Teclado Portugês ABNT2 Mac OS X Tiger | Leopard | Snow Leopard | Lion | Mountain Lion (Novo Instalador)

Standard

Fala galera, Tudo na paz?

Já faz um tempão que não posto nada aqui, mas hoje venho por uma boa causa…. Hoje posto aqui no app a versão FINAL do instalador do Layout ABNT2 para Mac OS, sendo que nessa versão final o mesmo possui verificado de versão do sistema dentre outras melhorias…. Realizei algumas mudanças no próprio layout para se adequar melhor a alguns modelos de teclados. Por favor, roportem qualquer tipo de BUG ou possíveis problemas que tiverem… Funciona desde o Lion até a versão mais atual do sistema que é o Mountain Lion que saiu hoje pela manhã. Possivelmente o instalador que já temos aqui no BLOG também funciona no Mountain Lion, mas pesso que testem essa versão.

Usem e abusem!!!!!!!

Versão Testadas nas seguintes cobaias:

Mac OS X Tiger 10.4.9 (Mac Mini G4)

Mac OS X Leopard 10.5.8 (Power Mac G5)

Mac OS X SNow Leopard 10.6.8 (Macbook White MID 2009 e Hackintosh)

Mac OS X Lion 10.7.4 (MacBook Pro MID 2009 e Hackintosh)

Mac OS X Mountain Lion 10.8 GM (BUILD 12A269 –  Macbook Pro MID 2009 e Hackintosh)

 

Download

'xterm-256color': unknown terminal type no mac os x Lion, Mac os x mountain ou mac os x snow leopard

Standard

Se este erro ocorre com você na tentativa de acesso ao terminal de um servidor Ubuntu, Debian, Mint ou qualquer outro Debian Based usando Mac os X e recebe o erro ‘xterm-256color’: unknown terminal type, entre no servidor de destino aonde o terminal conecta e use o seguinte comando:

apt-get install ncurses-term -y

Isso vai instalar o pacote que faltava.

Interessante que se o erro não for corrigido, por exemplo, um comando inportante como top ou screen não funcionam :(.

Em plataformas Red Hat não rola isto.

Como abrir abas com o Botão Central(Scroll) do mouse No Mac OS X

Standard

Olá galera tudo na paz?

Acharam que o Doooguinha tinha morrido né…. Graças a DEUS meu sumiço aqui na guia artigos é somente pela imensidade de trabalho e todo o tempo dedicado à faculdade, tenho trabalhado/estudado muito galera (principalmente pra trazer conteudo de qualidade aqui pra vocês)…. Sem muito tempo pra nada, aliás, só tenho tido tempo pra Faculdade/Esposa/Trabalho… Mas hoje no meu dia de folga (folga mesmo) vim aqui pra dar um dica simples e que descobri por acaso ontem…. Apesar de usar Mac OS a bastante tempo e desde versões remotas do sistema, nunca havia conseguido solucionar esse “problema”… Por Padrão, pelo menos nos MacBooks, o botão Scroll do mouse faz vir à tona nosso Drash Board…. Digo no MacBook, pois nos hackintosh o botão Scroll vem com a função que vou mostrar nesse artigo, que é a de abrir nova aba em seus navegadores….

Uma das funções que o usuário Windows e Linux tendem a querer trazer ao mundo mac é o fato de poder abrir novas abas em seus navegadores prediletos apenas clicando com o botão do scroll… como disse no MacBook essa função por padrão vem “Desativada”… vamos lá, vamos ativá-la….

Vale lembrar também que essa dica é pra quem utiliza-se de Mouse no uso do seu Mac, quem utiiza o Trackpad por exemplo essa dica não faz sentido algum….

Primeiramente você precisa ir até as Preferências do Sistema

Preferências do Sistema

 

Chegará aqui (estou utilizando como referência o Mac OS X Lion do meu MacBook)

Imagem_01

 

Vá em Miss Control que está localizado na parte superior da janela

Imagem_02

 

Ao acessar o Miss Control Chegará a tela principal de configuração do mesmo

Imagem_03

 

Esse tela mostrada aqui é o Padrão vindo no MacBook… vale lembrar que por não terem Trackpad com os MacBooks (White/Pro/Air) os IMacs e Macs Pro possivelmente já devem vir com a opção que vou mostrar no artigo ativadas ou desativadas (como preferir)….

 

para que seu botão Scroll ao invés de chamar o Drash Board, abra links em novas abas de seus navegadores, basta apenas aterar a opção de

Imagem_03

 

para

 

Imagem_04

Podem ver que eu apenas tirei o segundo atalho para o Drash Board que era o Botão Central (aqui estou chamando de Scroll) e deixei em Branco (-)…. Aproveitando a deixa do artigo, se você acha chato ou ineficiente os atalho do Miss Control que vem por padrão no Mac OS, você pode mudar da forma que achar melhor….

Foi essa a dica de hoje galera, caso tenham dúvida ou seu Mac OS nào seja o Lion e você não se sinta a vontade para fazer o procedimento, peça ajuda que terei o maior prazer em lhe ajudar….

Em respeito a vocês, peço descupas pela falta de artigos aqui, Mas no que precisarem, podem perguntar… ao menos as perguntas dos leitores eu respondo….

Forte abraço e fiquem com DEUS……

Gostou? Comente, complemente e espalhe!

 

Fórum de discussão sobre Linux, Hackintosh, Android e off-toppics BR

Standard

Olá, Geeks do globo infinito de TI, estamos lançando o fórum no site para que você possa tirar suas dúvidas de maneira mais simples.
Decidimos liberar o fórum de discussão para evitar que comentários (finalidade de críticas, elogios e sugestões) não viessem a virar canal de dúvidas e respostas, decidimos centralizar tudo em categorias bem definidas, aonde haverão espaços para sanar dúvidas das seguintes áreas:

– Hackintosh,

– Google Android,

– Linux,

– Classificados e Off-toppics.

 

Ali será mais simples de trabalhar com a comunidade, aonde perguntas e respostas poderão ser respondidos pela própria comunidade.

Nossa política de validação de contas utiliza validação de registros manuais, para evitar robots imundos.

 

Para conferir acessem:

http://forum.appunix.com.br 

Como mapear unidade de Rede no Mac OS X na Inicialização

Standard

Olá galera tudo na paz?

Hoje vou ensinar algo muito simples de se fazer e que no Mac OS X , sendo ele Leopard, Snow Leopard ou Lion são também muito fáceis de se fazer….. Mapear unidade de rede no Mac OS X….. sabe quando utilizamos um compartilhamento qualquer do SAMBA ou mesmo do Windows 2003 Server e ao reiniciar a unidade some? Ou então quando colocamos para que a mesma Reconectar durante o logon… ou aos usuários Linux o auto montar da unidade externa….. É isso que vou ensinar…..

Vai que você ganha na “Mega Sena” e chega na segunda-feira em seu trabalho e seu chefe lhe chama na sala dele, e diz: -Fulano, comprei um COMPUTADOR novo pra mim e preciso ter todos os acessos que tenho nesse aqui com Window$…..

“Oh pai quem me dera acontecer isso um dia comigo….” Que Sr. Rubens um dia sem querer leia isso……. o.O

Vamos lá no WindowSs trata-se do procedimento como na imagem abaixo….

Mapear Unidade de Rede Windows XP

 

Que é apenas clicar com o botão direito em Meu Computador e depois Mapear Unidade de Rede…. existem várias maneiras de se fazer isso, mas não vou abordar pois meu relacionamento com Window$ é meio conturbado e as vezes sinto vontade de matá-lo…

No Mac OS apesar de estar um pouco “Escondido”…. é tão quão o mais simples que isso….

