Android 4.04 quase saindo do forno para Milestone 2 (cyanogenmod 9)

Standard

Ao que já podemos especular, afirma-se que, mesmo com alguns bugs restantes há uma rom disponível no fórum do XDA cuja estabilidade já é de bastante agrado.

Há ainda pouca coisa a ser feita, pois o plugin de flash 11 teve de ser desativado por estar colidindo com um codec.

Há também um outro bug que pode incomodar algumas pessoas, wifi como access point.

Podemos deduzir, pelo tamanho do projeto e a sua jornada vitoriosa de debug que muito em breve (em poucos dias) teremos uma rom stable e muito funcional do ICS 4.04 rodando tranquilamente sob o milestone 2. Os requisitos para rodar o ICE 4.04 já são alcançados não só pelo Milestone 2, como também aparelhos como Xperia e i9000 (assim como outras linhas que possuem hardware muito semelhante), estes requerimentos podem ser vistos aqui:

http://www.appunix.com.br/blog/quais-os-recursos-necessarios-para-rodar-google-android-4-0-ice-cream-sandwich/

Acompanhe todo o changelog:

 

Default [ROM][NIGHTLY] CyanogenMod 9 for Motorola Milestone 2 (Android 4.0.4)

Hi All,

This rom is based on tezet framework, merge cyanogenmod latest source code and camera code from defy. Its still a ALPHA version, bugs report is welcome.

Working:
– Features from tezet rom.
– Recording (works, but unstable)
– Panorama (built-in camera app)
– Barcode scanner
– VPN(PPTP MPPE)
– 1% Battery
– H264 high profile decoding(but laggy!)
– HWA (all credit to nadlabak, excellent and fantastic works bring whole BL devices to new stage!!)
– Chrome (http://forum.xda-developers.com/show…&postcount=356)

Not working:
– Flash11 (conflict with TI.720P.Decoder)
– Crystal Talk
– Wifi tether
– bandwidth quota

Known Bugs:
– Brightness sensor
– HW Keyboard function(CAP, ALT)

Changelog:
* 2012/7/8:
– update GPU driver to PVR 1.8
– add nadlabak driver solution
– enable HWA
– remove previous opengl hack
– sync repo 07/08
– delist 3G Roaming bug(http://forum.xda-developers.com/show…&postcount=281)

* 2012/7/1:
– enable TI.720P Decoder (need more fine tune with buffering)
– fix recording problem
– sync repo 07/01

* 2012/6/24:
– fix QWERTZ keyboard
– fix unknown number problem
– new boot animation
– sync repo 06/24

* 2012/6/2:
– barcode scanner works
– built-in VPN with mpppe works (I only test this kind)
– add 1% battery
– fix AZERTY keyboard (thx boorce.com)
– sync repo 06/02

* 2012/5/27:
– fix crash problem when take picture

* 2012/5/26:
– sync cm9 repo
– add panorama support
– add Apollo(music app)
– add CMWallpaper
Bugfix:
– settings->themes will not crash

* 2012/5/11: sync 0511 repo

ADB debugging shouldn’t be disabled, full wipe is recommended.

Downloads:
European GB kernel: CM9-NIGHTLY 
**China GB kernel: CM9-NIGHTLY 
**China version is not tested by myself, so use it on your own risk.

Google Apps

Repository:
repo init -u git://github.com/alexc804/android.git -b ics

twitter: AlexC804 

Credits to tezet, rondoval, tpruvot and people contributed to this rom.

 

cm71-111108.0452-NIGHTLY-Milestone2-ICS-v2.0.zip liberado e pronto para Download (estamos testando)

Standard

PessoALL, estamos testando a nova rom cm71-111108.0452-NIGHTLY-Milestone2-ICS-v2.0.zip da galera da XDA. (11/11/11) (a cara do Ice Cream Sandwitch)

Breve iremos detalhar aqui a experiência desta nova rom.

Para baixar a mesma acessem:

cm71-111108.0452-NIGHTLY-Milestone2-ICS-v2.0.zip

 

Testamos aqui (exatamente há 15 minutos) – são 14:04 do dia 12/11/2011.

Para nós que já fizemos o procedimento de atualização do Milestone 2 para android gingerbread basta apenas baixar esta rom do link acima citado e seguir os passos assim:

1 – Solicitar o Reboot do aparelho optando por Recovery,

2 – (depois de ter colocado o arquivo baixado dentro do aparelho (por meio de cabo de dados ou afins [recomendamos cabo de dados]) escolha a opção de instalar vindo de um ZIP file, escolher a pasta aonde está a rom e mandar instalar.

3 – Dar wipes (OS 2),

Por fim rebootar.

Aqui conosco levou 3 minutos e o aparelho subiu.

Lembrando que fizemos com a bateria completinha (caso desse algum problema poderíamos usar os procedimentos de recuperação do milestone 2).
Abraços galera.
Por enquanto ainda não testamos muitas coisas, mas o aparelho está mais leve ;).

 

PS: 2:20 hs em ligação e NÃO caiu!

Links ok (acesso por 3g) e Ponto de Acesso Wifi OK!

COOL!

Sem reboots desde as 2:24 da tarde 😛

Como restaurar meu Milestone 2 – Procedimentos para corrigir ou aplicar osreload de rom ORIGINAL do Motorola m2

Standard

Pessoal, tenho percebido que muitas pessoas infelizmente não estão seguindo todos os passos de como atualizar o milestone 2 para android gingerbread 2.3.7 (CM7) e isso resulta em travamentos, bootsplash travado (ou logo do android ou logo da motorola)!

Este how to destina-se a pessoas que querem colocar a rom inicial do milestone 2 em seu aparelho (original e arcaica).

Os passos a seguir são simples, funcionam e NÃO tapam buracos, mas servem para voltar atrás quando se tem problemas nas instalações/updates.

 

ESTE ARTIGO ESTÁ DIVIDIDO EM 2 SESSÕES:

1 – COMO INSTALAR A ROM ORIGINAL DO MILESTONE 2 (FROYO 2.2)

2 – PROCEDIMENTOS PARA REPARAÇÃO DE UMA PÓS UPGRADE DO MILESTONE 2 COM PROBLEMAS DE BOOT OU OPERAÇÃO DO SISTEMA

 

COMO INSTALAR A ROM ORIGINAL DO MILESTONE 2 (FROYO 2.2)

 

Primeira coisa que precisaremos ter são os arquivos para baixar (TODOS são necessários):

RSD LITE 4.9 -> http://dl.dropbox.com/u/17545709/RSD%20Lite%20v4.9.zip (6,76mb)

Drive Oficial da Motorola -> http://dl.dropbox.com/u/17545709/USB_Drivers_bit_4.8.0.rar (8,2mb)

ROM Oficial do Motorola Milestone 2 FROYO -> http://dl.dropbox.com/u/17545709/SBFFROYOOFICIALMILESTONE2.rar (304 mb)

Antes de tudo, se você tem amor por sua vida TENHA EM MENTE QUE PRECISARÁ DE ESPAÇO SOBRANDO EM SEU APARELHO, pois muitos caras respondem aos artigos como se fossem autoridade máxima, só que esquecem que o procedimento exige uma coisa muito simples/trivial, e o pior, natural a todos -> ESPAÇO!

Para o caso de dar flash e voltar para rom da motorola (um lixo, saba-se disso), não necessitará de espaço, mas para atualizar o milestone 2 para gingerbread aí sim necessitará de espaço bem bacana.

 

PASSOS PARA O FLASH ROM – COLOCAR ANDROID FROYO 2.2 NO MILESTONE 2

De posse dos arquivos faça o seguinte:

– Instale o Drive da Motorola assim como o RSD Lite 4.9.

– Extraia o arquivo .RAR da SBF que passamos o link (304 mb).

– NO Milestone 2 vá no menu de configurações -> Aplicativos -> Desenvolvimento e ative o Modo De Depuração do USB.

– Conecte seu Milestone 2 ao computador através da USB.

– Assim que o Windows pesquisar pelo drive do A953 (milestone 2), assim que ele achar, abra o RSD Lite 4.9 e procure pelo modelo A953 (milestone 2).

– No RSD Lite 4.9 selecione o arquivo que baixou (a besteirinha de 304 mb), e depois clique no botão de start.

O pau vai comer por uns 10 minutos.
Se o RSD LITE perguntar sobre conectar ao aparelho manualmente diga que NÃO.

Assim que o aparelho for completamente processado, o RSD Lite vai exibir a seguinte mensagem:

Finished and PASS
Feito isto tudo estará ok.

