Posts Tagged ‘problemas’

O que fazer quando cair água, álcool ou líquidos malucos no teclado do seu notebook (notebook comum ou macbook)?

Thursday, November 10th, 2011

Tem gente que fica pirada X 100 quando se depara com uma situação maluca como esta, veja-se nisto:

—-> Estamos batendo papo, derrepente eu, sem querer, é claro, derrubo um copo com água, ou um recipiente com álcool vira sobre o teclado do seu notebook, e de prache seu teclado começa a repetir teclas com 6, z e etc.

O que fazer para parar o efeito do “teclado drogado”?

– Primeira coisa a fazer é ARRANCAR a bateria do seu notebook/macbook (sim, isto é MAIS QUE NECESSÁRIO),

– Segunda coisa a se fazer é virar o notebook de cabeça para baixo, deixando ele aberto por 24 HORAS! (sim, na verdade recomendaria 48 horas).

 

Depois disso seu teclado estará novinho em folha.
Caso não esteja ferrou com cirtcuitos do teclado e THE END, só autorizada.

Essas horas de cabeça para baixo fazem com que todo o líquido desça para a superfície do teclado.
O tempo desligado é o tempo de secagem (arrancar a humidade).

Cool ;).

Equipe AppUnix agradece.

Como instalar Android 2.3.7 no Milestone 2 sem perder dados e de forma rápida

Tuesday, October 4th, 2011

PS: baixem TODOS os arquivos do artigo aqui:

http://appunix.com.br/repository/ALL.rar

As pessoas reclamam que os arquivos estão dando problemas. SUBIMOS TUDO e o tamanho no WINDOWS:

931 MB (976.620.228 bytes) (size)

931 MB (976.621.568 bytes) (size on disk)

Tem várias roms, vários utilitários e por fim a tranquilidade de não ter o dropbox off.

 

 

 

Antes de mais nada quero deixar claro que este artigo é 100% baseado no consagrado artigo da galera AJUDA ANDROID, que pode ser acessado aqui:

http://www.ajudandroid.com.br/2011/09/rom-milestone-2-cyanogenmod-7-versao.html

 —– Dia 05/12/2011 (ATUALIZADO):

Lista de arquivos para download interno (caso queiram mais desempenho tentem com dropbox [links mais abaixo]):

http://www.appunix.com.br/repository/GingerBreak-v1.20.apk

 

http://www.appunix.com.br/repository/Bootmenuv0.8.6-v2.zip

ROMS MAIS NOVAS:

http://android.loicg.net/roms/

 

Antes de mais nada iremos deixar aqui links de arquivos que você deverá utilizar (exceto rsdlite, fica ao seu critério).
Requerimentos para seguir este How to:

– Ter um milestone 2 rodando android 2.2,

– Baixar todos os softwares aqui citados.

 

Pontos em particular:

– Deixe a bateria COMPLETAMENTE carregada junto ao seu Milestone 2.

– Reza a lenda “androidiana” que cartões sd lv 10 dão problemas, eu, particularmente não vi dar problemas.

 

Não precisa ser um arquiteto da Google para executar este procedimento, muito pelo contrário, é tão simples e eficaz que quando terminar (e isso será rápido) você vai falar:

– “Caramba, velho, como foi fácil/rápido terminar esse trem!”

 

A meta é essa!

 

Softwares  OBRIGATORIAMENTE necessários para cumprir nossa meta:

http://dl.dropbox.com/u/17545709/Bootmenu%20v0.8.6-v2.zip  (esse é o bootmenu 8.6-v2),

http://dl.dropbox.com/u/17545709/GingerBreak-v1.20.apk (esse aqui é o gingerbreak 1.20 e vai “rootar” seu aparelho de maneira beeeeem simples/rápida),

https://market.android.com/details?id=com.koushikdutta.droid2.bootstrap&hl=en (gestor de roms que serve tanto para fullbackups como para instalar roms, custa menos de 6 reais e vale a pena),

http://dl.dropbox.com/u/17545709/EndlessCM7_20111001_Nightly_BPSW_v1_0.zip (cyanogenmod 7), CASO percebam que o link está off podem baixar até versões mais novas, vejam aqui no repositório (CABRITO! Divulgamos este repositório no twitter do appunix): http://android.loicg.net/roms/

