Error from park wrapper: Using nameservers with the following IPs: … Tentando adicionar domínios parkeados (estacionados)

Standard

Para cpanel pt_br, o rvskin mostra esta mensagem:

 

Error from park wrapper: Usando Servidor de Nomes com os seguintes IPs: IP_DO_DNS1,IP_DO_DNS2 Sorry, the domain is already pointed to an IP address that does not appear to use DNS servers as sociated with this server. Please transfer the domain to this servers nameservers or have your administrator add one of its nameservers to /etc/ips.remotedns and make the proper A entries on that remote nameserver.

Naaaaaaaaaaaaaada de Pânico, sanar essa parada é fácil.

Abra o whm como root e em TWEAK SETTINGS clique em DOMAINS e deixe ON a opção:

Allow Remote Domains

Depois disso você vai enviar uma caixa de bis para mim ;).

DOMAIN CONFLICT: owned by – the copy failed! Account Restore Failed… Restore failed.

Standard

Para resolver este problema em seu Cpanel/WHM não é tão difícil assim.
Um dos fatores principais deste erro sem dúvidas é alguma zona de DNS que o domínio que você tentou restaurar o backup ainda existe.
Para descobrir isso procure na área de DNS (DNS Functions) a opção Delete a DNS zone.
Coloque o nome do domínio que você queria restaurar os backups.
Em seguida delete a zona de DNS confirmando.
O problema deverá estar sanado.

Ispconfig 2: how to create a park domain – como deixar um domínio acessar o conteúdo do outro como park no ispconfig

Standard

Uma das coisas mais interessantes no IspConfig é sua capacidade de permitir customizações em tudo que você possa imaginar. Aproveitando esta “boquinha” vamos fazer algo diferente.
Parkear domínios no Parallels Plesk e no Whm/CPanel é coisa fácil, pois tudo é automatizado, mas isto não quer dizer que o bom e velho vim (ou qualquer OUTRO EDITOR) não entre em ação.

Para isto, precisamos logar-nos como root no servidor aonde iremos parkear domínios, e devemos (antes de mais nada) fazer backup do arquivo de configuração do apache, sendo assim use o comando:

cp -rp /etc/httpd/conf/httpd.conf /root/httpd.conf.OLD


Temos então um arquivo garantido para que, em qualquer eventualidade sirva para consulta ou possivelmente correção do arquivo mais recente.

Entremos no arquivo de configuração:

vim /etc/httpd/conf/httpd.conf

Vá para o final do arquivo e localize exatamente este trecho:


Options ExecCGI -Indexes
AllowOverride None
AllowOverride Indexes AuthConfig Limit FileInfo
Order allow,deny
Allow from all

Deny from all

Feito isto, o que devemos fazer é simples.
Sabendo-se que o ISPConfig lê um outro arquivo com os vhosts dos usuários web, devemos antecipar nossa configuração de maneira que a linha do ispconfig fique abaixo do nosso vhost.

Acima da linha com a informação:

Include /etc/httpd/conf/vhosts/Vhosts_ispconfig.conf

Devemos fazer algo assim:

ServerName www.nomedodominioparkeado.com:80
ServerAdmin webmaster@dominiodestino.com.br
DocumentRoot /var/www/web100/web
ServerAlias dominiodestino.com.br
DirectoryIndex index.html index.htm index.php index.php5 index.php4 index.php3 index.shtml index.cgi index.pl index.jsp Default.htm default.htm
Alias /cgi-bin/ /var/www/web100/cgi-bin/
AddHandler cgi-script .cgi
AddHandler cgi-script .pl
ErrorLog /var/www/web100/log/error.log
AddType application/x-httpd-php .php .php3 .php4 .php5
php_admin_flag safe_mode On
AddType text/html .shtml
AddOutputFilter INCLUDES .shtml
Alias /stats “/var/www/web100/web/webalizer”
Alias /error/ “/var/www/web100/web/error/”
ErrorDocument 400 /error/invalidSyntax.html
ErrorDocument 401 /error/authorizationRequired.html
ErrorDocument 403 /error/forbidden.html
ErrorDocument 404 /error/fileNotFound.html
ErrorDocument 405 /error/methodNotAllowed.html
ErrorDocument 500 /error/internalServerError.html
ErrorDocument 503 /error/overloaded.html
AliasMatch ^/~([^/]+)(/(.*))? /var/www/web100/user/$1/web/$3
AliasMatch ^/users/([^/]+)(/(.*))? /var/www/web100/user/$1/web/$3

RewriteEngine on
RewriteCond %{REQUEST_METHOD} ^(TRACE|TRACK)
RewriteRule .* – [F]

Perceba que no começo falei XXX.XXX.XXX.XXX, isto refere-se ao ip do seu dedicado (shared ip dos domínios :P)

Por este vhost pegue a coisa em cheio.

A charada está nas linhas:

ServerName www.nomedodominioparkeado.com:80
ServerAdmin webmaster@dominiodestino.com.br
DocumentRoot /var/www/web100/web
ServerAlias dominiodestino.com.br

1 – indica o parkeamento
2 – email do main domain
3 – arquivos web de onde o parkeamento vai ler assim que o internauta acessar a página www.nomedodominioparkeado.com
4 – indica o destino do parkeamento, ou seja, ao acessar www.nomedodominioparkeado.com a pessoa na realidade acessa dominiodestino.com.br, porém tendo no cabeçalho o nome www.nomedodominioparkeado.com (url de entrada no navegador)


OBS: CASO O ARTIGO NÃO EXIBA AS TAGS DO APACHE, POR FAVOR VERIFIQUEM JUNTO AO ARQUIVO /ETC/HTTPD/CONF/HTTPD.CONF.

Abraços e espero ter contribuído com um dia feliz para nós… lol.
bye!

Como alterar o IP de saída do EXIM para um domínio no servidor de hospedagem com cPanel?

Standard


Para alterar o IP de saída pelo EXIM, crie no arquivo abaixo a referência:

/etc/mailips

Ficando dessa forma:
seu-dominio.com.br: IP

Como ao reiniciar o exim pelo whm , ele limpa o arquivo, torne o arquivo imultável com o comando:

chattr +i /etc/mailips

Neste caso, em minha opinião o bacana poderia também colocar o +ai como parâmetro do chattr para reforçar a segurança do arquivo pois o Cpanel em alguns updates chega a utilizar-se de chattr para tirar proteções.

Fonte: http://eltern.wordpress.com/2010/04/08/como-alterar-o-ip-de-saida-do-exim-para-um-dominio-no-servidor-de-hospedagem-com-cpanel/