 

Pontos importantes:

1 – DEIXE a bateria do celular com pelo menos 80% (recomendo que carregue tudo),

2 – Dar restore Factory ANTES e DEPOIS é recomendado antes do procedimento,

3 – Depois desse “clean” o android market vai estar acessível/funcional para você sem qualquer problema.

 

 

PROCEDIMENTOS PARA REPARAÇÃO DE UMA PÓS UPGRADE DO MILESTONE 2 COM PROBLEMAS DE BOOT OU MÁ OPERAÇÃO DO SISTEMA

 

Se você tem percebido um mau funcionamento do  seu Milestone 2 após ter instalado uma rom/sbf faça o seguinte procedimento:

Desligue seu aparelho, e em seguida ligue-o mantendo pressionada a tecla X.  Assim que for exibido o triângulo pressione a tecla @ (arroba).  Depois faça o procedimento de Wipe data e tudo deverá funcionar. (isto provavelmente pode ocorrer depois de voltar para rom original [ECA] )

 

Caso não funcione existem outros procedimentos a fazer:

Reiniciar o celular, pressionar “vol -” (botão de diminuir o volume do aparelho – fica localizado ao lado do aparelho) no momento da inicialização do aparelho (que abre o menu), fazer o procedimento de wipe/factory reset, depois aplicar o zip, em seguida wipe data/factory reset, Wipe Dalvik Cache, e Wipe Baterry Stats, após restart ele dará boot corretamente. (é aqui que muitos estão se ferrando, pois no momento de aplicar a rom 2.3.7 no milestone 2 o pessoal não está fazendo tais procedimentos [wipe])
Se você está percebendo a luz vermelha no canto direito do aparelho (fica normalmente com uma luz verde ou durante o boot uma leve aparição da cor azul) deverá fazer o seguinte procedimento:
Reinicie o aparelho, daí segurando o botão Power ( botão ligar) e o X do teclado vai aparecer o android com um ponto de exclamação ”!” aperte @ no teclado agora escolha “wipe data/factory reset” e por ultimo “reboot system now” agora seu Milestone 2 vai funcionar normalmente.

Se o boot travar siga os passos:

ligue novamente porém segurando o botão “Power” (o botão de ligar) e a “seta para cima” do teclado, a tela vai ficar toda preta, bastando que você solte a tecla e logo em seguida já estará na tela de bootload.

 

ATENÇÃO:

 

SE você gastou a bateria toda, vai ter que conseguir emprestado de alguem ou carregar no aparelho de alguem.
SE o sistema base estver ok ai você faz esse processo todo acima e depois restaura se quiser.
SE o sistema base estiver corrompido você acaba de ferrar seu aparelho, quando aconteceu a primeira vez comigo eu dei sorte de ainda estar na garantia(não diga que tentou instalar uma rom pois não cobre a garantia) e arrumaram em dois dias.
DICAS DO USER hokahey ->
http://www.androidz.com.br/forum/topic/9255-tutorial-rom-cyanogenmod-7-android-237/page__st__40__p__75998#entry75998

 

—————–

 

OS PASSOS ABAIXO FORÇAM A DETECÇÃO DO SEU SMARTPHONE MILESTONE 2 VIA USB JUNTO AO RSDLITE:

1 – Desligue seu telefone.
2 – Aperte e segure o botão de abaixar volume e câmera e ligue o telefone. Continue segurando o botão de abaixar volume/câmera mesmo apos ligado.
3 – Irá aparecer uma escrito BootLoader (xx.xx), se não aparecer repita o passo anterior.
4 – Conecte seu cabo USB no telefone e aguarde a instalação dos drivers.

CyanogenMod-7.1 Foi lançado MAS NÃO dá suporte ao Milestone 2 AINDA

Standard
  • HTC Desire S
  • HTC Incredible S
  • HTC Incredible 2
  • LG Optimus 2X and T-Mobile G2x
  • Motorola Backflip (Motus)
  • Motorola Cliq / Cliq XT
  • Motorola Defy
  • Motorola Droid 2
  • Motorola Droid X
  • Samsung Captivate
  • Samsung Fascinate
  • Samsung Mesmerize
  • Samsung Showcase
  • Samsung Vibrant
  • Samsung Galaxy S
  • Samsung Galaxy S2 (multiple carriers)
  • Sony Ericsson Xperia X8
  • Sony Ericsson Xperia X10 Mini Pro
  • Sony Ericsson Xperia X10 Mini
  • Sony Ericsson Xperia Mini
  • Sony Ericsson Xperia Mini Pro
  • Sony Ericsson Xperia Neo
  • Sony Ericsson Xperia Play
  • Sony Ericsson Xperia Ray
  • Sony Ericsson Xperia Arc
  • ZTE V9

Esta é a lista de Smartphones que suportam esta update.
NÃO se iluda, NÃO há suporte para o Milestone 2 ainda.
Há uma série de correções e otimizações em cima do CyanogenMOD 7.0, mas para users como nós que temos Motorola Milestone 2 é melhor ficar pianinho.

Como instalar Android 2.3.7 no Milestone 2 sem perder dados e de forma rápida

Standard

PS: baixem TODOS os arquivos do artigo aqui:

http://appunix.com.br/repository/ALL.rar

As pessoas reclamam que os arquivos estão dando problemas. SUBIMOS TUDO e o tamanho no WINDOWS:

931 MB (976.620.228 bytes) (size)

931 MB (976.621.568 bytes) (size on disk)

Tem várias roms, vários utilitários e por fim a tranquilidade de não ter o dropbox off.

 

 

 

Antes de mais nada quero deixar claro que este artigo é 100% baseado no consagrado artigo da galera AJUDA ANDROID, que pode ser acessado aqui:

http://www.ajudandroid.com.br/2011/09/rom-milestone-2-cyanogenmod-7-versao.html

 —– Dia 05/12/2011 (ATUALIZADO):

Lista de arquivos para download interno (caso queiram mais desempenho tentem com dropbox [links mais abaixo]):

http://www.appunix.com.br/repository/GingerBreak-v1.20.apk

 

http://www.appunix.com.br/repository/Bootmenuv0.8.6-v2.zip

ROMS MAIS NOVAS:

http://android.loicg.net/roms/

 

Antes de mais nada iremos deixar aqui links de arquivos que você deverá utilizar (exceto rsdlite, fica ao seu critério).
Requerimentos para seguir este How to:

– Ter um milestone 2 rodando android 2.2,

– Baixar todos os softwares aqui citados.

 

Pontos em particular:

– Deixe a bateria COMPLETAMENTE carregada junto ao seu Milestone 2.

– Reza a lenda “androidiana” que cartões sd lv 10 dão problemas, eu, particularmente não vi dar problemas.

 

Não precisa ser um arquiteto da Google para executar este procedimento, muito pelo contrário, é tão simples e eficaz que quando terminar (e isso será rápido) você vai falar:

– “Caramba, velho, como foi fácil/rápido terminar esse trem!”

 

A meta é essa!

 

Softwares  OBRIGATORIAMENTE necessários para cumprir nossa meta:

http://dl.dropbox.com/u/17545709/Bootmenu%20v0.8.6-v2.zip  (esse é o bootmenu 8.6-v2),

http://dl.dropbox.com/u/17545709/GingerBreak-v1.20.apk (esse aqui é o gingerbreak 1.20 e vai “rootar” seu aparelho de maneira beeeeem simples/rápida),

https://market.android.com/details?id=com.koushikdutta.droid2.bootstrap&hl=en (gestor de roms que serve tanto para fullbackups como para instalar roms, custa menos de 6 reais e vale a pena),

http://dl.dropbox.com/u/17545709/EndlessCM7_20111001_Nightly_BPSW_v1_0.zip (cyanogenmod 7), CASO percebam que o link está off podem baixar até versões mais novas, vejam aqui no repositório (CABRITO! Divulgamos este repositório no twitter do appunix): http://android.loicg.net/roms/

–  http://dl.dropbox.com/u/17545709/RSD%20Lite%204.9.zip (perfumeria, RSDLite 4.9 (para caso de reinstalar a SBF da motorola 2.2),

https://market.android.com/details?id=com.koushikdutta.rommanager&feature=search_result (ClockWorkMod, um gestor de ROMs muit bombado).