–  http://dl.dropbox.com/u/17545709/RSD%20Lite%204.9.zip (perfumeria, RSDLite 4.9 (para caso de reinstalar a SBF da motorola 2.2),

https://market.android.com/details?id=com.koushikdutta.rommanager&feature=search_result (ClockWorkMod, um gestor de ROMs muit bombado).

Eu, particularmente recomendo que você instale o FREE e 100% operacional/compatível programa chamado TITANIUM BACKUP -> https://market.android.com/details?id=com.keramidas.TitaniumBackup&hl=en

 

Após baixar tudo RECOMENDO que cole os arquivos baixados (caso os baixou por meio de PC) dentro do seu milestone 2 em uma pasta na raiz do sistema (VAI FACILITAR MEIO MUNDO NA HORA DE INSTALAR A ROOM), eu, no momento em que executei minha upgrade coloquei tudo na raiz em uma pasta chamada DOWNLOADS usando meu cabo de dados. Isso é só um procedimento de organização, nada mais, sem isto, caso use outra forma funcionará, mas minha idéia aqui é encurtar caminhos ;).

É uma ferramenta MUITO simples de usar (TITANIUM BACKUP) e NÓS OBRIGAMOS que você a use, LOL, justamente para que você não perca aqueles programas massa que você possui, ou mesmo os dados dos tais programas. Então, para nos anteciparmos ao problema vamos fazer o seguinte, instalar o Titanium backup e em seguida fazer o seguinte:

IR no menu ->configurações ->aplicativos ->desenvolvimento e habilite a opção depuração de USB.

Depois entre no programa e assim que for requisitado poder de root (sim, o danado acessa MUITAS áreas do sistema) diga que SIM. [allow]

Depois procure pela aba BACKUP/RESTORE e em seguida, apertando os quadradinhos [botão de configuração/propriedades de um app] clique em LOTE.

Logo em seguida você vai ter de procurar por backup de todos os aplicativos de usuários [backup all data + apps], e clicando no botão logo ao lado para deixar no ponto -> [executar/run].

Na tela a seguir devemos escolher as apps manualmente OU já ir rodando todo o fullbackup de tudo, escolhendo suas apps (recomendo tudo) clique em Executar a operação em lote.

 

2 coisas bem interessantes acontecem aqui, no ato do backup:

1 – o titanium coloca seus arquivos e ele mesmo na memória SD externa, em uma área aonde qualquer mudança complexa ou wipe data vai deixar o bichão ali, pronto para uso e COM SEUS DADOS FILÉ!

2 – esse procedimento de backups é importante, pois quando terminarmos a instalação do android 2.3.7 é de praxe que você esteja sentindo muita falta daquela app querida e de seus dados respectivamente.

 

Feito o backup, creio eu que você já baixou os links de download e pagou pela app que recomendamos.

Agora que já baixamos tudo a primeira coisa é meter o root pra correr a solta no aparelho, para isto devemos rodar o Gingerbreak. Assim que terminarmos de instalar, seu aparelho está pronto para o root, depois iremos instalar o ClockModWork e depois o Droid 2 Recovery Bootstrap. (links já citados acima, na parte de downloads)

 

Assim que você rodar o Droid 2 Recovery Bootstrap você deverá clicar no menu -> Bootstrap recovery e em seguida liberar a app para executar suas funções avançadas, clicando assim em -> permitir e por fim clicar em -> Reboot Recovery

 

Depois desse procedimento seu aparelho já deverá estar reiniciando. Assim que ele carregar aparecerá um menu, o qual, para deslocarmos para cima e para baixo devemos usar o controle de volume do aparelho, logo + é para cima e – é para baixo e respectivamente o OK é o botão da câmera. Primeira coisa que devemos fazer nessa onda aí é acessar o menu install zip from sdcard e em seguida selecionar o menu -> choose zip from sdcard, no menu a seguir procure (lembra da pasta Download…?) por Bootmenu v0.8.6-v2.zip, escolha-o e em seguida entre no menu REBOOT.