Primeiramente você precisa ter o IP do Servidor ou computador que está compartilhando uma pasta/diretório….. Tomando por mão que você tenha esses dados em mão vá em Ir (GO), Conectar ao Servidor

Conectar ao Servidor

 

Na tela em que se abre, utilize conforme seu ambiente….. mantenha o smb:// e substitua pelo IP do seu Server ou Computador que compartilha pastas/diretórios, em meu caso o SAMBA está sobre o IP 192.168.2.252

Conectar ao Servidor

 

Ao mandar conectar, será solicitada a credencial que deseja usar para acessar esse Servidor, onde você pode acessar como convidado ou usar uma credencial válida que você tenha algum tipo de permissão diferenciada…

Dados de acesso ao Servidor

 

Aqui temos tenho uma política que necessita de senha para acesso a alguns diretórios…. faça de acordo com seu ambiente…. Aqui ficou assim

Dados de login colocados

 

Após colocar as credenciais corretas ao Server, escolher qual Unidade quer que seu Mac se conecte, em um primeiro momento mapearei no MacBook o Diretório Programas

Mapeando o diretório Programas

 

Pra mostrar que funciona mesmo vamos mapear também a unidade adm

Mapeando o diretório adm

 

Agora vá em Preferências do Sistema

Preferências do Sistema

Na guia Sistema, vá em Usuários e Grupos

Guia Sistema

 

Verá algo parecido com isso dependendo da configuração do seu Mac OS

Usuários e Grupos

 

Vá em Itens de In. De Sessão, chegará a algo como

Itens de Início De Sessão

 

Clique o + no canto inferior direito dessa janela e chegaremos a algo assim…

Adicionar item na inicialização

 

Aqui já veio por padrão o “Meu computador” do Mac…. (hauhauhauha essa foi a melhor… Meu computador do Mac…..) que no caso é MacBook do Doooguinha, nessa parte você verá aquelas unidade na qual você se conectou… em nosso caso adm e programas…. Selecione a primeira unidade que deseja que fique na inicialização do Mac OS, aqui foi adm

Adicionando Unidade adm para iniciar junto ao sistema

 

Após selecionar, clique no canto inferior direito em Adicionar

Adicionar

 

Após fazer o procedimento com a outra unidade que conectamos, ficou assim nossa tela de Itens de In. Sessão

Itens para escolher os que vão iniciar com o Mac OS

 

Marque a caixa correspondente à suas conexões que deseja que fiquem na inicialização do Mac OS …..

Minhas Opções

 

Agora tranque o cadeado no canto inferior esquerdo para que o bendito do seu chefe não faça cagada com suas configurações

Bloqueando alterações

 

Após reiniciar….. CHAZAMMMMMMMMMMMM…. estão lá nossas queridas conexões, tudo em perfeito funcionamento, melhor IMPOSSÌVEL….. Qualquer dúvida estamos à disposição na área de comentários….

Resultado Final

Pessoal que se sentiu ajudado por algum de nossos artigos, nos ajudem a divulgar o BLOG….. É algo simples de se fazer e não se paga nada por isso…. dê u Twitter apenas, já é o bastante pra gente…. Nos adicione no Twitter… somos o @appunix , onde somos @dooooguinha e @little_oak os criadores e mantenedores desse BLOG…. Forte abraço a todos!!! ;D

Gostou? Compartilhe, comente e espalhe!!!!!

Quais os requerimentos Mínimos ou Recomendados para rodar MAC OS X Lion

Standard

Bom pessoal, boa noite, nós podemos nos questionar sobre quais equipamentos suportariam o Mac Os X Lion de maneira eficaz.

 

PROCESSADORES SUPORTADOS

Abaixo iremos descrever quais os modelos de processadores e detalhar um caso muito interessante (Hackintosh), abaixo seguem detalhes dos processadores suportados pelo Mac Os X Lion:

Processadores dos tipos-> Intel Core 2 Duo, Intel Core i3, Intel Core i5, Intel Core i7, ou Xeon (linha mac pro).
Interessante este ponto (e é oficial) citado acima, pois nós do APPUNIX conseguimos rodar com maestria o Lion 10.7.1 em cima de um Intel Dual Core 2160 :D.

Na verdade o mais importante é que seu processador (no caso de hackintosh) tenha flags suficientes para operar o Sistema Operacional da Apple :D.

 

MEMÓRIA SUPORTADA
2 gb de ram

Inclusive em nosso Hackintosh Intel Dual Core 2160 temos justamente 2 gb de ram. (recomendamos que use 4 gb de ram para ver que o que é top se tornará mais que TOP).

 

OPEN CL (nosso amigo Q/E)

Informaremos a seguir as placas oficiais e, mais uma vez, citar a nossa config em nosso hackintosh:

  • NVIDIA GeForce 320M, GeForce GT 330M, GeForce 9400M, GeForce 9600M GT, GeForce 8600M GT, GeForce GT 120, GeForce GT 130, GeForce GTX 285, GeForce 8800 GT, GeForce 8800 GS, Quadro FX 4800, Quadro FX5600
  • ATI Radeon HD 4670, ATI Radeon HD 4850, Radeon HD 4870, ATI Radeon HD 5670, ATI Radeon HD 5750, ATI Radeon HD 5770, ATI Radeon HD 5870
  • AMD Radeon HD 6750M, AMD Radeon HD 6770M, AMD Radeon HD 6970M

SE VOCÊ tem um chipset intel (daqueles x3100) não vai rolar Q/E não, mas dá para usar o sistema numa boa :D.

Estamos (em nosso hackintosh) usando uma Nvidia 8500 GT 512MB rodando com Q/E que é uma beleza :D.

 

ESPAÇO EM DISCO (em caso de Upgrade)

7GB de espaço LIVRE!

 

UPGRADE do SNOW LEOPARD para LION

Se sua versão for 10.6.6 (snow leopard), porém, para upgrades recomenda-se 10.6.8.

 

 

Fonte:

Apple KB: http://support.apple.com/kb/SP629

Como escrever números Ordinais no Mac OS X Leopard | Snow Leopard | Lion

Standard

Olá galera tudo na paz de DEUS?

Hoje, vai um artigo simples e que com certeza muita gente recém chegada ao fantástico mundo da maçã ainda não conhece…. sentados na cama ontem, minha amada @sabrinacpsantos me solta a seguinte pergunta:

-Douglas como faço pra colocar aquele esquema de “bolinha” e “azinho” aqui no Mac (número ordinais)?

-Vixe amor, eu não sei… vou pesquisar…..

Pesquisei um pouco e me deparei com um material do próprio site da apple americana…. e lá estava ensinando….. vai em imagens um esquema abaixo de como escrever números ordinais no Mac/Hackitnosh …. vou mostrar no teclado apple verdadeiro e no teclado “ABNT2 de PC” vejam na imagens para ficar mais fácil….

 

Em um teclado Apple Original

 

Agora em um Hackintosh ou em um Mac Verdadeiro utilizando Teclado de PC (vulgarmente aqui no Brasil teclado ABNT2) faça da seguinte forma

IAhhhhhhhhhhhhhh ….pegadinha do malandro…. é igual moçada…. só que lembre-se que o Alt em teclado não apple ficam do lado Esquerdo  da Barra de espaços, enquanto em teclados apple ficam entre as teclas Command e Control.

Espero que seja uma dica útil aos novos marujos do Navio Os X.

Gostou? Comente, complemente e espalhe!

Como resolver problema com layout ABNT2 Hackintosh/Mac OS X Snow Leopard | Lion | Mountain Lion

Standard

Olá galera tudo tranqüilo?

Tenho recebido muitos pedidos de ajuda referente ao layout de teclado ABNT2…. Alguns(maioria) instalam e tudo funciona perfeitamente… Grande parte dos usuários desse instalador são usuários Hackintosh…. ou seja há uma variedade imensa de hardware e ainda assim tudo funciona maravilhosamente bem….. Porém existem casos em que o layout não é tão bom/eficiente…

Seu problema acontece devido a seu teclado  ter sido reconhecido no Mac OS X Snow Leopard ou Mac OS X Lion como tipo ISO ( que são os tipo de teclados Europeus) e não ANSI (que são os teclado dos Estados Unidos e restante do mundo) Esse layout foi desenvolvido para teclado do tipo ANSI, em hackintoshs, principalmente nos casos em que se usa conexão do tipo PS2 há o problema  de na maioria das vezes ser recolhecido como ISO… o que faz com as teclas | (pipe) e “(aspas duplas fiquem invertidas) e algumas vezes também causa uma desconfiguração também da tecla ? (interrogação)…. nesse rápido artigo de hoje vou mostrar como resolver de forma rápida e simples esse probleminha……  Vou mostrar pelo Terminal pois acho mais interessante fazer esse tipo de ajuste pelo Terminal… mas há como facilmente fazer isso via modo gráfico…..

Pelo Terminal:

Vá no Terminal, Ir (Go) Utilitários (Utility)

Na tela seguinte entre em Terminal

Vire root  com su – (eu prefiro assim, mas pode utilizar o sudo para ter poder de super usuário somente nesse comando)

 

Digite o comando como na imagem

 rm -rf /Library/Preferences/com.apple.keyboardtype.plist

ou seja… sem nenhuma mensagem, nenhuma pergunta exclua o arquivo com.apple.keyboardtype.plist de /Library/Preferences/ . Lembre-se que se for feito pelo Terminal e como root esse processo será irreversível (pra ser revertido precisaremos um conhecimento bem avançado), certifique-se de estar excluindo exatamente o arquivo mencionado nesse artigo.