Eu, particularmente recomendo que você instale o FREE e 100% operacional/compatível programa chamado TITANIUM BACKUP -> https://market.android.com/details?id=com.keramidas.TitaniumBackup&hl=en

 

Após baixar tudo RECOMENDO que cole os arquivos baixados (caso os baixou por meio de PC) dentro do seu milestone 2 em uma pasta na raiz do sistema (VAI FACILITAR MEIO MUNDO NA HORA DE INSTALAR A ROOM), eu, no momento em que executei minha upgrade coloquei tudo na raiz em uma pasta chamada DOWNLOADS usando meu cabo de dados. Isso é só um procedimento de organização, nada mais, sem isto, caso use outra forma funcionará, mas minha idéia aqui é encurtar caminhos ;).

É uma ferramenta MUITO simples de usar (TITANIUM BACKUP) e NÓS OBRIGAMOS que você a use, LOL, justamente para que você não perca aqueles programas massa que você possui, ou mesmo os dados dos tais programas. Então, para nos anteciparmos ao problema vamos fazer o seguinte, instalar o Titanium backup e em seguida fazer o seguinte:

IR no menu ->configurações ->aplicativos ->desenvolvimento e habilite a opção depuração de USB.

Depois entre no programa e assim que for requisitado poder de root (sim, o danado acessa MUITAS áreas do sistema) diga que SIM. [allow]

Depois procure pela aba BACKUP/RESTORE e em seguida, apertando os quadradinhos [botão de configuração/propriedades de um app] clique em LOTE.

Logo em seguida você vai ter de procurar por backup de todos os aplicativos de usuários [backup all data + apps], e clicando no botão logo ao lado para deixar no ponto -> [executar/run].

Na tela a seguir devemos escolher as apps manualmente OU já ir rodando todo o fullbackup de tudo, escolhendo suas apps (recomendo tudo) clique em Executar a operação em lote.

 

2 coisas bem interessantes acontecem aqui, no ato do backup:

1 – o titanium coloca seus arquivos e ele mesmo na memória SD externa, em uma área aonde qualquer mudança complexa ou wipe data vai deixar o bichão ali, pronto para uso e COM SEUS DADOS FILÉ!

2 – esse procedimento de backups é importante, pois quando terminarmos a instalação do android 2.3.7 é de praxe que você esteja sentindo muita falta daquela app querida e de seus dados respectivamente.

 

Feito o backup, creio eu que você já baixou os links de download e pagou pela app que recomendamos.

Agora que já baixamos tudo a primeira coisa é meter o root pra correr a solta no aparelho, para isto devemos rodar o Gingerbreak. Assim que terminarmos de instalar, seu aparelho está pronto para o root, depois iremos instalar o ClockModWork e depois o Droid 2 Recovery Bootstrap. (links já citados acima, na parte de downloads)

 

Assim que você rodar o Droid 2 Recovery Bootstrap você deverá clicar no menu -> Bootstrap recovery e em seguida liberar a app para executar suas funções avançadas, clicando assim em -> permitir e por fim clicar em -> Reboot Recovery

 

Depois desse procedimento seu aparelho já deverá estar reiniciando. Assim que ele carregar aparecerá um menu, o qual, para deslocarmos para cima e para baixo devemos usar o controle de volume do aparelho, logo + é para cima e – é para baixo e respectivamente o OK é o botão da câmera. Primeira coisa que devemos fazer nessa onda aí é acessar o menu install zip from sdcard e em seguida selecionar o menu -> choose zip from sdcard, no menu a seguir procure (lembra da pasta Download…?) por Bootmenu v0.8.6-v2.zip, escolha-o e em seguida entre no menu REBOOT.

 

Depois do reboot automaticamente iremos para uma nova tela aonde o botão de power passará a ser o OK, assim como o botão retornar do Milestone 2 realmente será retornar! (o + para cima e – para baixo, como doutra vez)

Primeiro passo que devemos fazer aqui é selecionar BOOT, aonde no menu SET DEFAULT: [boot menu] devemos optar por normal e apertaremos RETORNAR 2 vezes, aonde na tela deveremos escolher RECOVERY e em seguida ir no menu CUSTOM RECOVERY. Nessa nova tela de boot o botão de câmera volta  a ser o OK, aonde deveremos nesse novo menu procurar por Instal zip from sdcard e escolher logo em seguida choose zip from sdcard, ao abrir a raiz do sistema procure por EndlessCM7_20111001_Nightly_BPSW_v1_0.zip (lembra da pasta Download né?…).

A rom vai moer, moer, moer e moer e vai ser instalada :P, assim que for instalada deveremos voltar para o menu wipe data/factory reset, procurar pelo menu Advanced e depois clicar em Wipe Dalvik Cache, depois ir sobre YES afim de limpar o cache da virtual machinne, logo depois retornamos ao menu anterior e entramos em Wipe Baterry Stats, logo em seguida optaremos por YES para dar um grau na batera!

Depois você deve retornar ao menu principal (Go back [botão do milestone 2]) e procurar por reboot system now.

Lembra que estávamos falando de estar com a bateria full? É, meu amigo, agora é a hora da verdade e DO USO DELA! Alguns aparelhos (não sei se é por causa do level de SD ou outra coisa) levam até 10 minutos para fazer a build rodar 100% filé [levei menos de 4 minutos], mas aí varia de smart para smart.

 

Depois disso CURTAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAA o seu Milestone turbinadão.

Fonte deste milagre? Tá aqui ó:

http://www.ajudandroid.com.br/2011/09/rom-milestone-2-cyanogenmod-7-versao.html

 

Alguns pontos que ressaltamos aqui após instalação:

1 –  NÃO restaure aplicativos como google.phone do seu antigo froyo tosco, isto vai ferrar com seu sinal de gsm (de verdade),

2 – Wifi operando melhor que o 2.2 (hoje mesmo testei em frente a uma loja aonde o antigo não recebia o sinal e chute? sinal de 1 pontinho navegando tunado),

3 – LIGAÇÕES GSM NÃO CAEM [como andam falando por aí], fiz uma hoje cedo de “apenas 34 minutos”, super top de linha e uma qualidade de dar inveja de VERDADE,

4 – BOOT mais elegante e mais rápido que o froyo nativo e podrão,

5 – Câmera 100% operacional,

6 – Desempenho no acesso de áreas de trabalho BEEEEEM melhor,

7 – Consumo de bateria BEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEM menor,

8 – Consumo de ram BEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEM menor,

9 – Travamentos não existem mais (Froyo nativo da motorola travava pelo menos a cada 5 dias),

10 – Library de imagens muito mais rápida para gerar thumbnails,

11 – Led da câmera 100%,

12 – Aplicativos pós restauração do Titanium backup operando 100%,

13 – Menu Central de aplicativos muito leve,

14 – Qualidade do som continua em alta,

15 – NÃO foi necessária nenhuma gambiarra de apn ou ajuste de sinais gsm/3g, foi ligar e pimba, sinal gsm na alta!

16 – AINDA não senti aquele aquecimento infernal que o Froyo dava quando estava em chamada.

17 – Acesso a dados internos MUITO violento.

18 – Desligar (apertando o botão de desligamento/bloqueio) agora libera um item MUUUUITO amável, REINICIAR!

19 – GOOGLE MARKET 100% operacional (NOT GAMB).

 

Bem, se os 19 motivos acima não lhe encorajam a um upgrade só tenho 1 coisa a lhe dizer -> SORRY!
Devemos agradecer a DEUS pela galera da XDA, AJUDA ANDROID e http://www.cyanogenmod.com/

————

TROUBLESHOOTING

PS, no caso de nosso visitante Thiago, ele reportou que a tela de boot ficou presa, sendo assim o procedimento que ele adotou e deu certo foi:

Reiniciar o celular, pressionar “vol -” que abre o menu, fazer o procedimento de wipe/factory reset, depois aplicar o zip, em seguida wipe data/factory reset, Wipe Dalvik Cache, e Wipe Baterry Stats, após restart ele dará boot corretamente.
Se você está percebendo a luz vermelha no canto direito do aparelho (fica normalmente com uma luz verde ou durante o boot azul) deverá fazer o seguinte procedimento:
Reinicie o aparelho, daí segurando o botão Power ( botão ligar) e o X do teclado vai aparecer o android com um ponto de exclamação ”!” aperte @ no teclado agora escolha “wipe data/factory reset” e por ultimo “reboot system now” agora seu Milestone 2 vai funcionar normalmente.

Se o boot travar verifique os procedimentos do THIAGO, ou siga os passos:

ligue novamente porém segurando o botão “Power” (o botão de ligar) e a “seta para cima” do teclado, a tela vai ficar toda preta aí basta soltar que você estará na tela de bootload.