 

Depois do reboot automaticamente iremos para uma nova tela aonde o botão de power passará a ser o OK, assim como o botão retornar do Milestone 2 realmente será retornar! (o + para cima e – para baixo, como doutra vez)

Primeiro passo que devemos fazer aqui é selecionar BOOT, aonde no menu SET DEFAULT: [boot menu] devemos optar por normal e apertaremos RETORNAR 2 vezes, aonde na tela deveremos escolher RECOVERY e em seguida ir no menu CUSTOM RECOVERY. Nessa nova tela de boot o botão de câmera volta  a ser o OK, aonde deveremos nesse novo menu procurar por Instal zip from sdcard e escolher logo em seguida choose zip from sdcard, ao abrir a raiz do sistema procure por EndlessCM7_20111001_Nightly_BPSW_v1_0.zip (lembra da pasta Download né?…).

A rom vai moer, moer, moer e moer e vai ser instalada :P, assim que for instalada deveremos voltar para o menu wipe data/factory reset, procurar pelo menu Advanced e depois clicar em Wipe Dalvik Cache, depois ir sobre YES afim de limpar o cache da virtual machinne, logo depois retornamos ao menu anterior e entramos em Wipe Baterry Stats, logo em seguida optaremos por YES para dar um grau na batera!

Depois você deve retornar ao menu principal (Go back [botão do milestone 2]) e procurar por reboot system now.

Lembra que estávamos falando de estar com a bateria full? É, meu amigo, agora é a hora da verdade e DO USO DELA! Alguns aparelhos (não sei se é por causa do level de SD ou outra coisa) levam até 10 minutos para fazer a build rodar 100% filé [levei menos de 4 minutos], mas aí varia de smart para smart.

 

Depois disso CURTAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAA o seu Milestone turbinadão.

Fonte deste milagre? Tá aqui ó:

http://www.ajudandroid.com.br/2011/09/rom-milestone-2-cyanogenmod-7-versao.html

 

Alguns pontos que ressaltamos aqui após instalação:

1 –  NÃO restaure aplicativos como google.phone do seu antigo froyo tosco, isto vai ferrar com seu sinal de gsm (de verdade),

2 – Wifi operando melhor que o 2.2 (hoje mesmo testei em frente a uma loja aonde o antigo não recebia o sinal e chute? sinal de 1 pontinho navegando tunado),

3 – LIGAÇÕES GSM NÃO CAEM [como andam falando por aí], fiz uma hoje cedo de “apenas 34 minutos”, super top de linha e uma qualidade de dar inveja de VERDADE,

4 – BOOT mais elegante e mais rápido que o froyo nativo e podrão,

5 – Câmera 100% operacional,

6 – Desempenho no acesso de áreas de trabalho BEEEEEM melhor,

7 – Consumo de bateria BEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEM menor,

8 – Consumo de ram BEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEM menor,

9 – Travamentos não existem mais (Froyo nativo da motorola travava pelo menos a cada 5 dias),

10 – Library de imagens muito mais rápida para gerar thumbnails,

11 – Led da câmera 100%,

12 – Aplicativos pós restauração do Titanium backup operando 100%,

13 – Menu Central de aplicativos muito leve,

14 – Qualidade do som continua em alta,

15 – NÃO foi necessária nenhuma gambiarra de apn ou ajuste de sinais gsm/3g, foi ligar e pimba, sinal gsm na alta!

16 – AINDA não senti aquele aquecimento infernal que o Froyo dava quando estava em chamada.

17 – Acesso a dados internos MUITO violento.

18 – Desligar (apertando o botão de desligamento/bloqueio) agora libera um item MUUUUITO amável, REINICIAR!