Mesmo que seu sistema esteja em Português, pelo Terminal, ainda sim todo esquema de diretórios do sistema estará em Inglês… Agora se você não se sente a vontade para mexer no Terminal, pode ir pelo modo gráfico… Vá no HD onde está instalado seu Mac OS X, em meu caso Mackintosh HD, Entre em Biblioteca ( caso esteja em Português, caso esteja em inglês Library), Preferências (Preferences caso esteja em Inglês) ai é só procurar o arquivo com.apple.keyboardtype.plist, exclua-o…e  reinicie seu Mac/Hackitosh….

Vejam que por padrão não aprece a opção Alterar Tipo de Teclado….

 

Com a dica acima aparecerá a guia Alterar Tipo de Teclado

Basta acessar  Alterar Tipo de Teclado e alterar de ISO para ANSI…. através de um asistente que iniciará ao acessar Alterar Tipo de Teclado, outro ponto a salientar é que em alguns casos ao reiniciar o computador, após excluir o arquivo com.apple.keyboardtype.plist, o Hackintsoh reiniciará e o mesmo sozinho já executará um assistente para inserção do tipo de teclado…. vejam…

obs: não precisa apertar nenhuma tecla caso não saiba o que fazer…..

Aparecerá a seguinte tela, apenas clique em Continuar

Verás

Basta escolher ANSI (EUA e outros) e clicar em OK e você já terá resolvido seu problema com nosso querido layout ABNT2.

Caso você tenha sido o contemplado com o lance de o assistente não iniciar sozinho, utilize o seguinte comando:

open /System/Library/CoreServices/KeyboardSetupAssistant.app

ou com sudo caso não esteja no Terminal como root

sudo open /System/Library/CoreServices/KeyboardSetupAssistant.app

Pronto galera, espero ter ajudado a todos os que tiveram “problemas” como nosso PKG do teclado Brasileiro ABNT2….. Lembrando que citei o fato dos teclado com conexão PS2 terem esse problema, não quer dizer que que os famosos USB não o tenham…. mas vale dizer que a dica funciona para ambos os tipos de conexão e teclados…..

Forte abraço amigos….. Fique na paz de DEUS…..

Se você não sabemou se esqueceu do link do nosso instalador para Teclados ABNT2, está aqui um instalador perfeito desenvolvido por mim para melhorar/facilitar sua experiência no mundo Mac OS com Teclado ABNT2.

Download ABNT2

Gostou? Comente, complemente e espalhe!

 

Como instalar Apache 2, Mysql 5 e php 5 no Mac Os X LION 10.7.x (testado 10.7.1)

Standard

Este artigo vai parecer muito com a instalação do apache, php e mysql sob mac os x snow leopard, porém existem algumas particularidades que precisam ser detalhadas. Antemão parte do artigo do mamp sob snow leopard será copiado, depois, iremos detalhar pontos MUITO importantes para que tudo funcione corretamente. Estamos testando em um hackintosh LION (10.7.1), literalmente current (updates mais novas).

Vamos lá:

No outro artigo, para habilitarmos o apache usamos o comando com poder de root (sudo) para ativar o web server, mas agora isto só é permitido sem stress via Preferências do Sistema -> Sharing (compartilhamento) e marcando o Web Server (compartilhamento de arquivos web), lhe mostraremos imagens abaixo:

Abrindo o menu de sharing para apache

Abrindo o menu de sharing para apache

Clicando em compartilhamento de páginas web

Clicando em compartilhamento de páginas web

Note acima que clicamos em COMPARTILHAMENTO junto as preferências de sistema e em seguida marcamos o compartilhamento do apache (páginas web). Toda mudança significativa do mac faz controle de permissões (segurança), por isso coloque seu login e senha para autorizar a mudança.

Feito isto teremos de entrar no conf do apache para liberarmos o php5, veja os passos que diremos.

Nosso segundo ponto e muito importante é entrar no arquivo de configuração do apache 2 afim de habilitarmos o suporte ao PHP, vamos por a mão na massa? Estamos usando o VIM, um editor muito eficaz e leve (todos que já amaram o vi um dia com certeza amam/amarão o vim):

Little-oaks-appunixlabs:~ sudo vim /etc/apache2/httpd.conf

 

Dentro deste arquivo devemos remover o comentário da linha abaixo:

LoadModule php5_module libexec/apache2/libphp5.so

Recomendo que aperte a tecla / no vim e digite php5, você já vai cair em cima da linha a ser descomentada, em seguida, no sinal de libra (#), caminhe até ele e aperte x
Isto nos deixará com suporte ao PHP, depois basta apertar ESC e digitar isto:
:wq!
Assim que pressionar ENTER o arquivo será salvo.
Vamos explicar o por que de :wq!

: representa comando para o arquivo
W representa ESCREVER
Q representa QUIT (sair)
! representa EXECUTAR as instruções informadas

Para finalizarmos o suporte ao php precisamos rodar o seguinte comando:

Little-oaks-appunixlabs:~ sudo apachectl restart

É mania de todos criar um arquivo com a função phpinfo() contida nele, porém, se fizermos isso “de cara” o apache vai exibir muitos warnings (interpretados pelo php) por questões de permissões e de existência do arquivo php.ini. Para sanarmos isto deveremos fazer o seguinte:

Little-oaks-appunixlabs:~ cd /etc
Little-oaks-appunixlabs: sudo cp php.ini.default php.ini
Little-oaks-appunixlabs: sudo chmod 666 php.ini

Estamos copiando o php.ini default do /etc (área de arquivos de configurações em Unix-like systems) e atribuindo permissões 666 (dono pode ler e escrever no arquivo, grupo também e demais também).
No arquivo php.ini temos de localizar o trecho aonde o TimeZone é identificado (mas está comentado). É muito importante mudar esta linha e ajustarmos nosso timezone corretamente, pois isto nos dará um horário adequado. Para isto devemos proceder da seguinte forma:
Little-oaks-appunixlabs: sudo vim php.ini
Em seguida aperte a tecla / para localizar um termo, informe o seguinte date.timezone, isto lhe deixará na linha acima da que precisamos mudar. Descomente a linha abaixo para que fique assim:
date.timezone =

Você removerá o ; apertando x em cima dele. Para deixarmos o vim em modo de edição de arquivos precisamos apertar a tecla i, isto nos dará poder de editar o arquivo (saindo de modo comando).
Agora iremos colocar depois do = o seguinte:
America/Sao_Paulo
Então o resultado final será —> date.timezone = America/Sao_Paulo
Dê ESC e digite
:wq!
Aperte ENTER e terá o arquivo salvo.

 

As vezes você pode estar se perguntando:

Poxa, mas meu timezone não tem nada a ver com o de Sampa, o que faço?
Relaxa, rapá! A galera do Appunix pensou em você! Abaixo segue a lista de timezone da América:
http://www.php.net/manual/en/timezones.america.php

Se mesmo assim não lhe agradar você pode usar os globais:
http://www.php.net/manual/en/timezones.others.php

Mas é impossível você não se agradar dos timezones da América, são repletos.
Os mais comuns que são usados são:
America/Porto_Velho
America/Noronha
America/Rio_Branco
America/Recife
America/Sao_Paulo
America/Porto_Acre
Mas escolha o que mais lhe agradar.