====================

SE VOCÊ pretende fazer DOWNGRADE (instalar o FROYO 2.2 oficial da Morotola no seu milestone 2 após instalar o gingerbread ou está tendo problemas após atualizar sue motorola milestone 2 basta acessar este link -> http://www.appunix.com.br/howto/linux/google-android/como-restaurar-meu-milestone-2-procedimentos-para-corrigir-ou-aplicar-osreload-de-rom-original-do-motorola-m2/)

====================

Abraços galeraaaaaaaaa!

 

openSUSE 12.1 Beta Lançado

Standard

Confira a nota de lançamento do OpenSuse 12.1 beta pela DistroWatch:

Bryen Yunashko has announced the availability of the beta release of openSUSE 12.1: “The much-awaited beta release of openSUSE 12.1 is here. If you’ve been following us, you know this release was originally called Milestone 6. However, the release team and its testers agreed that this round of testing showed milestone 6 to be so stable and ready for general testing, they decided to call it beta. And that means that if you’ve been thinking about taking a pre-release of 12.1 for a spin before our final release in November, there’s no time like the present.” Read the short release announcement for more information and relevant links. Download (mirrors): openSUSE-KDE-LiveCD-Build0315-i686.iso (677MB, MD5, torrent), openSUSE-GNOME-LiveCD-Build0315-i686.iso (664MB, MD5, torrent), openSUSE-KDE-LiveCD-Build0315-x86_64.iso (690MB, MD5, torrent), openSUSE-GNOME-LiveCD-Build0315-x86_64.iso (677MB, MD5, torrent).

Fonte: http://distrowatch.com/6913

P5KPL-AM SE updates no lion 10.7.1 current ocorreram muito bem no hackintosh

Standard

Boa noite grandes mestres, só estamos postando esta informação extra para deixar o coração dos amantes de hackintosh mais tranquilizados.
Fizemos, neste instante todas as updates disponíveis pela apple na arquitetura 10.7.1 (current) em cima do seguinte hardware:

Cpu – 2160 (intel dual core),

2 gb de ram ddr 800,

VGA nvidia 8500gt,

P5KPL-AM SE (placa-mãe).

O máximo de erro que você poderá encontrar (após reboot) é o do print a seguir:

erro no hack

erro no hack

Basta apenas reiniciar seu hackintosh e o problema será sanado (provavelmente permissões).

Se você usa hackintosh pode fazer todas as updates possíveis até o dia 20/09/2011, tudo filé.

Qualquer dúvida ou sugestão reportem-nos.

 

Abraços.

Lançado FreeBSD 9.0-BETA2

Standard

Ken Smith has announced the availability of the second beta of FreeBSD 9.0, more than a month later than planned: “The second beta build of the 9.0-RELEASE release cycle is now available. Note: the location of the FTP install tree and ISOs have changed slightly. What we used for BETA2 reflects a directory structure that would let us fully utilize building and distributing a wider variety of architectures. The new layout does add some extra complexity, so we’re actively discussing whether or not to change the layout from previous releases, and if we do change it whether or not to change it this much. What’s there now can be viewed as an almost ‘worst-case’ scenario. It’s entirely possible we’ll back off and revert to the old layout despite that layout potentially limiting.” There is much more information in the release announcement, including notes on what to test. Download links for the i386 and amd64 ISO images: FreeBSD-9.0-BETA2-i386-dvd1.iso (498MB, SHA256), FreeBSD-9.0-BETA2-amd64-dvd1.iso (607MB, SHA256).

Fonte: http://distrowatch.com/6875

 

Como instalar Adobe Air mais recente + TweetDeck no Mac Os X Lion

Standard

É bem verdade que com os recursos do Flex dá para ser feito um monte de coisas bacanas. Muitos já devem conhecer a ferramenta TweetDeck (a qual já até citamos em outro post, porém para Android, caso queira companhar basta clicar no top 2011 aplicativos para android). Neste post iremos mostrar como instalar de forma ultra blaster simples o Adobe Air e em seguida como instalar o TweetDeck. Os passos são simples e foram feitos literalmente em um sistema operacional Mac Os X Lion.

Como instalar Adobe Air no Mac Os X?

Vamos lá!

Primeiro passo que devemos fazer é acessar o site da adobe para baixar o pacote oficial direto do site. Usamos uma simples tática, entrando no site da Google e colocando Download Adobe Air. O Site em si, assim que clicado pela url fornecida ao google já checa os cabeçalhos e de cara lhe redireciona para o Link de download para Osx, ou seja, arquivo de download vem no formato DMG.

Se você quiser o Link que usamos (talvez, daqui alguns dias, com os próximos releases este já poderá não estar mais acessível. Caso ainda assim queira:

http://get.adobe.com/br/air/thankyou/?installer=Adobe_AIR_2.7.1_for_MacOS_X

buscando pela google o adobe air

buscando pela google o adobe air

Veja que estamos mostrando literalmente como fizemos via texto ou por imagem (há quem afirme que uma imagem fala mais que mil palavras 😛 ).

Acessando o download na Adobe

Acessando o download na Adobe

Perceba que clicando no link da adobe de download ele cai na página acima. Quando clicamos em download o redirecionamento vai para o link que citamos que pode perder sua validade (ele se basea no versionamento e não no nome canonical de download adobe air for mac, por exemplo).

Salvando o formato DMG no disco

Salvando o formato DMG no disco

Esta parte já começa a fircar interessante. Como podem perceber estamos baixando o Adobe Air em formato DMG para o disco.

Confirmando a execução do adobe air install

Confirmando a execução do adobe air install

Agora iremos confirmar a instalação do Adobe Air.

Confirmando a instalação do adobe air

Confirmando a instalação do adobe air

Devemos dizer que iremos abrir o arquivo baixado.

Ideal mesmo é que abramos a pasta aonde ele foi salvo no download e cliquemos em cima do arquivo dmg para rodar logo o instalador.

Abrindo o dmg do adobe air install

Abrindo o dmg do adobe air install

Veja que ao abrir o dmg ele mostra literalmente o instalador do adobe air, devemos prosseguir clicando duas vezes sobre este arquivo vermelhinho para o instalador começar a rodar.

Confirmando a execução do arquivo web adobe air install

Confirmando a execução do arquivo web adobe air install

Confirmando a execução iremos para a tela a seguir:

Confirmar instalação do adobe air

Confirmar instalação do adobe air

Veja que no meu caso havia uma versão bem ultrapassada do adobe air instalada, nesta hora ele pede confirmação para ATUALIZAR, se este for seu caso, basta seguir, do contrário, se não havia adobe air ele sugere instalar. No passo da aceitação ele segue literalmente padronizado, dizendo instalar ou atualizar o resto é idêntico. Devemos confirmar aceitando a instalação/atualização.

Autorize a instalação com seu login e senha mestra

Autorize a instalação com seu login e senha mestra

Autorizando com nosso usuário e senha iremos prosseguir com a instalação.

Progresso da instalação do adobe air no mac os x lion

Progresso da instalação do adobe air no mac os x lion

Veja acima o progresso da instalação ocorrendo tranquilamente.

Finalizando a instalação do adobe air

Finalizando a instalação do adobe air

Agora finalizamos a instalação do adobe air.

Como instalar o TweetDeck?

Vamos lá!

Buscando o TweetDeck

Buscando o TweetDeck

Agora iremos instalar o TweetDeck de forma tranquila.

A forma mais eficaz é fazer igual fizemos acima. Acessando o GOOGLE e escrevendo TweetDeck automaticamente temos o site oficial.

Caso queira acessar direto não perca tempo :P, clique aqui -> http://www.tweetdeck.com/desktop/

Se clicar no link acima já caímos na parte que nos interessa, do contrário acessaremos o site do tweetdeck e teremos de clicar em desktop, veja as 2 fotos:

Site Oficial do TweetDeck

Site Oficial do TweetDeck

TweetDeck para Desktop

TweetDeck para Desktop

Veja que o tweetdeck é uma ferramenta oficial do Twitter, por isso tranquilizesse quanto ao seu uso. (milhares de users aprovam 😛 )
Clicando no link de download do site iremos instalar tranquilamente o TweetDeck, veja a imagem abaixo:

Clique em Download NOW

Clique em Download NOW

Clicando em Download now ele automaticamente utiliza recursos do adobe air instalado em seu desktop. Assim que chamamos clicando ele automaticamente prepara o download e instalação, veja:

Preparando a instalação do TweetDeck 2011

Preparando a instalação do TweetDeck 2011

Vamos dando prosseguimento:

Instalando o TweetDeck confirmando

Instalando o TweetDeck confirmando

Agora iremos prosseguir novamente. Confirme a instalação avançando mais esta etapa acima.