19 – GOOGLE MARKET 100% operacional (NOT GAMB).

 

Bem, se os 19 motivos acima não lhe encorajam a um upgrade só tenho 1 coisa a lhe dizer -> SORRY!
Devemos agradecer a DEUS pela galera da XDA, AJUDA ANDROID e http://www.cyanogenmod.com/

————

TROUBLESHOOTING

PS, no caso de nosso visitante Thiago, ele reportou que a tela de boot ficou presa, sendo assim o procedimento que ele adotou e deu certo foi:

Reiniciar o celular, pressionar “vol -” que abre o menu, fazer o procedimento de wipe/factory reset, depois aplicar o zip, em seguida wipe data/factory reset, Wipe Dalvik Cache, e Wipe Baterry Stats, após restart ele dará boot corretamente.
Se você está percebendo a luz vermelha no canto direito do aparelho (fica normalmente com uma luz verde ou durante o boot azul) deverá fazer o seguinte procedimento:
Reinicie o aparelho, daí segurando o botão Power ( botão ligar) e o X do teclado vai aparecer o android com um ponto de exclamação ”!” aperte @ no teclado agora escolha “wipe data/factory reset” e por ultimo “reboot system now” agora seu Milestone 2 vai funcionar normalmente.

Se o boot travar verifique os procedimentos do THIAGO, ou siga os passos:

ligue novamente porém segurando o botão “Power” (o botão de ligar) e a “seta para cima” do teclado, a tela vai ficar toda preta aí basta soltar que você estará na tela de bootload.

====================

SE VOCÊ pretende fazer DOWNGRADE (instalar o FROYO 2.2 oficial da Morotola no seu milestone 2 após instalar o gingerbread ou está tendo problemas após atualizar sue motorola milestone 2 basta acessar este link -> http://www.appunix.com.br/howto/linux/google-android/como-restaurar-meu-milestone-2-procedimentos-para-corrigir-ou-aplicar-osreload-de-rom-original-do-motorola-m2/)

====================

Abraços galeraaaaaaaaa!

 

Como observar quem está acessando o roundcube no cpanel?

Friday, September 30th, 2011

Para identificar quem está acessando seu roundcube use:

egrep "GET (/cpsess[0-9]+)?/3rdparty/roundcube/\?.* HTTP/1.[01]" /usr/local/cpanel/logs/access_log

Para saber quais são os ips que estão acessando o roundcube:

pgrep -l -f webmaild

Para saber qual versão do roundcube:

grep -H '' /usr/local/cpanel/version /var/cpanel/roundcube/version


egrep "GET (/cpsess[0-9]+)?/3rdparty/roundcube/\?.* HTTP/1.[01]" /usr/local/cpanel/logs/access_log

BLOG: Vulnerabilidade compromete uso de FTP em servidores Unix-Like

Thursday, October 7th, 2010

Uma notícia muito importante foi divulgada recentemente.  A biblioteca Libc/Glob é utilizada neste exploit, o qual o site http://securityreason.com/securityalert/7822 especifica detalhadamente. Segundo a publicação,  a vulnerabilidade já atingiu empresas de grande porte como até mesmo Adobe. Confira abaixo um trecho:

Author: Maksymilian Arciemowicz
http://netbsd.org/donations/
http://securityreason.com/
http://cxib.net/
Date:
– – Dis.: 06.11.2009
– – Pub.: 07.10.2010

CVE: CVE-2010-2632

Affected Software (verified):
– – OpenBSD 4.7
– – NetBSD 5.0.2
– – FreeBSD 7.3/8.1
– – Oracle Sun Solaris 10
– – GNU Libc (glibc)

Affected Ftp Servers:
– – ftp.openbsd.org (verified 02.07.2010: “connection refused” and ban)
– – ftp.netbsd.org (verified 02.07.2010: “connection limit of 160 reached”
and ban)
– – ftp.freebsd.org
– – ftp.adobe.com
– – ftp.hp.com
– – ftp.sun.com
– – more more and more

Affected Vendors (not verified):
– – Apple
– – Microsoft Interix
– – HP
– – more more more

O anúncio principal encontra-se em http://securityreason.com/achievement_securityalert/89

Iremos acompanhar esta thread de perto.
Reportaremos caso possamos descobrir algo a mais sobre esta impactante notícia.

