Como abrir um negócio de Hosting gastando pouco

Standard

Olá, galera, achei um blog interessante na web que ensina como abrir uma empresa na internet para vender hospedagem de sites, não que não saiba como fazer, mas lá ensina para pessoas que conhecem pouco do mercado. Para iniciantes é uma alternativa interessante:

http://sobrehost.wordpress.com/2012/07/26/o-que-eu-preciso-saber-para-abrir-uma-empresa-de-hospedagem-de-sites/

Forçando envio MX no Cpanel para situações de DNS não ajustado – Workaround

Standard

Recentemente, um cliente reclamou que seus emails não chegavam à caixa postal do destinatário.
Verifiquei que o domínio do destinatário em questão está hospedado em uma conta Windows na Locaweb, mas com os MX apontando para a Alog.
Eu tenho vários clientes com o Google Apps. Ou seja, estão hospedados no meu servidor mas utilizando o MX do Google. Todos funcionando beleza e nunca precisei editar configurações específicas no Exim do meu servidor. Mas neste caso, enquanto não se resolve a questão da configuração do DNS na Locaweb, optei por um recurso que eu desconhecia mas que atendeu ao meu cliente que agora consegue enviar os emails.
Resolvi compartilhar esta informação. Quem sabe alguem passe pelo mesma situação…
O problema foi resolvido adicionando a linha abaixo ao /etc/exim.conf:
allow_mx_to_ip = yes

Fonte: Luiz_Araujo:
http://www.forumcpanel.com.br/index.php?showtopic=8971&pid=40431&st=0&#entry40431

post_max_size uma informação a mais na hora de aumentar o UPLOAD no php.ini

Standard


Olá ALL,
As vezes erramos quando somente aumentamos diretivas do PHP visando upload, tais como:

max_execution_time,
upload_max_filesize,
e até mempory_limit.

Elas até que estão corretas, assim como max_execution_time, só que os forms que enviam dados (refiro-me a arquivos), fazem envio de arquivos pelo método post.
Sendo assim, se quisermos um upload de 96M em um servidor rodando php precisamos colocar no php.ini a informação de qual o tamanho máximo de envio de dados pelo POST.
A saída então seria:

post_max_size = 96M

Isto dentro do PHP.INI.

Pronto, após ajustes o apache deverá ser reiniciado.

Abraços galera!

What ip whmcs auth Qual ip do WHMCS para autenticação ou liberação em um firewall

Standard

Se você precisa do ip do whmcs (comumente usado em caso de um firewall bloqueando tudo e você necessitando permitir a autenticação) e não sabe qual é o ip a ser liberado para que o whmcs acesse a central do sistema use o ip abaixo em sua whitelist:

74.54.136.210

Plesk 8 e Plesk 9 Como modificar páginas de erros personalizadas how to change customized error pages on plesk

Standard

No meu blog littleoak eu fiz um how para isto:

http://littleoak.wordpress.com/2009/03/24/plesk-8-e-plesk-9-como-modificar-paginas-de-erros-personalizadas-how-to-change-customized-error-pages-on-plesk/

A dynamic link library (DLL) initialization routine failed FTP

Standard

Se você recebeu esta mensagem quando estava tentando reiniciar seu FTP (iis) -> A dynamic link library (DLL) initialization routine failed FTP – siga a dica abaixo:

entre no servidor, abra o MS-DOS (iniciar-> executar -> cmd) e digite:

cd c:\inetpub\adminscripts\

Entrando ali ajuste as portas passivas para uso do FTP (lembrar que tais portas só operam acima de 5500, por isso do erro):

adsutil.vbs get msftpsvc/Passiveportrange “5500-5800”

Após reinicie seu iis e seja feliz!

Fedora 10: Lamp2 – linux apache 2 mysql e php 5 + ruby + python

Standard

Vou mandar ver em um how to interessante para os amantes do LAMP sob fedora. Todos que usam Fedora devem (ou deveriam) saber que a versão atual deste fabuloso sistema encontra-se na 10. Iremos fazer um how to sobre lamp 2 no Fedora 10, então atente para estar usando Fedora 10.

Requisitos:

Internet (se rápida será melhor ainda),
Fedora 10,
Vontade de rodar o lamp2 no Fedora 10 ?:) ,
Estar logado como root.

Indo ao Combate

Após instalar seu Fedora acesse o console como root e execute os seguintes comandos:

yum update -y

Isso vai atualizar os repositórios e recursos do sistema (kernel, utilitários  e etc).

Após vamos instalar o mysql:

yum -y install mysql mysql-devel mysql-server

Isso vai instalar o mysql, mas logo após sua instalação aplique os comandos abaixo:

chkconfig –levels 235 mysqld on
/etc/init.d/mysqld start

Confirme se a porta já está ativa e esperando conexões:

netstat -tap | grep mysql

Isto deve gerar uma saída mais ou menos assim:

tcp        0      0 *:mysql                     *:*                         LISTEN      2407/mysqld

Após faça este ajuste aqui:

vi /etc/my.cnf

#skip-networking

Comentar a linha acima.