Assim que decidir qual seu TimeZone você deve reiniciar o apache para reler o php.ini e ativar o negócio:
Little-oaks-appunixlabs: sudo apachectl restart

Agora precisamos instalar o Mysql 5 para que possa trabalhar da forma que almejamos.
Para irmos direto ao ponto acesse o link abaixo:
http://dev.mysql.com/downloads/mysql/5.1.html#macosx-dmg
Se cuide para baixar a versão ideal para você.
Aí é 64 bits? Não sabe como é? Quer saber como seu Mac Os X LION está operando? Clique na maça, depois clique em Sobre Este MAC, em seguida clique em Software (Categoria) e procure pela linha Kernel de 64-bit e Extensões: Sim (conforme a foto abaixo):

como ver informações do seu mac os x

como ver informações do seu mac os x

Caso seja Sim é 64 bits (x86_64), então baixe o pacote para 64 bits.
Vamos simbora?
Baixe o arquivo x86_64 no formato DMG.

baixar pacote mysql 64 bits (DMG)

baixar pacote mysql 64 bits (DMG)

baixar pacote mysql 64 bits (DMG)

Quando você clicar no formato DMG automaticamente o site da Mysql vai te convidar a logar-se lá com eles, mas basta prestar a atenção (conforme imagens abaixo) para não precisar perder tempo com esta burocracia, se você quer baixar direto (melhor Né?) basta fazer o seguinte, clique no link abaixo:
HTTP://dev.mysql.com/get/Downloads/MySQL-5.1/mysql-5.1.58-osx10.6-x86.dmg/form/http://mysql.cce.usp.br/
Deixa o download terminar siga os passos das fotos abaixo (literalmente instalar o mysql e seu ícone), Devemos concluir os passos extras para adição do Mysql como sendo parte do painel administrativo, para isto siga os passos abaixo:

passo1

passo1

 




















Temos de focar em um ponto em comum.

Temos um script na pasta de download que abrimos (do MYSQL).
Veja o seguinte, MYSQL.PREFPANE é um script que serve para adicionar o script (ícone) de inicialização do MYSQL dentro das preferências do sistema, por isso DEVEMOS executar ele sim, autorizando-o com a senha do usuário. (sem isso teremos de inicializar na mão com o comando mysqld (VIXE, mac é praticidade RAPÁ!)






Feito isto iremos confirmar se o mysql está rodando com o seguinte comando (dentro do terminal):

Little-oaks-appunixlabs: /usr/local/mysql/bin/mysql –user=little_oak

Substitua little_oak por SEU_USUÁRIO.

Isto fará com que você esteja dentro do mysql (Via terminal).

Veja como abrir o terminal:

Façamos o seguinte, clique em terminal (veja a imagem abaixo):

como abrir terminais no mac os x

como abrir terminais no mac os x

como abrir terminais no mac os x

Feito isto iremos reiniciar o apache 2 para garantir que o nosso servidor está integrando literalmente tudo, faremos com o seguinte comando:

Little-oaks-appunixlabs: sudo apachectl restart

Para conferirmos tudo vamos entrar dentro da nossa pasta pessoal, na pasta Sites e criar um arquivo chamado index.php. Dentro dele iremos colocar o seguinte (ISTO EM /Library/WebServer/Documents):
Ou seja -> sudo vim /Library/WebServer/Documents/index.php

< ?php phpinfo(); ?>

 

Quando citamos a parte do mysql, praticamente contorna a viagem de redefinir a senha de root. Se dermos ouvidos ao Mágico de OZ e inventarmos redefinir senhas vamos brincar com isso ó:

Mac-Pro-de-little-oak:etc little_oak$ sudo /usr/local/mysql/bin/mysqld –skip-grant-tables –user=root

grant all…

flush privileges e talz, NÃO PRECISA DISSO, o mac entende que você é um cara que é punk no sistema, que só dá sudo quando sabe o que tá fazendo.

Para conferir como alterar a senha de root do mysql basta clicar no nosso artigo de como redefinir a senha de root no mysql dentro do mac os x lion sem complicações.

PONTO EXTRA:

Como a galera está falando muito de MCRYPT no Mac Os X Lion, o path padrão dele é /usr/share/file/magic/mcrypt
, se quiser descomente a linha do mcrypt no php.ini e mande ficha.

 

Uma coisa massa, se você quer ver a documentação do apache meta bala em http://localhost/manual/, veja a imagem abaixo:

 

manual do apache

manual do apache

 

Se você curtiu esse post dê share 😛

Mysql não aceita senha de root no Mac os X Lion, o que fazer? (serve para o snow leopard)

Standard

Bom, pessoal, nós do app gostaríamos de detalhar algo.
NÃO precisa ter senha de root para operar o mysql, isto dá-se em detrimento ao poder de root, porém com certas restrições que cada usuário do sistema possui.

Se eu quiser entrar no mysql para criar base de dados e trabalhar com o bd (após seguir nosso how to de instalação do apache, php, e mysql no mac os x lion ou instalação do apache, php, e mysql no mac os x snow leopard

mysql

mysql

) basta fazer o seguinte:

Mac-Pro-de-little-oak:etc little_oak$ sudo /usr/local/mysql/bin/mysql –user=little_oak

Pronto, você precisa lembrar que –user=little_oak deve ser susbsituído por –user=usuário_do_SEUMAC

Depois disso trabalhe normalmente.

Perceba uma coisa forte, o MAC OS X não precisa de root para fazer as coisas (dentro do mysql), ele já sabe que você, usando sudo É O CARA, por isso basta rodar este comando no terminal:

Little-oaks-appunixlabs: /usr/local/mysql/bin/mysql –user=little_oak

Troque o little_oak por seu usuário. Depois disso é só alegria.

Abraços galera e clique em SHARE, please!

P5KPL-AM SE updates no lion 10.7.1 current ocorreram muito bem no hackintosh

Standard

Boa noite grandes mestres, só estamos postando esta informação extra para deixar o coração dos amantes de hackintosh mais tranquilizados.
Fizemos, neste instante todas as updates disponíveis pela apple na arquitetura 10.7.1 (current) em cima do seguinte hardware:

Cpu – 2160 (intel dual core),

2 gb de ram ddr 800,

VGA nvidia 8500gt,

P5KPL-AM SE (placa-mãe).

O máximo de erro que você poderá encontrar (após reboot) é o do print a seguir:

erro no hack

erro no hack

Basta apenas reiniciar seu hackintosh e o problema será sanado (provavelmente permissões).

Se você usa hackintosh pode fazer todas as updates possíveis até o dia 20/09/2011, tudo filé.

Qualquer dúvida ou sugestão reportem-nos.

 

Abraços.

Itens básicos para entrar no mundo Hackintosh

Standard

Olá galera… tudo na paz?

Vixe, muito tempo sem escrever aqui galera….. Mas é por uma nobre causa….. tenho me esforçado ao máximo para adquirir conhecimentos que facilitem as explicações e melhorem os artigos a vocês  nossos leitores….. hoje eu queria esclarecer alguns aspectos que considero fundamentais ao entusiastas ao mundo hackintosh…..

Não quero ser chato, muito menos egoista… mas há certas coisas que são indispensáveis a se saber quando se quer mexer com algo tão complexo… (Hackintosh)

Ex:

1 – Saber ao menos o básico sobre hardware (ou ao menos saber onde procurar)

2 – Configurações básicas e avançadas de BIOS

3 – Noções básicas de sistemas Linux (é dispensável, mas isso facilita muito o entendimento de comandos e dos sistema de diretórios do Mac OS)

4 – O principal de tudo, força de vontade e saber bons lugares para se procurar gente que queira lhe ajudar

Está parecendo anuncio de vaga de emprego, hauhauahuah mas não é….. são apenas aspectos básicos e que acho essenciais ao Hackitnosher

Alguns sites com informação de responsa:

http://www.appunix.com.br

http://www.hmbt.org

http://www.hackintosh.com

http://blog.nawcom.com/

http://www/hackintosh.org

http://www.lifehacker.com

http://tonymacx86.blogspot.com/

http://www.tomshardware.com/

http://forum.voodooprojects.org/

http://www.kexts.com

http://wiki.osx86project.org/wiki/index.php/Main_Page

http://www.insanelymac.com/

Não necessariamente nessa ordem, esse são sites onde seus membros escrevem materiais de responsa sobre Mac OS X, Hackintosh…. inclusive desenvolvem ferramentas que facilitam a vida de NÓS entusiastas do mundo Hackintosh……  o principal desse post é dizer que não adianta o cara querer entrar no mundo Hackintosh sem saber ao menos como dar boot via cd ou pendrive…. fica impossível galera, não dá pra dar suporte ou ao menos ajudar pessoas que não sabem o mínimo de informática…. Sinceramente não sei como serei interpretado ao escrever esse artigo mas, espero que não me entendam mal, mas quero apenas que facilitem minha vida ao lhes ajudar e a suas ao serem ajudados…..  Aprendi muito com a cominidade Linux e principalmente com a comunidade Hackintosh…. Todos querem ajudar mas não somos curso de informática….. não estamos aqui para ensinar informática, vamos ajudar a resolver qualquer tipo de problema (ou aos menos vamos nos esforçar bastante para isso)… mas nos procurar sem saber ao menos com se entra na BIOS de um PC, isso é muito constrangedor…. Eu pelo menos não consigo maltratar ninguém…. nem ao menos negar ajuda, mas se vocês já frequentaram outros fóruns por ai, devem perceber que existem moderadores e/ou usuários mais avançados que fazem esses inesperientes usuários perderem a vontade de entrar/continuar nesse mundo do Hackitnosh…..  Resolvi a alguns dias conversando com meu grande amigo Little_Oak que vamos tornar o AppUnix um portal com conteúdo para todo tipo de usuário Hackintosh…. desde o cara que não sabe absolutamente nada, até o usuário Mac/Hackintosh experiente que precisa resolver um problema em seu Mac ou Hackitnosh e não sabe onde encontrar a resposta….. Eu particularmente acho que antes de entrar nesse mundo hackintosh todos NÓS deveriamos conhecer as maravilhas do mundo Linux….. Eu, Doooguinha comecei a mexer a ser um entusiasta no Mundo Mac (diga-se Hackitnosh) um pouco antes de começar no Mundo Linux…. até que surgiu a vontade/necessidade de me diferenciar dos amigos sysadmins de plantão…… Grande maioria de nossos amigos sysadmins somente conhecem Window$…. Infelizmente é assim….. Hoje tenho mais ou menos 3 anos que sou usuários Linux… administro Redes mistas, e o conhecimento que o mundo Linux me trouxe foi um dos pontos principais à minha adaptação tão rápida aos conceitos  do mundo Hackintosh…. ficou tudo muito mais claro do que quando eu não conhecia nada de Linux…. não sou expert em Linux nem em Mac OS… mas me viro bem em qualquer dos ambientes…. pretendo no final do ano tirar minha primeira Certificação Linux (LPI nível 1) e no próximo ano tirar LPI nível 2….. Costumo dizer que “Uso Mac OS, estudo Linux e respeito windows (por ter uma gangue muito grande e poder querer juntar sua turminha e me pegar na rua)“ …

Nos ajudem leitores, vamos fazer desse portal um referencial aos que querem entrar nesse mundo de hackitnosh, estou completamente comprometido em deixar isso aqui ideal aos que não tem experiência alguma nessa área… A indicação de how tos/dúvidas por meio de vocês leitores será importantíssima para que nosso BLOG vire um ponto de encontro entre usuários de todos os níveis do mundo hackintosh…. contamos de verdade com a colaboração de vocês.

Gostou? Comente, complemente e espalhe! 

Obrigado a todos….

 

Como instalar Adobe Air mais recente + TweetDeck no Mac Os X Lion

Standard

É bem verdade que com os recursos do Flex dá para ser feito um monte de coisas bacanas. Muitos já devem conhecer a ferramenta TweetDeck (a qual já até citamos em outro post, porém para Android, caso queira companhar basta clicar no top 2011 aplicativos para android). Neste post iremos mostrar como instalar de forma ultra blaster simples o Adobe Air e em seguida como instalar o TweetDeck. Os passos são simples e foram feitos literalmente em um sistema operacional Mac Os X Lion.

Como instalar Adobe Air no Mac Os X?

Vamos lá!

Primeiro passo que devemos fazer é acessar o site da adobe para baixar o pacote oficial direto do site. Usamos uma simples tática, entrando no site da Google e colocando Download Adobe Air. O Site em si, assim que clicado pela url fornecida ao google já checa os cabeçalhos e de cara lhe redireciona para o Link de download para Osx, ou seja, arquivo de download vem no formato DMG.

Se você quiser o Link que usamos (talvez, daqui alguns dias, com os próximos releases este já poderá não estar mais acessível. Caso ainda assim queira:

http://get.adobe.com/br/air/thankyou/?installer=Adobe_AIR_2.7.1_for_MacOS_X

buscando pela google o adobe air

buscando pela google o adobe air

Veja que estamos mostrando literalmente como fizemos via texto ou por imagem (há quem afirme que uma imagem fala mais que mil palavras 😛 ).

Acessando o download na Adobe

Acessando o download na Adobe

Perceba que clicando no link da adobe de download ele cai na página acima. Quando clicamos em download o redirecionamento vai para o link que citamos que pode perder sua validade (ele se basea no versionamento e não no nome canonical de download adobe air for mac, por exemplo).

Salvando o formato DMG no disco

Salvando o formato DMG no disco

Esta parte já começa a fircar interessante. Como podem perceber estamos baixando o Adobe Air em formato DMG para o disco.

Confirmando a execução do adobe air install

Confirmando a execução do adobe air install

Agora iremos confirmar a instalação do Adobe Air.

Confirmando a instalação do adobe air

Confirmando a instalação do adobe air

Devemos dizer que iremos abrir o arquivo baixado.

Ideal mesmo é que abramos a pasta aonde ele foi salvo no download e cliquemos em cima do arquivo dmg para rodar logo o instalador.

Abrindo o dmg do adobe air install

Abrindo o dmg do adobe air install

Veja que ao abrir o dmg ele mostra literalmente o instalador do adobe air, devemos prosseguir clicando duas vezes sobre este arquivo vermelhinho para o instalador começar a rodar.

Confirmando a execução do arquivo web adobe air install

Confirmando a execução do arquivo web adobe air install

Confirmando a execução iremos para a tela a seguir:

Confirmar instalação do adobe air

Confirmar instalação do adobe air

Veja que no meu caso havia uma versão bem ultrapassada do adobe air instalada, nesta hora ele pede confirmação para ATUALIZAR, se este for seu caso, basta seguir, do contrário, se não havia adobe air ele sugere instalar. No passo da aceitação ele segue literalmente padronizado, dizendo instalar ou atualizar o resto é idêntico. Devemos confirmar aceitando a instalação/atualização.

Autorize a instalação com seu login e senha mestra

Autorize a instalação com seu login e senha mestra

Autorizando com nosso usuário e senha iremos prosseguir com a instalação.

Progresso da instalação do adobe air no mac os x lion

Progresso da instalação do adobe air no mac os x lion

Veja acima o progresso da instalação ocorrendo tranquilamente.

Finalizando a instalação do adobe air

Finalizando a instalação do adobe air

Agora finalizamos a instalação do adobe air.

Como instalar o TweetDeck?

Vamos lá!

Buscando o TweetDeck

Buscando o TweetDeck

Agora iremos instalar o TweetDeck de forma tranquila.

A forma mais eficaz é fazer igual fizemos acima. Acessando o GOOGLE e escrevendo TweetDeck automaticamente temos o site oficial.

Caso queira acessar direto não perca tempo :P, clique aqui -> http://www.tweetdeck.com/desktop/

Se clicar no link acima já caímos na parte que nos interessa, do contrário acessaremos o site do tweetdeck e teremos de clicar em desktop, veja as 2 fotos:

Site Oficial do TweetDeck

Site Oficial do TweetDeck

TweetDeck para Desktop

TweetDeck para Desktop

Veja que o tweetdeck é uma ferramenta oficial do Twitter, por isso tranquilizesse quanto ao seu uso. (milhares de users aprovam 😛 )
Clicando no link de download do site iremos instalar tranquilamente o TweetDeck, veja a imagem abaixo:

Clique em Download NOW

Clique em Download NOW

Clicando em Download now ele automaticamente utiliza recursos do adobe air instalado em seu desktop. Assim que chamamos clicando ele automaticamente prepara o download e instalação, veja:

Preparando a instalação do TweetDeck 2011

Preparando a instalação do TweetDeck 2011

Vamos dando prosseguimento:

Instalando o TweetDeck confirmando

Instalando o TweetDeck confirmando

Agora iremos prosseguir novamente. Confirme a instalação avançando mais esta etapa acima.

Progresso do TweetDeck

Progresso do TweetDeck

Os passos acima confirmam o download do tweetdeck via adobe air. Agora iremos finalizar a instalação do mesmo seguindo as imagens abaixo:

Confirmando instalação no disco

Confirmando instalação no disco

Vamos encerrar isso ou não? Veja os passos abaixo:

Concluindo a instalação do tweetdeck

Concluindo a instalação do tweetdeck

Pronto. Assim que concluir ele já vai pedir para autorizar o Tweetdeck pois foi baixado da internet (confirme imagem abaixo):

devemos abrir o tweetdeck

devemos abrir o tweetdeck

 

Pronto.

Veja aonde o danado fica no menu:

menu com tweetdeck (aplicativos)

menu com tweetdeck (aplicativos)

Gostou? Salvou seu dia? Então comente este artigo!

Achou massa? Compartilhe!

Se não gostou também critique.