Livezilla não permite digitação de texto no chat para responder ao cliente

Tuesday, March 16th, 2010

Livezilla

Uma coisa MUITO comum hoje em dia é ter um chat de atendimento para agilizar um suporte, uma venda e etc.
Um cliente meu que vive da venda de aquecedor solar esteve por esses dias um pouco estressado por causa do chat. Em alguns testes pude perceber que se um cliente enviasse uma mensagem eles recebiam, mas se eles tentassem digitar qualquer coisa o campo de texto do atendente não permitia resposta, somente smile e recursos embutidos do sistema de chat.
Após algumas verificações percebi algo estranho:

Somente nesta máquina havia o Silverlight em sua última versão até a data atual, a qual fiz a remoção e acreditem: 100% funcional o chat!

Concluo que se você estiver usando o Livezilla evite a instalação do Silverlight.

Abraços.

O que posso ou não posso comer sofrendo com diarréia – Dieta Para Diarréia

Monday, March 15th, 2010

INTRODUÇAO

A diarréia aflige a todos periodicamente, do nascimento à morte. As crianças são particularmente vulneráveis. Para a maioria das pessoas, a diarréia é um ataque rápido de curta duração. Para outras, é um problema habitual, crônico, aparentemente sem causa detectável. Além disso, poucos são os visitantes a outras partes do globo que escapam de uma doença comum conhecida com turista ou diarréia dos viajantes. Definida simplesmente, a diarréia é o excesso de água excretado nas fezes, resultante de movimentos intestinais aquosos freqüentes. Ocorre em decorrência de uma diminuição da absorção de água no trato intestinal, devido ao aumento da secreção de água, ou uma combinação dos dois. Bactérias como E.coli e estafilococos causam diarréia, estimulando a secreção de água, o que explica pôr que as infecções causadas pôr água ou alimentos comumente causam diarréia, incluindo a diarréia dos viajantes. Alguns laxantes funcionam da mesma forma. As causas mais comuns da diarréia são infecções gastrointestinais pôr bactérias, vírus ou parasitas; intolerâncias, alergias ou sensibilidade a determinados alimentos ou compostos dos alimentos e doenças como a síndrome do cólon irritável ou doença do celíaco. Qualquer pessoa sofrendo de diarréia crônica, que dure semanas ou meses, pode Ter um problema clínico subjacente, e deve procurar um médico.

A alimentação, sem duvida nenhuma, pode causar, agravar e aliviar a diarréia. Os alimentos podem provocar diarréia através de complexos mecanismos de intolerância. E, definitivamente, os alimentos ingeridos podem prolongar ou encurtar a duração dos episódios ocasionais de diarréia. Na verdade, comendo a coisa certa, você pode encurtar em um terço o tempo de recuperação de uma crise de diarréia

JUSTIFICATIVA

O desenvolvimento desse trabalho tem por finalidade esclarecer e orientar as pessoas sobre o tratamento da doença diarréia, uma mal que pode atingir a todos.

A criança pequena com diarréia deve ser tratada diferentemente de uma criança mais velha ou um adulto com diarréia. O perigo é maior. O que em um adulto normalmente é mera inconveniência e desconforto, pode ser sério, até potencialmente mortal, em uma criança.

É essencial uma investigação detalhada sobre a causa da diarréia o mais breve possível, principalmente para aquela induzidas pela alimentação.

METODOLOGIA

O presente estudo foi realizado através do método qualitativo, do tipo bibliográfico. O tipo bibliográfico oferece meios para definir, resolver, não somente os problemas conhecidos, como explorar novas técnicas de conhecimento.