Progresso do TweetDeck

Progresso do TweetDeck

Os passos acima confirmam o download do tweetdeck via adobe air. Agora iremos finalizar a instalação do mesmo seguindo as imagens abaixo:

Confirmando instalação no disco

Confirmando instalação no disco

Vamos encerrar isso ou não? Veja os passos abaixo:

Concluindo a instalação do tweetdeck

Concluindo a instalação do tweetdeck

Pronto. Assim que concluir ele já vai pedir para autorizar o Tweetdeck pois foi baixado da internet (confirme imagem abaixo):

devemos abrir o tweetdeck

devemos abrir o tweetdeck

 

Pronto.

Veja aonde o danado fica no menu:

menu com tweetdeck (aplicativos)

menu com tweetdeck (aplicativos)

Gostou? Salvou seu dia? Então comente este artigo!

Achou massa? Compartilhe!

Se não gostou também critique.

Atenciosamente

4PPUN1X (l4b m41s p1r4d0 de T1).

Liberado: Lion 10.7.1 UPDATE oficial Apple

Standard

Para a felicidade geral dos early users a Apple acaba de liberar o 10.7.1. O update já está disponível via Software update para os usuários do Lion e possui uma versão especial para os Mac mini e MacBooks Air modelos 2011.

Vejam as mudanças trazidas pela atualização:

The OS X Lion v10.7.1 Update is recommended for all users running OS X Lion and includes general operating system fixes that enhance the stability and compatibility of your Mac, including fixes that:

Address an issue that may cause the system to become unresponsive when playing a video in Safari.
Resolve an issue that may cause system audio to stop working when using HDMI or optical audio out.
Improve the reliability of Wi-Fi connections.
Resolve an issue that prevents transfer of your data, settings, and compatible applications to a new Mac running OS X Lion.
Resolve an issue in which an admin user account could be missing after upgrading to OS X Lion.

Serviço:

Link para download da versão Client: OS X Lion Update 10.7.1 (Client)
Link para download da versão Client para Mac mini 2011 e Macbook Air 2011: OS X Lion 10.7.1 Update for MacBook Air and Mac mini 2011 (Client)
Link para download da versão server: OS X Lion Update 10.7.1 (Server)

 

Fonte 100% copiada de: http://www.applespotlight.com.br/2011/08/16/10-7-1/

Redsn0w 0.9.8b5 Lançado para Jailbreak no iOS 5 Beta 5

Standard

A equipe de desenvolvimento do Redsn0w lançou recentemente uma versão, a Redsn0w 0.9.8b5, sendo a mesma prontinha para uso no iOS 5 Beta 5.

Para baixar as versões Mac os X e Windows basta clicar nos links abaixo:

https://sites.google.com/a/iphone-dev.com/files/home/redsn0w_mac_0.9.8b5.zip?attredirects=0&d=1

https://sites.google.com/a/iphone-dev.com/files/home/redsn0w_win_0.9.8b5.zip?attredirects=0&d=1

Com isto você estará apto a fazer jailbreak no seu idevice que use versão 5 beta do ios. 😉

ENJOY!

Ubuntu 11.10 Alpha 3

Standard

Ubuntu Kate Stewart has announced the availability of the third alpha release of Ubuntu 11.10, code name “Oneiric Ocelot”. This release comes with the new Linux kernel 3.0, while Lubuntu (an Ubuntu variant featuring the LXDE desktop) becomes an official member of the Ubuntu family. From the release notes: “Alpha 3 includes the 3.0.0-7.9 Ubuntu kernel which is based on the mainline 3.0 kernel. Some of the most notable changes between the alpha 2 and alpha 3 release with respect to the kernel include: adopted a 3 digit kernel version, e.g. 3.0.0-x.y; re-base to upstream 3.0 final kernel; enable Overlayfs; enable Realtek RTL8192CU and RTL8188CU WiFi driver; enable support for rt53xx wireless chipset family….” See also the release announcement. Download (SHA256): oneiric-desktop-i386.iso (712MB, torrent), oneiric-desktop-amd64.iso (709MB, torrent). Also made available today were 11.10 alpha 3 releases for Kubuntu (download, release notes), Edubuntu (download), Lubuntu (download) and Mythbuntu (download).

 

Fonte: http://distrowatch.com/6824

Teclado ABNT2 Mac OS X | Hackintosh Tiger | Leopard | Snow Leopard | Lion | Mountain Lion

Standard

E ai galera tudo na santa paz divina?
Hoje venho publicar sobre um asunto que está até meu batido mas que certeza ainda gera dúvidas para algumas pessoas; ABNT2, a cada nova versão do Mac OS surge essas dúvida…
Já expliquei em um artigo rápido que postei aqui no BLOG sobre teclado ABNT2 no Mac OS X Leopard e Snow Leopard http://www.appunix.com.br/howto/mac-os/teclado-abnt2-on-mac-os-x-hackintosh-snow-leopad/
Agora ficou um pouco mais fácil galera…. desenvolvi um pacote .pkg com todos os pacotes necessários e o mesmo pode ser usado tanto no Leopard, Snow Leopard e tbm no novíssimo
Lion… é bem Simples…
Primeiro baixe-o Aqui

Agora é só executa-lo no estilo WIndow$ (Next, Next, Next, Finish) Isso mesmo galera simples assim… Seguem alguns screenshots

1ª Tela, Bem vindos…. clique em Continuar

ABNT2_2

2ª Tela, Informação Importante…. clique em Continuar

ABNT2_3

3ª Tela, Licença de Uso… clique novamente em Continuar

ABNT2_4

4ª Tela, Concorde com a Licença… clique em Concordar

ABNT2_5

5ª Tela, se confia plenamente no desenvolvedor do pacote e deseja instalar clique em Instalar ou então clique em Personalizar para saber o conteúdo que irá instalar

Tela do botão Personalizar

ABNT2_7

6ª Tela, após clicar em Instalar será solicitada sua senha

ABNT2_8

7ª Tela, um alerta será emitido… siga como solicitado, clique em Continuar a Instalação

ABNT2_9

8ª Tela, Sucesso na Instlação do Pacote

ABNT2_10

Ao se clicar em Finalizar Se seu Mac fará Logout, ai basta logar-se (caso seu Mac | Hack possua senha) Agora vá no Menu Preferências do Sistema
ABNT2_11

No Menu mais ao alto da tela entre em Idioma e Texto
ABNT2_12

Na tela que se segue clique em Leiautes de Teclado
ABNT2_13

Agora na lista que temos do lado esquerdo procure e marque como na imagem abaixo  Brasileiro ABNT2
ABNT2_14

Volte até sua Mesa e no canto usperior perto do relógio vejam que está como padrão ( em meu caso EUA Internacional – PC, pois assim o escolhi no momento da instalação do meu Lion)
ABNT2_15

Marque o Layout Brasileiro ABNT2 ficando assim sua barra superior
ABNT2_16

Corra para abraço… agora você já tem um Mac/Hackintosh falando a língua Tupiniquim de acordo com o padrão ABNT2

Mapeamento das Teclas
Teclas mapeadas de acordo com o layout mostrado na Wikipedia:

Normal

‘  1  2  3  4  5  6  7  8  9  0  –  =
q  w  e  r  t  y  u  i  o  p  á  [
a  s  d  f  g  h  j  k  l  ç  ã  ]
  z  x  c  v  b  n  m  ,  .  ;  /

Shift

“  !  @  #  $  %  ä  &  *  (  )  _  +
Q  W  E  R  T  Y  U  I  O  P  À  {
A  S  D  F  G  H  J  K  L  Ç    }
|  Z  X  C  V  B  N  M  <  >  :  ?

AltGr

¬  ¹  ²  ³  £  ¢  ¬  {  [  ]  }    §
/  ?  €  ®  ŧ  ←  ↓  →  ø  þ  ´  ª
æ  ß  ð  đ  ŋ  ħ     ĸ  ł  á  ~  º
º  «  »  ©  “  ”     µ  ─  ·  ạ  °

AltGr + Shift

¬  ¡  ½  ¾  ¼  ⅜  ¨  ⅞  ™  ±  °  ¿  ą
/  ?  €  ®  Ŧ  ¥  ↑  ı  Ø  Þ  `  ā
Æ  §  Р ª  Ŋ  Ħ     &  Ł  ő  ^  º
ă    ©  `  ‘     µ  ×  ÷  ȧ  ¿

 

Espero ter ajudado amigos leitores…. no que tiver dúvidas é só postar um comentário e será respondido o mais rapidamente possível…. Só pra constar pessoal esse how to foi sobre um Hackintosh rodando a versão final do Mac OS X Lion, em um das configurações que indico nesse post Aqui…. Façam bom uso….