Atenciosamente

4PPUN1X (l4b m41s p1r4d0 de T1).

Como colocar nome perto/ao lado do relógio Mac OS X Snow Leopard | Lion

Standard

Olá galera…. tudo na paz?

Primeiramente venho pedir a todos vocês mil desculpas pelo meu sumiço daqui do app… hoje é simples rápida e legal nossa dica…..

Vocês vêm por ai vários sites dando dicas de como colocar seu nome perto do relógio no Window$….. Blah, do que adianta ter seu nome perto do relógio se não consegui fazer com que o sistema trabalhe de acordo com sua necessidade? mas deixemos de besteira e vamos lá…..

Vá em Preferências do Sistema

 

Em Preferências do Sistema

 

Na guia Sistema vá em Usuários e Grupos

Verá algo mais ou menos assim

No painel mais a esquerda verá uma lista dos usuários presentes no sistema

Na parte de baixo como mostrado na imagem anterior, temos um casinha e escrito Opç. In. de Sessão, clique ali

Chegará a uma tela  assim….. reparem que o conteudo da Direita mudou

Já estamos chegando moçada… no painel da direita, marque a opção Mostrar o menu de troca rápida de usuário como… no dropdow list que tem abaixo que por padrão vem Nome Completo… coloque como quiser… tem várias opções… veja a que mais lhe agrada…..

Vejam o Antes e o depois da barra de menus do nosso querido Mac OS  X Lion

Antes

 

Depois

Só pra contar nos altos, já conseguí converter mais um usuário feliz ao Mac OS …. minha amada, amiga, companheira, cúmplice Sabrina…. agora essa bonitona usa somente Mac OS…. num lindo Macbook White… Galera… Peço desulpas mesmo galera…. faculdade tá sugando todo meu tempo/energia, mas prometo a vocês que sempre que der vou postar algo que acho interessantes… mesmo que seja meramente estético… (como nesse caso)…. fiquem com DEUS….

Só mais um screen

Não pensem que Sabrina é meu nome de guerra ou qualquer ocisa assim…. como disse converti minha amada ao fantástico mundo Apple e estou usando seu MacBook para tal artigo….  lol….Esse artigo foi escrito sobre um MacBook rodando Mac OS X Lion 10.7.1, mas serve com base para tal procedimento no Mac OS X Snow Leopard….

Forte abraço a todos…

😀

Gostou? Comente, complemente e espalhe! 

 

 

 

Liberado: Lion 10.7.1 UPDATE oficial Apple

Standard

Para a felicidade geral dos early users a Apple acaba de liberar o 10.7.1. O update já está disponível via Software update para os usuários do Lion e possui uma versão especial para os Mac mini e MacBooks Air modelos 2011.

Vejam as mudanças trazidas pela atualização:

The OS X Lion v10.7.1 Update is recommended for all users running OS X Lion and includes general operating system fixes that enhance the stability and compatibility of your Mac, including fixes that:

Address an issue that may cause the system to become unresponsive when playing a video in Safari.
Resolve an issue that may cause system audio to stop working when using HDMI or optical audio out.
Improve the reliability of Wi-Fi connections.
Resolve an issue that prevents transfer of your data, settings, and compatible applications to a new Mac running OS X Lion.
Resolve an issue in which an admin user account could be missing after upgrading to OS X Lion.

Serviço:

Link para download da versão Client: OS X Lion Update 10.7.1 (Client)
Link para download da versão Client para Mac mini 2011 e Macbook Air 2011: OS X Lion 10.7.1 Update for MacBook Air and Mac mini 2011 (Client)
Link para download da versão server: OS X Lion Update 10.7.1 (Server)

 

Fonte 100% copiada de: http://www.applespotlight.com.br/2011/08/16/10-7-1/

A importância dos comentários para um Blogueiro

Standard

Hoje, saindo um pouco dos universo das dicas e dos how-tos venho falar hoje da importância dos leitores comentarem no BLOG… Um comentário as vezes é um agravante para um decisão por exemplo de continuar ou não um BLOG, sempre que recebo um comentário dizendo que deu certo, salvou minha, meu cachorro não morreu por causa do seu artigo… isso me deixa imensamente satisfeito… com o appunix não é diferente… temos vários leitores que fazem questão de comentar, deixar bem claro que a informação encontrada aqui no BLOG fez a diferença… galera isso é um Termômetro para qualquer Blogueiro, o comentário de cada leitor é como uma injeção de ânimo, críticas também são bem vindas… o que faz a excelência de um BLOG são os comentários…. tenho visto um aumento assombroso nos acessos ao appunix, mas não vejo isso em questão dos comentários…. Não custa nada, galera, se ajudou a resolver seu problema ou te ensinou algo insteressante… Tire, sei lá… 30 segundos do seu precioso tempo e poste um comentário… isso é muito importante pra gente.

Não sei se já perceberam, mas appunix.com.br é um projeto feito por mim Douglas @doooooguinha e João Paulo @little_oak , temos muita coisa pra passar a vocês… as vezes deixamos de postar alguma solução que temos em mãos por falta de motivação… como a vida de todo SysAdmin não temo muito tempo… então tiramos do momento em que estamos com nossas esposas @sabrinacpsantos e @katyanne_moura pra deixar as coisas mais fáceis pra vocês…. tenho certeza também que já estamos sendo plagiados, já vimos por aí BLOGS que somente alteram nossos textos e nem se quer dão ao luxo de no dar os créditos…  Isso é Plágio, Incompetência e principalmente egoísmo, amigos… Não tem como fazer seu BLOG crescer postando somente conteúdo dos outros… mesmo que você não queira dar créditos, é necessário!

Não quero nosso BLOG também fique cheio de comentário inúteis, tipo (lol ou o/, isso é legal quando se tem um contexto… somente isso, podem simplismente não comentar que fica melhor) queremos algo para nos deixar a par de como está o conteúdo do BLOG, quem é BLOGUEIRO e acompanha o app sabe, a cada dia vamos postando soluções INÉDITAS… nosso conteúdo é escrito pensando em leitores leigos, a até Sysadmins avançados… de forma que tanto um quanto ourto sintam-se confortáveis em ler nossos textos… tentamos ao máximo não escrever artigos técnicos, acreditamos que isso afasta o leitor da realidade computacional (que na minha humilde opinião só perde em complexidade para MULHERES).

Nosso conteúdo é escrito por quem vivem de perto problemas e encontra soluções, Little_oak por exemplo é um grande Doutor na tangente de Software Livre, Hosting (prestanto serviço para os maiores fornecedores de dedicados), PHP  e agora Mac OS/Hackintosh …. Eu com bem menos experiência, trabalho/vivo/respiro tecnologia a mais ou menos 3 anos, com experiência em gerenciamento de servidores Linux/Windows, evangelizador Mac OS… curto e vivo Software Livre e mundo open Source…. (Apesar de ter programado em .NET… ahhh, finalmente estou liberto, concluindo minha graduação em Redes…)

Se algum de vocês que está lendo esse artigo se sente ofendido, DESCULPEM-ME, não foi essa a intensão, quero apenas deixar claro que escrevemos conteúdo de qualidade, mas que queremos ter um termômetro disso na parte de comentários. Nada melhor que deixar uma posição a quem nos ajudou a resolver algum problema… Obrigado por ajudarem esse BLOG crescer a cada dia.

Forte abraço amigos… 😀

Como conectar no Mac os X Snow leopard | Lion via Remote Desktop

Standard

Bom, galera, nós do 4ppun1x conectamos remotamente neste bsd maravilhoso que é o mac afim de que pudéssemos fazer ajustes remotos em nosso pc. Este how to resume-se em habilitar o suporte VNC do mac juntamente com uma senha de segurança para que nosso mac fique tranquilo e seguro para aceitar conexões de rede sem qualquer stress.
Estamos usando o mac os x Snow Leopard (mas funciona no mac os x lion), assim como uma conexão comum (feita de um router wireless) e usando Windows (ops, ruindows) seven e o cliente vnc TightVNC (mostraremos o link de download), que além de free atende bem pra caramba.
Bora simbora e deixar de balela?

Primeiro devemos adentrar nas preferências do sistema afim de irmos aos menus principais de configurações do mac, acompanhe o print:

Clicando no menu de preferências do mac

Clicando no menu de preferências do mac

Agora iremos clicar no menu de preferências:

menus principais SHARING

menus principais SHARING

Pronto, devemos ir na área de Sharing (ali liberamos apache, acesso remoto, compartilhamento de arquivos e etc):

Marcando acesso remoto

Marcando acesso remoto

Assim que marcamos a opção REMOTE MANAGEMENT o menu do print acima é exibido.