A pesquisa foi elaborada por meio de estudo bibliográfico.

OBJETIVOS

Determinar causas e tratamentos da diarréia, prevenindo a desidratação , desequilíbrio eletrolíticos, anemia, perda de peso, e hipoglicemia.

Restaurar a motilidade intestinal normal, com uma alimentação adequada e correta para esse distúrbio gastrintestinal.

ETIOLOGIA DA DOENÇA

As diarréias osmóticas são causadas pela presença no trato intestinal de solutos ativos osmoticamente que são pobremente absorvido.

Os exemplos incluem diarréias que acompanham a síndrome de “duping” e após ingestão de lactose na presença de uma deficiência da lactase.

As diarréias secretórias são o resultado da secreção ativa dos eletrólito e água pelo epitélio intestinal. As diarréias secretórias agudas são causadas por exotoxinas bacterianas, vírus e secreção intestinal hormonal aumentada. Diferente das diarréias osmóticas, as diarréias secretórias não são aliviadas pelo jejum.

As diarréias exsudativas estão sempre associadas a dano na mucosa, o que leva a derramamento de muco, sangue e proteínas plasmáticas com um acúmulo líquido de eletrólitos e água nos intestinos. A liberação de prostaglandina pode ser envolvida. As diarréias da colite ulcerativa crônica e enterite de radiação são exsudativa.

As diarréias de contato mucoso limitado resultam de situações de mistura inadequada do quimo e exposição inadequada ao quimo do epitélio intestinal, usualmente devido à destruição e diminuição da mucosa, como na doença de Crohn ou após ressecção intestinal excessiva. Este tipo de diarréia é usualmente complicada pela esteatorréia resultante do crescimento bacteriano excessivo e pelas concentrações luminais reduzidas de ácidos biliares conjugados.

Causadas por anormalidades da flora intestinal por uso de antibióticos por tratamento de infecções

Outros tipos de diarréia ocorrem quando o movimento de todo o intestino é anormal, estimulada por estresse, por exemplo, impedido a absorção de água.

REFERENCIAL TEÓRICO

Uma criança pequena com diarréia precisa ser tratada de forma diferente de uma criança mais velha ou um adulto com diarréia. O perigo é maior. O que em um adulto normalmente é mera inconveniência, e desconforto, pode ser sério até potencialmente mortal, em uma criança. O maior perigo imediato para uma criança é a perda de grande quantidade de líquido e minerais importantes e a desidratação. Embora a desidratação, em crianças seja muito menos comum nos países industrializados do que nos países do terceiro Mundo, acontece. A desidratação pode aparecer repentinamente, dentro de algumas horas, em uma criança, portanto, a primeira medida é repor o líquido perdido. A melhor resposta comprovada para a reidratação em crianças, são de longe, as soluções cientificamente formuladas de terapia de reidratação oral, comercializadas em farmácias ( Rehydralite, Pedialyte). Essas fórmulas eliminam a necessidade de tentarmos adivinhar a quantidade de nutrientes e eletrólitos para manter os pequenos corpos a salvo da desidratação e são opçao número um dos especialistas no tratamento da diarréia infantil.

É muito importante não parar de comer. Basta comer frutas que encurtam a diarréia, alimentos como sopa de arroz ou cenoura, pudim de tapioca e pouco açúcar. Comer freqüentemente e devagar; comer muito depressa provoca náuseas. Não se deve deixar uma criança com diarréia, sem alimentação por mais de 24 horas.

Ultimamente, os pesquisadores estão mais precisos sobre os quais melhores alimentos a serem ingeridos em caso de diarréia. Os líquidos transparentes estão fora, bem como os líquidos açucarados. Os líquidos opacos são aconselhados. Ater-se a caldo de carne ou galinha insusbtancias , chás e outras bebidas enquanto seu colon está voltando gradualmente a uma dieta sólida normalmente é desnecessário, restringe os nutriente e prolonga a diarréia. Outro motivo pelo qual os líquidos transparentes estão longe de serem ideais no tratamento da diarréia é que a maioria deles contém muito sódio,( caldo de carne) ou sódio insuficiente ( refrigerantes, chá).