Gostou? Comente, complemente e espalhe!

Ubuntu 11.10 Alpha 2 Lançado

Standard

Ubuntu Kate Stewart has announced the availability of the second alpha release of Ubuntu 11.10, code name “Oneiric Ocelot”: “Welcome to Oneiric Ocelot alpha 2, which will in time become Ubuntu 11.10. Alpha 2 is the second in a series of milestone images that will be released throughout the Oneiric development cycle. New packages showing up for the first time include: Linux Kernel 3.0-rc5, GCC 4.6.1 compiler, Firefox 5.0, Thunderbird 5.0, a Mesa 7.11 snapshot. Alpha 2 ships GNOME 3.0, with some parts already upgraded to the 3.1.2 alpha releases. Unity, the theme, and Ayatana scrollbars were updated for GTK+/GNOME 3. See the release announcement and release notes for full details about this alpha build. Download (SHA256): oneiric-desktop-i386.iso (714MB, torrent), oneiric-desktop-amd64.iso (709MB, torrent). Xubuntu 11.10 alpha 2 (download) and Edubuntu 11.10 alpha 2 (download) can be obtained from usual locations, but Kubuntu 11.10 alpha 2 images will not be available.
Fonte: http://distrowatch.com/6771

Centos 6.0 Lançado e Pronto para DOWNLOAD

Standard

CentOS CentOS 6.0, a Linux distribution built from source RPM packages for Red Hat Enterprise Linux 6.0, has been released: “We are pleased to announce the immediate availability of CentOS 6.0 for i386 and x86_64 architectures. CentOS 6.0 is based on the upstream release EL 6.0 and includes packages from all variants. All upstream repositories have been combined into one, to make it easier for end users to work with. There are no CD images being released with CentOS 6, however we have some CD variants in the pipeline. Since upstream has a 6.1 version already released, we will be using a Continuous Release repository for 6.0 to bring all 6.1 and post 6.1 security updates to all 6.0 users, till such time as CentOS 6.1 is released. Read the release announcement and release notes for detailed information and upgrade instructions. Download (mirror list): CentOS-6.0-i386-bin-DVD.iso (4,487MB, SHA256, torrent), CentOS-6.0-x86_64-bin-DVD1.iso (4,042MB, SHA256, torrent).

 

Fonte: http://distrowatch.com/6775

Ubuntu Oneiric Ocelot Lançado! 11.10

Standard

A Canonical sempre disponbiliza alguma versão prévia (bem “verde”) para que a comunidade possa reportar bugs e acompanhar as evoluções até que esteja (a Distribuição Ubuntu) bem estável. O Ubuntu usa toda a engine do Debian Instable e já detém uma grande fatia do mercado Gnu/Linux no mundo inteiro. O Kernel disponível neste recente release é o 2.6.39. Sabemos que a interface Unity não tem sido aceita por unanimidade pela comunidade usuária do Ubuntu Linux, mas já tem alcançado grande amadurecimento e torcemos para que o Unity se torne uma paixão em termos de ambiente X. Temos tutoriais que explanam com clareza avaliações do Ubuntu com Unity. Perceba que o problema com brilho no Ubuntu pode persistir, para isto acesse o link abaixo:

http://www.appunix.com.br/howto/linux/resolvendo-problema-de-brilho-ubuntu-10-04-10-10-11-04-e-linux-mint-9-e-10-julia/
As notas de lançamento são:

Oneiric Ocelot Alpha 1 Released

Kate Stewart kate.stewart at ubuntu.com
Thu Jun 2 19:44:01 UTC 2011


"Ocelot, ocelot, where are you now?
 Won't you come out to play?" - phish

Our Oneiric Ocelot (Ubuntu 11.10 Alpha 1) is poking its young head out
of the den, and looking for some developers and testers to play with.

Pre-releases of Oneiric Ocelot are *not* encouraged for anyone needing a
stable system or anyone who is not comfortable running into occasional,
even frequent breakage.  They are, however, recommended for Ubuntu
developers and those who want to help in testing, reporting, and fixing
bugs.

Alpha 1 is the first in a series of milestone CD images that will be
released throughout the Oneiric development cycle.  The Alpha images
are known to be reasonably free of showstopper CD build or installer
bugs, while representing a very recent snapshot of Oneiric.  You can
download them here:

   http://cdimage.ubuntu.com/releases/oneiric/alpha-1/
   (Ubuntu Desktop, Server, ARM)

Additional images are also available at:

   http://uec-images.ubuntu.com/releases/oneiric/alpha-1/ (Ubuntu
   Server Cloud and EC2)
   http://cdimage.ubuntu.com/kubuntu/releases/oneiric/alpha-1/
   (Kubuntu)
   http://cdimage.ubuntu.com/xubuntu/releases/oneiric/alpha-1/
   (Xubuntu)
   http://cdimage.ubuntu.com/edubuntu/releases/oneiric/alpha-1/
   (Edubuntu)

Alpha 1 includes a number of software updates that are ready for wider
testing.  This is quite an early set of images, so you should expect
some bugs.  For a more detailed description of the changes in the Alpha
1 release and the known bugs (which can save you the effort of reporting
a duplicate bug, or help you find proven workarounds), please see:

  http://www.ubuntu.com/testing/

If you're interested in following the changes as we further develop
Oneiric, we suggest that you subscribe initially to the
ubuntu-devel-announce list. This is a low-traffic list (a few posts a
week) carrying announcements of approved specifications, policy changes,
alpha releases, and other interesting events.

  http://lists.ubuntu.com/mailman/listinfo/ubuntu-devel-announce

Enjoy,

--
Kate Stewart, on behalf of the Ubuntu release team

Quer baixar?
Download (SHA256): oneiric-desktop-i386.iso (714MB, torrent), oneiric-desktop-amd64.iso (715MB, torrent). Alpha 1 images are also available for Kubuntu (download), Xubuntu (download) and Edubuntu (download).

Opensuse 12.1 Lançado!

Standard

A distribuição Open Source mantida pela Novell + Comunidade, o Opensuse anunciou recentemente o lançamento da versão 12.1. O OpenSuse é uma versão grátis para quem deseja conhecer este sistema operacional e em seguida aventurar-se pelo mundo Suse Enterprise.

Um dos pontos mais fortes desse release é um update de 800 pacotes em relação  sua versão anterior. Muito foi feito e abaixo detalharemos mais sobre as notas de anúncio:

Milestone 1, the first step towards the upcoming openSUSE 12.1 release, is now available. It is the first milestone, hence far from stable, but the images are now finally building, so we have a good starting point for further development.

Many updates, systemd still optional

With over 800 updates, including minor and major updates, the current milestone is ready for some serious testing. This iteration already sees some major upgrades taking place, with the kernel moving on to 2.6.39 and GNOME to 3.0. In addition we have popular GNOME applications like Evolution, Eye of GNOME and others all synchronized, and KDE’s Plasma Desktop coming along nicely with a minor version upgrade to 4.6.3. You will also find upgrades to GCC, glibc, Perl, Python, and the RPM package manager. Much work has also been put into the much-lauded systemd which has now been upgraded to version 26.

You can read some info on the progress in this recent blog on progress in Factory by Andreas Jaeger.

Helping out easier than ever!

As expected from a development release, there is still a lot of work to do, so your input at this early stage will be a huge help in making the final release into the beautifully polished work that we aim for. openSUSE 12.1 Milestone 1 has a list of most annoying bugs here, please add issues you find and help fix them. As Will Stephenson recently blogged, fixing an issue is a matter of BURPing on build.opensuse.org! Find a how-to here.

So run, don’t crawl, to your nearest downloader and see for yourself what the next version of openSUSE has in store for you at our download center.

 

A lot of things are happening in our Factory distribution that will be released in November 2011 as openSUSE 12.1 and I’d like to point out a few things from the last few weeks that users and developers of factory shouldn’t miss.

Roadmap openSUSE 12.1

Stephan “Coolo” Kulow has updated the openSUSE 12.1 Roadmap, the next milestone is Milestone 1 which is delayed and targeted now for release on Tuesday, 30th May. The next paragraphs highlight some of the updates for this versions.

