderemos voltar com ele)

root@appunix:~#mv /etc/dhcp3/dhcpd.conf /etc/dhcp/dhcpd.conf.BKP

Agora vamos criar novamente o conf

root@appunix:~#vim /etc/dhcp3/dhcpd.conf

deixe o da seguinte forma (adaptando às suas necessidades)

ddns-update-style none;
default-lease-time 600;
max-lease-time 7200;
authoritative;
subnet 192.168.2.0 netmask 255.255.255.0 {
range 192.168.2.13 192.168.2.20;
option subnet-mask 255.255.255.0;
option routers 192.168.2.1;
option domain-name-servers 8.8.8.8, 8.8.4.4;
option broadcast-address 192.168.2.255;
}

Onde:
default-lease-time 600→ controla o tempo de renovação dos endereços IP em nosso caso a cada 10 minutos o servidor verifica se a estação ainda está ativa
max-lease-time 7200→ determina o tempo máximo que uma estação pode usar um determinado endereço IP, isso foi planejado em ambientes onde haja escassez de endereços IP no nosso caso cada IP fica “alugado” por no máximo 2 Horas(isso só é legal quando você tem menos IPs disponíveis do que estações e, quando todas as estações não ficam ligadas ao mesmo tempo)
authoritative→ significa que esse é o principal DHCP de sua rede
subnet 192.168.2.0 netmask 255.255.255.0→ significa faixa de faixa de IP e máscara de rede utilizada em sua rede
range 192.168.2.13 192.168.2.20→ aqui especificamos qual a largura de distribuição de IPs para no DHCP, em nosso caso o DHCP irá distribuir IPs de 192.168.2.13 até 192.168.2.20 Inclusive
option subnet-mask 255.255.255.0→ a máscra de rede para os Clintes
option routers 192.168.2.1→ aqui você define o Gateway das estações Cliente
option domain-name-servers 8.8.8.8, 8.8.4.4→ aqui são especificados os Servidores DNS usados pelo seus clientes, costumo usar os da Google (nunca tive qualquer que seja o problema em questão de nomes com esses DNSs)mas, caso tenha um servidor DNS em sua Rede(pode ser o proprio computador) pode colocar aqui o/os IPs deles
option broadcast-address 192.168.2.255→ endereço de Broadcast da Rede

Muito tranquilo…. agora caso trabalhe em uma rede onde usa-se impressoras compartilhadas em alguns hosts, é imprecindível que atribua por meio do DHCP IPs amarrados ao Mac Address (endereço físico e Único para cada placa de rede) ou seja, IPs fixos através do Servidor de DHCP.
Como fazer?
Após a Ultima linha de configuração acrescente

host doooguinha {
hardware ethernet 00:24:8c:4d:e3:7c;
fixed-address 192.168.2.15;}

onde:
host doooguinha→ é o nome o qual você queria dar a essa atribuição de IP
hardware ethernet 00:24:8c:4d:e3:7c→ é o endereço Físico (Mac Address) da minha placa de rede
fixed-address 192.168.2.15→ é o IP fixo que você quer atribuir para essa estação

* Só pra lembrar que o endereço fixo deve estar dentro da faixa de IP estabelecido na parte de range que foi explicado acima

Dica: Use servidor DHCP em uma faixa de Ips diferente daquela que você deixará para DHCP, por exemplo, da faixa de 192.168.2.1 até 192.168.2.20 (Setados na mão, em cada estação) e o restante 192.168.2.21 até 192.168.2.254 para o DHCP, Caso não o faça seu servidor DHCP poderá atribuir um endereço já utilizado por uma estação a outra
por meio do DHCP.

Após feita a configuração agora basta reiniciar o serviço e correr para o abraço

root@appunix:~#/etc/init.d/dhcp3-server restart

ou

root@appunix:~#/etc/init.d/dhcp3-server stop

root@appunix:~#/etc/init.d/dhcp3-server start

Nos clientes há várias formas de receber um Ip por DHCP
Vou mostrar todas pelo terminal

root@appunix:~#dhclient eth0

eth0 substitui-se pela interface usada por seu PC

ou

root@appunix:~#ifconfig eth0 0

onde eth0 é a interface utilizada por seu PC

Clientes WIndow$/ Mac receberam Ip normalmente de forma imperceptível.