A melhor cura para a diarréia é um líquido rico em amido. Uma sopa grossa ou uma bebida feita de qualquer alimento que contenha amido, como arroz, milho, trigo ou batata, é terapêutica. Os líquidos ricos em amido, diferentemente dos sucos doces, tendem a diminuir os vômitos, reduzir a quantidade de líquido perdida e acelerar a recuperação.

Os pacientes com diarréia ao ingerirem yakult RI_ Regulador intestinal vão apresentar um notável quadro de melhora nesse sintoma, pois, os lactobacillus casei são capazes de produzir no intestino o ácido láctico que impede a multiplicação de microorganismos patogênicos sensíveis a essa diminuição de PH, destruindo-os

ALIMENTOS QUE VOCE DEVE COMER SE TIVER DIARRÉIA

* Paes branco, biscoito água e sal, cereais refinados cozidos, macarrão e arroz branco
* Banana-maçã e prata, maça sem casca ou raspada, purê de frutas, frutas sem casaca ou assadas, sucos coados
* Batata, cenoura, chuchu e abobrinha cozidos, em forma de purê ou creme, em sucos e sopas
* Leites industrializados à base de soja. Leite pobre ou isento de lactose
* Bifes tenros, frango sem pele, peixe, clara de ovo
* Sobremesas feitas com pouco açúcar, gelatinas, sobremesas à base de frutas

ALIMENTOS QUE PODEM AGRAVAR A DIARRÉIA

* Alimentos que provocam gases, como feijão, repolho e cebola, que causam desconforto, espasmos e inchaço;
* Alimentos com muita fibra, como frutas e vegetais, casca das frutas e vegetais e cereais integrais de difícil digestão;
* Hortaliças folhosas cruas, brócolis, abóbora , milho, couve-flor, pepino, pimentão etc. hortaliças preparadas na manteiga, gratinadas, fritas, com molhos gordurosos ou maionese.
* Leite, principalmente se você apresentar intolerância ao açúcar do leite (lactose);
* Líquidos com muito açúcar, como refrigerantes e sucos.
* Café e outras bebidas contendo cafeína. A cafeína rouba os líquidos necessários do corpo;
* Sopas muito diluídas. Embora freqüentemente recomendadas como líquidop, elas não tem o teor nutritivo necessário e normalmente contém muito sódio.

PARA TRATAR A DIARRÉIA

* Mantenha a hidratação, através da ingestão de muito líquido com pouco açúcar e pouco sódio.
* Experimente a sopa de cereais ou uma solução de reidrataçao oral comercial
* Continue a se alimentar normalmente, optando por alimentos suaves ricos em amido (cenoura, tapioca etc).
* Não institua uma dieta de líquidos claros, nem jejue para descansar o intestino.
* Evite os grãos com muitas fibras, alimentos que provoquem gases e certamente leite,se você tiver intolerância à lactose.
* Exclua líquidos com alto teor de açúcar, como sucos de frutas e refrigerantes gasosos doces. Não de refrigerante dietético às crianças.
* Coma e beba líquidos, alguns goles de cada vez, mesmo se estiver com náuseas vomitando. Isso ajudará a encurtar o curso da diarréia. Beba sempre pequenas quantidades de líquido, ao invés de grandes quantidades de uma única vez. Muito de uma só vez pode provocar vômitos. Essencialmente, você deve beber líquido suficiente para repor o que perdeu.

CONCLUSÃO

Para tratarmos desse assunto estudamos três autores. A maior parte do trabalho foi tirado do livro Alimentos, o Melhor Remédio para a Boa Saúde de Jean Carpes, que comenta muito sobre a alimentação natural e a ingestão de líquido, a única medida que consta nesse livro mais “ drástica” é o soro comercializado, de restante é tudo muito natural.