GCC 4.6

The GNU Compiler Collection has been updated to version 4.6, the list of  changes includes the following new warning that will be visible while compiling packages for openSUSE Factory:

  • “New -Wunused-but-set-variable and -Wunused-but-set-parameter warnings were added for C, C++, Objective-C and Objective-C++. These warnings diagnose variables respective parameters which are only set in the code and never otherwise used. Usually such variables are useless and often even the value assigned to them is computed needlessly, sometimes expensively. The -Wunused-but-set-variable warning is enabled by default by -Wall flag and -Wunused-but-set-parameter by -Wall -Wextra flags.”

Some packages have been failing by the new GCC due to new warnings and new optimizations and most have been fixed already but please double check that your packages are building and running fine.

RPM 4.9

Michael Schröder announced RPM 4.9 for Factory. He explains the main packager visible changes as:

“Besides some bug fixes and an update to a newer BerkeleyDB
library rpm-4.9.0 contains plugin architecture for dependency
generation. In older rpms, the internal dependency generator
was pretty much hardcoded in C, so we always used the old
external one to generate dependencies. With rpm-4.9.0, the
internal generator has become flexible enough so that we
can use it.

This means for you, that rpm will no longer use the %__find_provides and %__find_requires macros. Some packages redefined those macros to be able to filter the generated dependencies.
This will no longer work in rpm-4.9.0. Instead, support for
dependency filtering was added to rpm…”

GNOME 3

GNOME 3 has now hit Factory as well and Vincent Untz explained how to fix failures due to the large push.

Linux Kernel 2.6.39

This update was a “boring” update – nothing broke AFAIK ;) , so I hope it’s a solid version. Users will benefit from the new features in it. 2.6.39 is the first kernel without the Big Kernel Lock at all!

Packaging Changes

Besides new software, also new ways of handling it get introduced. The following catched my eyes:

Rpmlint update

Ludwig Nussel updated rpmlint to version 1.2 and explained the new warnings about packaging of rpm packages – and what to do about them.

Changing the process of Factory submissions with the Open Build Service

Now with every submission to Factory scripts are run automatically that do two different reviews before the package goes to human check-in review:

  • The “legal-auto” review checks the updated package for changes in licenses.
  • The “factory-auto” review checks that the updated package builds actually in the devel project – and if not, rejects it.

The “legal-auto” review has quite a long backlog at the moment and Jürgen is working on moving some of the checks to rpmlint or osc checks – so that the packager notices and fixes them before submission to Factory.

Also, you can now submit packages to Factory even if you are not the maintainer of the package but in this case the maintainer (packager) gets a review request to review that the package really can go to factory and thus a plea to packagers to handle their review requests.

openSUSE Conference

The openSUSE Conference is this year co-located with the SUSE Labs conference. Join us to present and discuss also Factory related topics. The Call for papers is open now!

I’m interested on feedback on this article – should I start a series?

You can skip to the end and leave a response. Pinging is currently not allowed.

 

Para baixar o OpenSuse você pode acessar por meio de:

Download (mirrors): openSUSE-KDE-LiveCD-Build0032-i686.iso (695MB, MD5, torrent), openSUSE-GNOME-LiveCD-Build0032-i686.iso (695MB, MD5, torrent), openSUSE-KDE-LiveCD-Build0032-x86_64.iso (687MB, MD5, torrent), openSUSE-GNOME-LiveCD-Build0032-x86_64.iso (693MB, MD5, torrent).

Lançado Mandriva 2011 Beta 3

Standard

Foi lançado recentemente o Beta 3 do Mandriva Linux. Para conferir de perto as notas de lançamento veja:

Mandriva 2011 beta3

Hi folks,

as was previously announced in cooker mailing list, Mandriva and Rosa teams has decided that additional time would be needed to finish the stabilization of Mandriva 2011 and Rosa 2011 desktop editions. Therefore, as was promised last week on cooker mailing list, I am gladly presenting to you Mandriva 2011 beta3 version, which should be available on your favorite mirror shortly.

Among the highlights of this release, the following items are present:

  • – from now on, the image contains non-free software for improved desktop experience, such as dkms drivers and non-free firmware for improved out-of-the-box functionality of peripheral devices
  • – new UI theme for widgets, KDM and KDE environment, developed by ROSA Labs, is provided by default
  • – new features in system panel (rosapanel), stack folders and system start menu (SimpleWelcome, also known as ROSA Starter),
  • – new TimeFrame feature, powered by nepomuk technology, which provides semantic desktop capabilities to the initial menu, allowing you to easily browse your files by date
  • – new dolphin file browsing interface
  • – a mass-rebuilding procedure was carried out to improve the system stability for supported packages
  • – and, of course, lots of bugfixes and package updates

Se você já quer baixar o mesmo:

32 bits-> http://ftp.lip6.fr/pub/linux/distributions/Mandrakelinux/devel/iso/2011/Mandriva.2011-beta3.i586.iso

64 bits-> http://ftp.free.fr/mirrors/ftp.mandriva.com/MandrivaLinux/devel/iso/2011/Mandriva.2011-beta3.x86_64.iso

 

Firefox 5 no forno da Mozilla

Standard

Ao que parece o bugtrack da Mozilla está fervendo em relação ao Firefox 5. A intensa trabalheira em cima da próxima versão com muitas mudanças dá-se pelo fato do Firefox 5 ser muito potente em relação a animações usando CSS e total compatibilidade com os padrões web e html 5 em sua totalidade.

Para dar uma olhada no que anda sendo feito junto a mozilla acesse:

http://www.mozilla.com/en-US/firefox/5.0beta/releasenotes/buglist.html

Se você é um daqueles caras que enlouquecem só de pensar em não poder usar a versão até que ela seja lançada em stable, não tem problema, baixe o Firefox 5 aqui:

http://www.mozilla.com/en-US/firefox/channel/

Centos 5.6 Lançado e pronto para download

Standard

Foi lançado ainda ontem (08/04/2011) a nova versão do CentOs (um remaster perfeito do Red Hat Enterprise Linux). Para os amantes desta distribuição uma coisa importante a se considerar, as notas de lançamento! Veja as principais mudanças publicadas:

http://wiki.centos.org/Manuals/ReleaseNotes/CentOS5.6

A nota de lançamento ocorreu no maillist oficial, veja:

We are pleased to announce the immediate availability of CentOS-5.6 for
i386 and x86_64 Architectures.

CentOS-5.6 is based on the upstream release EL 5.6 and includes
packages from all variants including Server and Client. All upstream
repositories have been combined into one, to make it easier for end
users to work with.

This is just an announcement email, not the release notes. The Release
Notes for CentOS-5.6 can be found on-line at :
http://wiki.centos.org/Manuals/ReleaseNotes/CentOS5.6 and everyone is
encouraged to look through them once. Also worth browsing through are
the CentOS FAQs at http://wiki.centos.org/FAQ

+++++++++++++++++++++++
Upgrading from CentOS-5.5 ( or CentOS-5.0 / 5.1 / 5.2 / 5.3 / 5.5 ):

If you are already running CentOS-5.5 or an older CentOS-5 distro, all
you need to do is update your machine via yum by running :

'yum update'

Running 'yum list updates' before doing the update is recommended, so
you can get a list of packages that are going to be updated. To check
you are indeed on CentOS-5.6, run : 'rpm -q centos-release' and that
should return: 'centos-release-5-6.el5.centos.1'

+++++++++++++++++++++++
Live-CD:

The LiveCDs are meant to be used to run a CentOS 5.6 environment. The
LiveCDs are setup in a way so as to allow running from either optical
media like cds and dvds or from USB keys and other portable media.
Release Notes for the CentOS-5.6 LiveCD can be found at :
http://wiki.centos.org/Manuals/ReleaseNotes/CentOSLiveCD5.6

+++++++++++++++++++++++
Downloading CentOS-5.6 for new installs:

When possible, consider using torrents to run the downloads. Not only
does it help the community and keeps mirrors from running up high
bandwidth bills, in most cases you will find its also the fastest means
to download the distro. There are currently over three hundred people
seeding CentOS-5 and it's possible to get upto 100mbps downloads via
these torrents.