Iremos comentar cada opção marcada:

1 – Observe (modo de observação), marcamos o control para permitir controle por parte do acesso remoto (neste caso nosso pc Window$ 7), A opção de mostrar quando há alguém observando o pc é bom de estar marcada (é, meu amigo, alguém dentro e você sem saber é osso né?),

2 – Generate Reports é bom estar marcado pois gera logs (vai que alguém faz besteira?),

3 – Open and Quit app… Deixa marcado, afinal de contas isto habilita o suporte para o cliente remoto poder executar aplicativos,

4 – Change Settings, bem, em um caso de setup, por que não deixar ativo? Vale a pena sim! Se você precisar de um ajuste aqui ou ali deve ter isto ON.

5 – Delete e replace items é bom, afinal de contas direito de escrever, ler e executar, para acesso remoto é quase um padrão.

6 – Start text… é bom quando se quer trocar idéia com o cliente remoto, deixamos on.

7 – Restart and Shutdown, meu amigo, se alguém precisa aplicar mudanças críticas e positivas em seu Mac Os X, por que não deixar este recurso para o acesso remoto? Se achar inviável que alguém remotamente desligue seu apple, deixe isto desmarcado.

8 – Suporte a cópia de itens é bom ;), deixe on.

Assim que damos ok é solicitada autorização do user afim de que seja validada a mudança, mas para que isto ocorra de verdade devemos clicar na opção COMPUTER SETTINGS para poder deixar a coisa no ponto (é aqui que aplicamos a senha de acesso remoto, afinal de contas deixar um mac com todos os recursos globais e ainda deixar sem senha é tiro de calibre 12 no próprio pé, né?

Aplicando senha e confirmando

Aplicando senha e confirmando

Deixe em vnc viewers a senha (coloque algo usando caracteres especiais para dificultar a vida dos lamers, use #$%&*@./<> com caracteres de senha).

Assim que aplicar você precisará confirmar usando sua senha de usuário do sistema, confirme com sua senha (vide print a seguir):

Confirmar senha no Mac Os X

Confirmar senha no Mac Os X

Pode ser que nós (appunix e você), algum dia, nesta vida de trabalhador braçal, possamos nos perguntar?

Como descubro meu ip nesse danado desse mac?

Relaxa, lembra do esquema de Central das preferências do mac? Então, a gente confirmar o Sharing e volta lá, no menu networking, ou seja: Preferências do Sistema-> Network.

Veja o ícone no MEIO da central de preferências:

Centralizador de Preferências do Mac Os X

Centralizador de Preferências do Mac Os X

Pronto, depois é só clicar em Redes (Network) e meter bala, veja o danado do IP no MEIO da nova tela:

Olha o ipzão aí gente

Olha o ipzão aí gente

 

Pronto, já temos o ip em mãos, no meu caso a terminação é 104. O que devemos fazer?

No Microsoft Windows 7 devemos baixar o cliente VNC Free, para isso acesse o linkÇ

http://www.tightvnc.com/download/1.3.10/tightvnc-1.3.10-setup.exe

Baixe o cliente e em seguida abra-o.

Assim que executar o tightvnc você vai ver a seguinte tela:

cliente VNC

cliente VNC

Assim que confirmar o acesso ele vai mostrar uma tela requisitando senha, igual essa aqui ó:

senha VNC

senha VNC

Confirme com aquela senha que você definiu nas propriedades de acesso remoto de seu macosx e FINISH!

 

Curtiu?

Curtimos também.
Abraços a todos e obrigado pela visita!

Como criar um DVD de instalação do Mac OS X Lion

Standard

Olá galera tudo na paz?

Depois de algum tempo sem postar nada de importante por aqui hoje venho postar sobre um assunto que está no foco de todas as notícias…

Mac OS X Lion, despois que a Apple resolveu dificultar a vida dos hackintoshers de platão lançando Upgrade através de sua loja virtual AppStore… ficamos a nos perguntar: E se eu precisar (diga-se querer) ter um DVD em mãos pra qualquer emergência, como fazer?

Segundo nossa querida apple caso você queira fazer uma instalação “Limpa” você precisa fazer um formatação com o Snow Leopard subir até a versão 10.6.6 e só depois acessar a AppStore e baixar o Lion e fazer uma instalação por cima….. Nesse ponto fiquei meio chateado com a Apple que tanto bato palmas para suas decisões na tangente do Mac OS X… mas vamos lá…. Vou mostrar a vocês como criar um DVD bootável de Instalação do Mac OS X Lion… Esse how to é baseado em um texto de JulioPW publicado no fórum do pessoal do HMBT… foi feito por ele e testado e comprovado por mim com algumas modificações (desculpem me por não ter mais o link do artigo original, caso tenha é só me mandar por comentário que coloco aqui no artigo) será necessário:

→Você precisará do .app baixado diretamente da AppStore Aqui

→Um Mac verdadeiro ou Hackintosh rodando Mac OS X Snow Leopard (poderia indicar o Leopard, mas como acredito que nossos leitores estão sempre atualizados vou indicar o Snow Leopard)

→ 15 ou 20 minutos pra ler e colocar esse how to em prática

 

Vamos lá…

Primeiro vá até o Utilitário de Disco do Mac, Ir/Utilitários

DVD_Lion

 

Agora entre no Utilitário de Disco

DVD_Lion2

 

Na parte superior do Utilitário de Disco Clique em Nova Imagem

DVD_Lion3

 

Na tela que aparecerá, aletere como desejar os campos Salvar Como, Onde e Nome; o restante deixe como na imagem….

DVD_Lion4

 

Verá o processo se seguindo

DVD_Lion5

 

Execute até o local onde salvou o DMG e o execute….

DVD_Lion6

 

Agora vamos usar o ShowAllFiles para mostrar os arquivos ocultos dentro de nosso .app, baixe-o aqui

http://dl.dropbox.com/u/7022385/ShowAllFiles.zip

 

Execute-o, clique em Show

DVD_Lion7

 

Agora vá até seu .app baixado da AppStore (o arquivo vem com nome original de Lion Installer e fica originalmente na pasta Aplicativos, eu preferi mudá-lo por uma questão de organização pessoal), clique com o botão direito ou clique secundário e vá em Mostrar Conteúdo do Pacote

DVD_Lion8

 

Entre em Contents/ SharedSupport

DVD_Lion9

 

Execute o InstallESD.dmg

DVD_Lion11

 

Chegará a uma tela assim

DVD_Lion12

 

Pra adiantar as coisas, execute o BaseSystem.dmg

DVD_Lion13

 

Em sua Mesa deverá ter os ícones dos .dmg que montamos até agora…

DVD_Lion14

 

Voltem ao Utilitário de Disco, seu painel da esquerda será mais ou menos assim

DVD_Lion15

 

Dentro do Utilitário de Disco clique no botão Restaurar

DVD_Lion16

 

Em fonte arraste Mac OS X Base System, e em destino arraste aquele DMG vazio que você criou e montou posteriormente na Mesa… Ficando assim (dependendo somente do nome que você deu ao seu .dmg)

DVD_Lion17

 

Agora clique em Restaurar no canto inferior direito

DVD_Lion18

 

Será notificado, clique em Apagar

DVD_Lion19

 

Pediram sua senha (santo sistema de permissões…. é por isso que sou apaixonado por sistema Unix-Like)

DVD_Lion20

 

Demorará em torno de 7 minutos até que essa restauração termine, veja um pouco do processo

DVD_Lion21

 

Agora amigos vá até o disco Mac OS X Install ESD que está na Mesa (Área de Trabalho)

DVD_Lion22

 

Agora copie a pasta Packages para a área de transferência (Command+C)

DVD_Lion23

 

Agora vá no Disco que criamos para que restaurássemos os arquivos necessários e coloque a pasta Packages que acabamos de colocar na área de transferência… Mas Doooguinha como vou saber qual o disco correto para a cópia dos arquivos, existem 2 discos em minha mesa com o mesmo nome…

-Galera, para facilitar na identificação clique com o botão direito ou clique secundário no Disco que deseja tirar suas dúvidas e clique Obter Informações

DVD_Lion24

 

Verão

DVD_Lion25

 

Podem ver que acertamos de prima o disco correto, se não for o seu caso teste com o outro disco montado….  Agora entre na pasta System/Installation

DVD_Lion26

 

Exclua o atalho para a pasta Packages que ali se encontra

DVD_Lion27

 

Agora pessoal, lembram-se daquela pastinha chamada Packages que copiamos do Mac OS X Intall ESD? Isso mesmo que você mais espertinho gritou ai… ela vem pra cá….