Um outro autor que comenta sobre alimentação natural, e também fala sobre soro comercializado, e se necessário reidratação endovenosa é do Manual de Dieta Hospitalares, dos autores Cristina Mertins, Luciane Rinaldi Meyer, Fabiano Savi e Ivone M. I. Morimoto. E por último e o menos utilizado no nosso trabalho foi do autora Sylvia Escott Stump, do livro Nutrição Relacionada ao Diagnóstico e Tratamento, que além de utilizar dieta alimentar, cita drogas usualmente empregadas no caso da diarréia e seus efeitos colaterais. Como exemplo as drogas antidiarréicas, que são utilizadas para reduzir o peristaltismo ou aumentar a consistência das fezes. Os antibióticos que são empregados quando o problema é causado por shigellae ou amoebae. A colestiramina que pode ser usada para diarréia ácida biliar. Opiáceos , para reduzir a ação diarréica propulsiva e suplementos multivitaminicos/mineral que podem ser necessários para repor vitaminas A e C, zinco, ferro e outros nutrientes.

Em resumo não encontramos muita diferença entre os autores, todos falam a mesma língua, exceto por pequenos detalhes. Comentamos sobre o livro Alimentos, o melhor remédio para a boa saúde, pois tem linguagem simples e de fácil compreensão.

BIBLIOGRAFIA

* Stump, Sylvia E., Nutrição Relacionada ao Diagnóstico e Tratamento/ Editora Manole,1999
* Martins,Cristina; Meyer Luciane R.; Savi, Fabiane; Morimoto, Ivone M. I., Manual de Dietas Hospitalares/ Editora Nutro Clinica/2001
* Stump, Sylvia ; Krause, Alimentos , Nutrição e Dietoterapia/ 9º. edição/ Editora Roca/1998.
* Carpes, Jean, Alimentos o Melhor Remédio para a Boa Saúde/ 6º. Edição/ Editora Campus.

Talvez você queira ler sobre Como Perder Peso sem Sacrifícios e Exageros.

Texto 100% retirado de:
http://www.artigonal.com/nutricao-artigos/dieta-para-diarreia-865645.html

Parallels plesk 9: O painel de controle muda a senha de email mas não valida, my email account don’t change password

Monday, March 16th, 2009

Para quem está sofrendo com problemas de emails no plesk 9 (deste estilo citado) acessem:
http://littleoak.wordpress.com/2009/03/16/parallels-plesk-9-o-painel-de-controle-muda-a-senha-de-email-mais-nao-valida-my-email-account-dont-change-password/

A dynamic link library (DLL) initialization routine failed FTP

Friday, March 13th, 2009

Se você recebeu esta mensagem quando estava tentando reiniciar seu FTP (iis) -> A dynamic link library (DLL) initialization routine failed FTP – siga a dica abaixo:

entre no servidor, abra o MS-DOS (iniciar-> executar -> cmd) e digite:

cd c:\inetpub\adminscripts\

Entrando ali ajuste as portas passivas para uso do FTP (lembrar que tais portas só operam acima de 5500, por isso do erro):

adsutil.vbs get msftpsvc/Passiveportrange “5500-5800”

Após reinicie seu iis e seja feliz!

Critical Sitebuilder error: SiteBuilder for Windows 4.2.96 isn’t installed at (SiteBuilderManager::get_adapter line 333)

Monday, March 2nd, 2009

Nada de pânico hein?
Se isto aconteceu com você:
Critical Sitebuilder error:
SiteBuilder for Windows 4.2.96 isn’t installed
at (SiteBuilderManager::get_adapter line 333)

Faça o seguinte:

Abra o plesk como administrador (via browser), em seguida procure pelos componentes do plesk, após, entre nesta opção (está em settings), logo em seguida, ao ver os componentes clique lá em cima na imagem de Refresh, verifique se surgirá um erro no Sitebuilder, caso haja, tente adentrar nele e reativar o mesmo, do contrário, contate o seu IDC para verificar o licenciamento.