-- Via BitTorrent :
       CD:
http://mirror.centos.org/centos/5.6/isos/i386/CentOS-5.6-i386-bin-1to7.torrent
http://mirror.centos.org/centos/5.6/isos/x86_64/CentOS-5.6-x86_64-bin-1to8.torrent

       DVD:
http://mirror.centos.org/centos/5.6/isos/i386/CentOS-5.6-i386-bin-DVD.torrent
http://mirror.centos.org/centos/5.6/isos/x86_64/CentOS-5.6-x86_64-bin-DVD.torrent

       LiveCD:
http://mirror.centos.org/centos/5.6/isos/i386/CentOS-5.6-i386-LiveCD.torrent
http://mirror.centos.org/centos/5.6/isos/x86_64/CentOS-5.6-x86_64-LiveCD.torrent

md5sum's for these torrent files:

5933c19cd9483ce29b785955249ecd7c  CentOS-5.6-i386-bin-1to7.torrent
abb5949608423611e814a5d02325b6d2  CentOS-5.6-x86_64-bin-1to8.torrent

178a61311e7ee7ec2cd48a06cc84f80d  CentOS-5.6-i386-bin-DVD.torrent
01eb97a833faf9bdfdac239c59e1b1cf  CentOS-5.6-x86_64-bin-DVD.torrent

173948defd0661b0949c0c4badd050ff  CentOS-5.6-i386-LiveCD.torrent
dfc0ac767ba42e55b7e05c5922f30c51  CentOS-5.6-x86_64-LiveCD.torrent

Note: we had to redo the x86_64 DVD and CD torrent files, so ensure you
only use torrent files that match these published md5sum's

-- Via direct download:
Due to bandwidth considerations the CentOS Project does not publish ISOs
directly from our network machines. However direct downloads are
available from external mirrors over http, ftp and rsync. A geoip
based list is available at http://isoredirect.centos.org/centos/5/isos/
to give you the best predictable match ( and only lists mirrors that are
updated already, so you don't need to waste time looking for a sync'd
mirror )

Some mirrors also publish DVD images that can be downloaded directly.
Refer to the mirrors list page at http://www.centos.org/mirrors for more
details Mirrors that offer DVDs are clearly marked on the page.

+++++++++++++++++++++++
sha1sum for these ISOS:

i386:
90bede4d0fd898b5c707c1286090e104c7549e65  CentOS-5.6-i386-bin-1of7.iso
55d2e6715f20321f3133260e00626275a04ce135  CentOS-5.6-i386-bin-2of7.iso
e2456baf35f444d8ae31656e7879b7bcf6b5ad80  CentOS-5.6-i386-bin-3of7.iso
165531a4dec87215379732c0ab8caa5689bf6044  CentOS-5.6-i386-bin-4of7.iso
ee084789533a5db41e96d064af2dc071976a09c6  CentOS-5.6-i386-bin-5of7.iso
7669dabc486450315ccce87ab945e508252b02ca  CentOS-5.6-i386-bin-6of7.iso
ed9bf4539a68d7a86408e1cc56c37f68b1941df8  CentOS-5.6-i386-bin-7of7.iso
e44a55ef06293c3958a2b6aae3c3ce2d13580627  CentOS-5.6-i386-bin-DVD.iso
5ff43eb45051f804219d7e795b4f830dd2aa815c  CentOS-5.6-i386-netinstall.iso
bfa3146fecbe5dd6820f8261851baa4951b80cb6  CentOS-5.6-i386-LiveCD.iso

x86_64:
2b16a64a0b4d68a6b4263bffdbc5f99c3daf9070  CentOS-5.6-x86_64-bin-1of8.iso
d7e112eae4ee24538d41ec7955747526c71329ad  CentOS-5.6-x86_64-bin-2of8.iso
3c36e8d2b211455efb418f3b221395b39bbed9f4  CentOS-5.6-x86_64-bin-3of8.iso
68bfccf66bc0464ef4aded146320792ab22a2d3c  CentOS-5.6-x86_64-bin-4of8.iso
9287112b062f4c26de2cf65eddfba121e485c852  CentOS-5.6-x86_64-bin-5of8.iso
f8fed9a75ff845a0a2b77126099ae9af9c24f29e  CentOS-5.6-x86_64-bin-6of8.iso
0ccafbcfd28f71db18752d58ffe3b4efd97d6f0d  CentOS-5.6-x86_64-bin-7of8.iso
4061355f409cab0f6c9cc4b4c52e6f4edb41b0c8  CentOS-5.6-x86_64-bin-8of8.iso
99d97759316b0bec729fc85fcb4df33310d9eeb3  CentOS-5.6-x86_64-bin-DVD-1of2.iso
e28d90718d591c833d07d0b86f0d3d3486dc454c  CentOS-5.6-x86_64-bin-DVD-2of2.iso
6b8ff7f955ba9c0f86ab0a1d71aaee8e3b4c6976  CentOS-5.6-x86_64-netinstall.iso
1770511af5791256f9d87fb8f76bb02cd2bccd9c  CentOS-5.6-x86_64-LiveCD.iso

+++++++++++++++++++++++
md5sum for these ISOS:

i386:
53e824442449765ff6ff9e0306537bb9  CentOS-5.6-i386-bin-1of7.iso
c92b574c8d1f4da6d8d2cafe4eeac449  CentOS-5.6-i386-bin-2of7.iso
39ffba169ec63d9a3671f69448280c84  CentOS-5.6-i386-bin-3of7.iso
e98609d3d292a8167e2ce4e889691ff2  CentOS-5.6-i386-bin-4of7.iso
ecbfaca3dd610b3a9be6de908872450d  CentOS-5.6-i386-bin-5of7.iso
19ca4cbcf08aade0c9dd828f5dfd7f66  CentOS-5.6-i386-bin-6of7.iso
3e3a8a64e4a46b91f76f2b76ef46095c  CentOS-5.6-i386-bin-7of7.iso
181142a5845586579d5d4d96e43a4827  CentOS-5.6-i386-bin-DVD.iso
a710105f7f9fe3516f08f6f8514ed2b0  CentOS-5.6-i386-netinstall.iso
02f1199de0e5a982af53e65fd6d69b00  CentOS-5.6-i386-LiveCD.iso

x86_64:
6dce642fb9b9158f9ce18411127399e6  CentOS-5.6-x86_64-bin-1of8.iso
73b16680a9411f5397b289b419b34b03  CentOS-5.6-x86_64-bin-2of8.iso
b0fdc4f0098a648ea5fc27e26b2f1b26  CentOS-5.6-x86_64-bin-3of8.iso
f71c1c0c3ca2d19a6c48a938252b631d  CentOS-5.6-x86_64-bin-4of8.iso
09bb8351e4799c0c122d451c670359b3  CentOS-5.6-x86_64-bin-5of8.iso
c90a9de29c7c6708b396760007d0942e  CentOS-5.6-x86_64-bin-6of8.iso
0456cb515be6f3f2a0fa6e8be45d66b5  CentOS-5.6-x86_64-bin-7of8.iso
83c61f38fea4f22033dedc746c2bb67b  CentOS-5.6-x86_64-bin-8of8.iso
b37209879c0fb158fac25045527241ee  CentOS-5.6-x86_64-bin-DVD-1of2.iso
3eb277f8ca8d49cc8fcaf76d647169c4  CentOS-5.6-x86_64-bin-DVD-2of2.iso
02cf3a5e32aaa5eed27af775ad292beb  CentOS-5.6-x86_64-netinstall.iso
7449589dc0769d4e027832bfe3f6bfba  CentOS-5.6-x86_64-LiveCD.iso

+++++++++++++++++++++++
Pending Updates:

Since upstream released their 5.6 media, a series of updates have been
issued. These updates are currently syncing to the CentOS mirrors.

+++++++++++++++++++++++
Sources and Debuginfo packages:

srpms and debuginfo packages are still making their way to the CentOS
mirrors and should be online by the 13th April 2011.

+++++++++++++++++++++++
Getting Help:

The best place to start when looking for help with CentOS is at the wiki
( http://wiki.centos.org/GettingHelp ) which lists various options and
communities who might be able to help. If you think there is a bug in
the system, do report it at http://bugs.centos.org/ - but keep in mind
that the bugs system is *not* a support mechanism.

Some Friendly URLs :
      http://www.centos.org/
      http://wiki.centos.org/
      http://lists.centos.org/
      http://bugs.centos.org/
      irc://#centos@irc.freenode.net

+++++++++++++++++++++++
A big thanks to everyone who contributed towards this release, including
  the translation teams, the qa team, the artwork team, the CentOS
Developers and all the users out there. And a special shout out to all
the donors who have contributed machines, bandwidth and infrastructure
towards the CentOS Project. They make this possible.

Enjoy!

--
Karanbir Singh
The CentOS Project
irc: z00dax, #centos at irc.freenode.net

Nas notas de lançamento já estão disponíveis links para downloads!

Apreciem sem moderação!
:P