DVD_Lion28

 

Pronto galera, agora é só esperar terminar a cópia dessa pasta e partir para o abraço…. quero dizer ao terminar a cópia vamos gravar isso em disco……

Isso pode ser feito usando esse how to

http://www.appunix.com.br/howto/mac-os/como-gravar-iso-no-mac-os-x-sem-software/

levando se em conta apenas que usará agora um .dmg e não um .iso ….

É isso galera, espero que ajude aos tantos usuários Mac e Hackintoshs que tem procurado isso a cada dia em nosso amigo google…. Podem perceber que esse how to é muito parecido com o how to sobre criar um pendrive bootável do Mac OS X Lion que publiquei a alguns dias…. Abraço a todos…..

Obs:Pode ser usado tanto em Hackintohs (com o devido CdBoot) quando em Macs verdadeiros para realizar realmente uma instalação limpa (coisa que nossa querida Apple não quer deixar)….

Aproveitem….

Gostou? Comente, complemente e espalhe!

 

Como criar pendrive bootável do Mac OS X Lion

Standard

Olá galera tudo tranqüilo?
Com a chegada da nossa versão final do Mac OS X Lion pairou sobre nossas cabeças como seria se precisácemos fazer uma instalação do ZERO em nossos iGadgets… Com o upgrade sendo feito através do App Store fica essa dúvida na cabeça dos usuários… De acordo com a Apple caso o usuário queira uma instalação Limpa, o mesmo terá que instalar o Snow Leopard fazer update até a versão 10.6.6 e ai, só depois dessa trabalheira toda você será capaz de subir para o Lion (o que na verdade já não é mais uma instalação limpa.. venhamos e convenhamos Apple, isso não é instalação limpa)… mas deixemos de mazela e vamos ao que interessa…. hoje vou ensinar como criar um pendrive bootável com a versão Build final (11A494) do Mac OS X Lion….
O que você precisará:

—> 1 computador rodando Mac OS X Snow Leopard (pode ser Hackintosh)
—> o .app do Mac OS X Lion (isso mesmo galera… o Sistema operacional vem como .app)
—> 1 pendrive de no mínimo 8GB (poderia ser 6Gb, mas como nunca ví estou indicando um de 8)
—> 15 minutos pra ler esse artigo

Galera primeira coisa a se fazer é preparar o pendrive… vá até o Utilitário de Disco, no painel superior | Ir/Utilitários

Lion

Entre em Utilitário de Disco
Lion_1

Chegando ao Utilitário verá uma tela mais ou menos assim
Lion_2

No painel da esquerda selecione o disco onde deseja que o Lion faça sua moradia… No caso um Kingston Datatraveler de 8.01 GB
Lion_3

Na aba de ações escolha Particionar
Lion_4

Em esquema de volume e Informações de Volume coloquei respectivamente 1 Partição e nome coloquei Lion (pode se usar qualquer nome, pois o mesmo será substituído posteriormente)
Lion_5

No canto inferior direito clique em Aplicar
Lion_6

Será notificado sobre as notificações no Disco
Lion_7

Mande particionar. Acabamos a primeira etapa….
Agora pra adiantar as coisas baixe o aplicativo ShowAllFiles
Executeo e claque em Show

Lion_8

Agora vá até seu .app que baixou da App Store, claque com o botão direito do mouse e claque em Mostrar Conteúdo do Pacote
Lion_9

Como na imagem entre na pasta Contents depois na pasta SharedSupport chegará até nosso primeiro arquivo importante…. execute o arquivo de imagem InstallESD.dmg
Lion_10

Ao executá-lo verá uma tela semelhante a essa
Lion_11

Agora execute o BaseSystem.dmg
Lion_12

Chegará a essa tela
Lion_13

Agora volte ao Utilitário de Disco, na guia onde usamos para Particionar o disco de destino do Lion, clique em Restaurar
Lion_14

Em Fonte arraste Mac OS X Base System (que foi montado quando executamos o BaseSystem.dmg)
Lion_15

Em destino arraste seu pendrive para label (em nosso caso o chamamos de Lion)
Lion_16

Ficando assim a tela completa
Lion_17

Clique em Restaurar no canto inferior Direito
Lion_18

Será notificado, clique em Apagar
Lion_19

Digite sua senha
Lion_20

Todo o processo demora em torno de 5 minutos…. agora falta pouco galera… muito pouco… Agora amigos vá até o disco Mac OS X Install ESD
Lion_21

Agora copie a pasta Packages para a área de transferência (Command+C)
Lion_22

Agora vá no pendrive (que agora chama-se Mac OS X Base System)… pra facilitar na identificação do local correto, aconselho verificar a ordem dos dispositivos montados (em todos meus teste por ter sido o ultimo a ser montado em todo o processo o pendrive fica como sendo o ultimo da lista)
Lion_23

No seu pendrive vá em System/Installation
Lion_24

Exclua o atalho para  a pasta Packages que ali se encontra
Lion_25

Lembram da pasta Packages que copiamos lá do Mac OS X Install ESD?
é pra cá que vamos copialo, é uma cópia um pouquinho demorada (já que estamos falando de 3.26 GB e para um dispositivo com velocidade de gravação baixa)
Lion_26

Agora é só correr para o abraço… pode usar tanto no seu Mac verdadeiro quanto no seu Hackintosh (com o devido CdBoot… Aconselho CdBoot feito pelo André do HMBT…que funciona desde de o DP4 do Mac OS X Lion)…
Abraço a todos… Espero que ajude a todos… Obrigado aos vários fóruns sobre Mac OS, OSX86 que existem por ai… em especial à toda staff do HMBT (http://www.hmbt.org/forum)
Fui!!!! 😀

Gostou? Comente, complemente e espalhe!

Alterar/Trocar Ícones no Mac OS X Leopard | Snow Leopard

Standard

Olá galera tudo tranqüilo?
Hoje quero mostrar pra vocês uma coisa que pra mim é meio inútil mas várias pessoas recém chegadas ao mundo da Maçã chegam até mim e perguntam.
Doooguinha, como faço pra trocar o ícone dos aplicativos no Mac OS X?
É simples galera, bem simples….
Primeiro vou passar um site que pra mim é o melhor do gênero na tangente de Ícones no formato aceitável pelo Mac OS X e outros Sistemas Operacionais….. É Aqui
Aqui você encontrará Icones no formato .icns que é o formato padrão dos aplicativos no Mac OS X, primeira coisa a se fazer é ir no site indicado acima e procurar pelo ícone que deseja, em nosso caso vamos usar como cobaia o Firefox( nem todos os ícones encontrados na pesquisa estarão no formato ideal .icns)

Icone

Veja o que lhe agrada mais e ao passar o mouse o mesmo verá quais formatos se tem pra download, escolha um que tenha o formato .icns
Escolhi esse

Icone_2

Clicando em icns será levado ao download do mesmo

Icone_3

Agora já temos o principal para fazermos a troca do ícone do nosso aplicativo, vá até onde está o aplicativo (normalmente em Aplications – Aplicativos)
Vá em Go (Ir) -> Aplication (Aplicativos)

Icone_4

Localize o aplicativo

Icone_5
Clique com o botão direito sobre ele e claque em Show Packages (Mostrar Conteúdo do Pacote)

Icone_6

Entre em Contents

Icone_7

Depois em Resources, agora você está literalmente com a faca e o queijo na mão, então vamos lá…

Icone_8

Agora vamos pegar o ícone que baixamos

Icone_9

E coloca-lo na pasta Resources, juntamente com os originais

Icone_10

Agora renomeie firefox.icns para firefox2.icns

Icone_11

Faça o mesmo com o Ícone baixado (coloque com o nome padrão, nesse caso firefox.icns)

Icone_12

Feche a pasta, finalize o aplicativo (caso esteja aberto) e o abra novamente. o/ Olhe seu Dock

Icone_13

Por medidas de segurança eu sempre deixo o ícone original dentro da pasta do aplicativo (caso eu enjoe do novo eu volto o original… que apesar de simples são lindíssimos). É isso ai galera, é simples e bem bacana… depois vou postar um imagem completa do meu Dock pra vocês verem que dá pra deixar o Dock bem divertido…
Abraço a todos… 😀