Reinicie o mysql com o comando:

/etc/init.d/mysqld restart

Pronto, defina a senha de root do mysql com os comandos abaixo:

mysqladmin -u root password Sua_nova_SENHA
mysqladmin -h maquina.meudominio.com -u root password Sua_nova_SENHA

Isso aplicará a senha de root do mysql.

Agora vamos aplicar php, python e ruby + apache 2:

yum -y install httpd php php-devel php-gd php-imap php-ldap php-mysql php-odbc php-pear php-xml php-xmlrpc php-eaccelerator php-magickwand php-magpierss php-mapserver php-mbstring php-mcrypt php-mhash php-mssql php-shout php-snmp php-soap php-tidy curl curl-devel perl-libwww-perl ImageMagick libxml2 libxml2-devel

chkconfig –levels 235 httpd on

Pronto, depois disso faça o teste com —>

/etc/init.d/httpd start

Instale o ruby:

yum install httpd-devel ruby ruby-devel

cd /tmp
wget http://www.modruby.net/archive/mod_ruby-1.3.0.tar.gz
tar zxvf mod_ruby-1.3.0.tar.gz
cd mod_ruby-1.3.0/
./configure.rb –with-apr-includes=/usr/include/apr-1
make
make install

vi /etc/httpd/conf.d/ruby.conf

LoadModule ruby_module modules/mod_ruby.so

/etc/init.d/httpd restart

yum install mod_python

/etc/init.d/httpd restart

Prontooo!

Server4You.Com – Experiência Perfeita, mesmo em crise dos EUA (overview)

Standard

Boa tarde a todos!

Não poderia deixar de contar uma experiência fabulosa que passei há 2 dias com a empresa Server4you.com.
Estive procurando um IDC para implementação de algumas aplicações OpenSource as quais faço parte do core de desenvolvimento, e para testes mais precisos necessitei de um servidor dedicado de baixo custo e que atendesse a demanda de uma média de 100 pessoas por servidor. (sim, o projeto precisa de usuários e de DOAÇÕES, tudo free, mas vai a base de DONATE, por que preciso comer, vestir e programar)

Perguntei a um especialista em FreeBSD (http://thiagotorres.com.br/) aonde encontraria um servidor em um IDC que me permitisse fazer alguns ajustes “extremes” em máquinas CentOS com ISPConfig (painel que faço parte do core de desenvolvimento, vide http://sourceforge.net/project/memberlist.php?group_id=140327 ), o mesmo me indicou Server4you pelo preço e pela aceitação na comunidade.

Visitei o dito cujo site, outrora desconhecido, falei com um atendente que, para minha surpresa falava português brasileiro.

Conversei com o atendente, prontifiquei de pagar assim que um patrocinador me ajudasse, adiantei muitos detalhes da transação e segui no pedido.

Após efetuar o pedido o cartão IBICard não havia passado, devido bloqueios de seguança. Engraçado, não havia nada errado, mas a empresa insistia em me fazer passar por vexames (Ibicard, é claro – NÃO RECOMENDO).

Liguei para a central e, para que fique claro aqui como foi ruim a experiência, vou colar os textos do processo que iria aplicar contra a mesma:

Sexta efetuei uma ligação -> 9 p.m ~ 11 p.m (28/11)
Sábado a tarde -> 15:00 ~ 16:15 (CeA – pessoalmente) – 29/11
Sábado
Segunda tente contato fonado (dia 1/12), mandaram ir para
a agência IBI.
No mesmo dia, as 16:15 falei com a Central IBICard, dep. Financeiro, os quais me garantiram em 5 minutos ser liberado o cartão.
No mesmo dia o transtorno se repetiu, as 23:50 tentei passar o cartão na Goddady, para registro de um endereço eletrônico, no valor de R$ 7,18 u$, não aprovado.
Hoje, as 10:00, dia 02/12, a IBI me garantiu que em 20 minutos o cartão estaria desbloqueado.
Mais transtornos.

31 – 3293-9299 (procon)

Cintia – 11:18, solicitou o desbloqueio – em 20 minutos foi prometido e ainda falou que não existiu nenhum pedido de desbloqueio.

Linuxmall me ligou as 11:53 da data 02/12, a qual me fez constrangido novamente, pois R$ 13 reais e alguns centavos não foram aprovados.

Esse roteiro acima, por pouco não parou no procon de BH.

Enfim, após lutas e lutas com a IBI, na segunda-feira, para minha surpresa, as 9 a.m. o servidor do projeto estava PRONTO e eu ainda não tinha confirmado o pagamento.

Espere, servidor pronto e pagamento nÃo efetuado? Há algo errado nisto, não?

NÃO, na realidade a extrema confiança creditada em minha pessoa me fez brigar igual uma peste em busca da solução do cartão, e como se não bastasse tamanha confiança, me deram 4 ips como cortesia.

Ao acessar o painel e contemplar o servidor online, confesso que por poucos instantes pensei estar na Softlayer, pois tamanha é a precisão no atendimento, velocidade de suporte do mesmo nível e Painel de controle extremamente futurista e amigável!

Meus parabéns Server4you, parabéns de verdade, obrigado por apoiarem indiretamente a causa OpenSource e ainda, contribuir para uma relação de confiança que será duradoura.

RECOMENDOOOOO!

Ah, quase esquecia, entregam máquinas em 4 hs (igual a softlayer 😛 ).