Uma observação importante, é que ao configurar um servidor com duas placas de rede, você deve configurar o servidor DHCP para escutar apenas na placa da rede local. Em nossos testes utilizamos Ubuntu e, esta configuração está no arquivo “/etc/default/dhcp3-server”.

root@appunix:~vim /etc/default/dhcp3-server

Procure pela linha:

INTERFACES=”” e deixe de acordo com sua estrutura em nosso caso ficou INTERFACES=”eth0″ só irá escutar requisições de DHCP pela interface eth0.
É isso galera… espero ter ajudado, qualquer dúvida poste um comentário e o mais rápido possível será respondido.:D
Abraço a todos.

Forçando envio MX no Cpanel para situações de DNS não ajustado – Workaround

Standard

Recentemente, um cliente reclamou que seus emails não chegavam à caixa postal do destinatário.
Verifiquei que o domínio do destinatário em questão está hospedado em uma conta Windows na Locaweb, mas com os MX apontando para a Alog.
Eu tenho vários clientes com o Google Apps. Ou seja, estão hospedados no meu servidor mas utilizando o MX do Google. Todos funcionando beleza e nunca precisei editar configurações específicas no Exim do meu servidor. Mas neste caso, enquanto não se resolve a questão da configuração do DNS na Locaweb, optei por um recurso que eu desconhecia mas que atendeu ao meu cliente que agora consegue enviar os emails.
Resolvi compartilhar esta informação. Quem sabe alguem passe pelo mesma situação…
O problema foi resolvido adicionando a linha abaixo ao /etc/exim.conf:
allow_mx_to_ip = yes

Fonte: Luiz_Araujo:
http://www.forumcpanel.com.br/index.php?showtopic=8971&pid=40431&st=0&#entry40431

Como alterar o IP de saída do EXIM para um domínio no servidor de hospedagem com cPanel?

Standard


Para alterar o IP de saída pelo EXIM, crie no arquivo abaixo a referência:

/etc/mailips

Ficando dessa forma:
seu-dominio.com.br: IP

Como ao reiniciar o exim pelo whm , ele limpa o arquivo, torne o arquivo imultável com o comando:

chattr +i /etc/mailips

Neste caso, em minha opinião o bacana poderia também colocar o +ai como parâmetro do chattr para reforçar a segurança do arquivo pois o Cpanel em alguns updates chega a utilizar-se de chattr para tirar proteções.

Fonte: http://eltern.wordpress.com/2010/04/08/como-alterar-o-ip-de-saida-do-exim-para-um-dominio-no-servidor-de-hospedagem-com-cpanel/

Como modificar o IP principal para envio de emails do POSTFIX

Standard


Independente de usar Debian, Ubuntu, Fedora, Red Hat, Slackware e etc você pode modificar o main ip do postfix de maneira muito simples.

Na grande parte das distribuições o arquivo de configuração fica “escondido” no seguinte caminho:

/etc/postfix/main.cf

Abra-o com o editor que desejar (pode ser nano, vi, vim…) e informe a seguinte linha:

smtp_bind_address = IP.DE.ENVIO.DO.SERVIDOR

Este ip de envio do servidor pode ser seu ip principal ou qualquer outro pertencente ao seu server.

Lembre-se de deixar o SPF com entrada para o ip principal.

Abraços.

Vmware do not work on Windows 2008 server and virtual server 2008 – IPs no accept packets – ips do not work on iweb or others idc

Standard

Essa dica é simples, funciona para coisas simples.

Seguinte, no 2008 server ocorre uma situação bem diferente das que enfrentei até hoje.
Para que o seu vmware funcione de maneira correta no momento de setar e trafegar dados através do seu IP como BRIDGE MODE você precisa habilitar 1 serviço bem simples do windows e (talvez), caso seu firewall esteja ativado você deverá verificar se o serviço de roteamento está liberado na filtragem de pacotes.

Para isto clique em iniciar -> executar -> digite services.msc
Dentro dele localize um serviço de Roteamento do Windows.

Ative-o e seja feliz!

What ip whmcs auth Qual ip do WHMCS para autenticação ou liberação em um firewall

Standard

Se você precisa do ip do whmcs (comumente usado em caso de um firewall bloqueando tudo e você necessitando permitir a autenticação) e não sabe qual é o ip a ser liberado para que o whmcs acesse a central do sistema use o ip abaixo em sua whitelist:

74.54.136.210