Dicas de Saúde,postura e o uso de Computadores | Notebooks

Standard

 

apple

 

Digitação

Na digitação evite realizar o mesmo movimento com as mãos durante muito tempo, procure realizar uma digitação suave; conserve as mãos retas.

Conforto para os olhos

Quanto menores o brilho e os reflexos na tela do monitor, maior o conforto para os olhos. Se o ajuste nos controles manuais ou o reposicionamento do monitor não corrigir esses efeitos, coloque um toldo de papelão sobre ele. Ou, então, compre uma proteção antiofuscante, também conhecida por protetor de tela.

De olho na tela

A posição do monitor é importante para evitar problemas de coluna e de fadiga ocular. Ele deve estar numa distância de aproximadamente 70 centímetros da face do usuário, ao nível dos olhos ou um pouco abaixo deles. Se o gabinete da máquina não permitir esta disposição, coloque alguns livros sob o monitor.

Conforto para o corpo

Quando você esta de pé, seu peso é distribuído pela coluna lombar, favorecendo o equilíbrio do corpo. Permanecendo horas sentado, sua coluna recebe uma dose de esforço extra. Nesse caso, procure manter a curva natural das costas (em formato de S). Uma boa dica: coloque um travesseiro na parte inferior da coluna para ajustar a curva lombar.

Atenção com a cabeça e o pescoço

As dores de coluna estão, muitas vezes, relacionadas com o mau posicionamento da cabeça e do pescoço. Para reduzir as chances de lesões na cabeça e no pescoço, evite torcê-los ou sacudi-los de forma repetitiva. Utilize, também, um suporte de papéis para eliminar movimentos laterais com a cabeça.

Capriche na cadeira

Priorize a compra de uma cadeira confortável, ótimo acessório para minimizar o estresse do corpo. Ela deve ter um encosto ajustável (para frente e para trás), que permita uma reclinação de até 30 graus. Prefira encostos altos, pois garantem maior apoio para as costas, diminuindo a tensão localizada. Verifique se a cadeira oferece suporte para a região lombar, descanso de braço com almofadas e uma base com cinco pernas para reduzir o risco de quedas.

Boa Circulação

Digite com os braços formando um ângulo de 90 graus. Isso é importante para garantir a boa circulação sangüínea nos membros superiores.

No Chão

Pés cruzados ou apoiados na ponta dos dedos favorecem dores na parte inferior da coluna. Apoie a planta dos pés no chão, permitindo que eles fiquem retos. Se a cadeira for muito alta, coloque livros ou outro tipo de apoio sob os pés. Lembre-se ainda de manter os joelhos flexionados num ângulo de 90 graus.

Parada Obrigatória

É saudável estipular períodos de descanso para a vista. Para cada 2 horas de trabalho, recomenda-se um intervalo de 15 minutos. Quem trabalha todo o tempo olhando para a tela deve optar por uma pausa de 15 minutos em cada hora de serviço.

Ambiente Agradável

Ao trabalhar, evite o excesso de luz ambiente externa e o brilho nas paredes próximas ao computador e elimine os reflexos na tela do monitor.

Passeios Esporádicos

Por mais correta que seja sua postura, a pressão sobre os discos lombares aumenta em até 30% quando você está sentado. A Nasa realizou uma serie de estudos com gravidade zero e descobriu que um corpo em descanso posiciona-se entre o estado de sentar e o de deitar. Como não existe uma fórmula exata, os especialistas aconselham que cada profissional escolha a postura que mais lhe agrade com coerência, é claro. Aliado a isso, eles dizem que sentar de uma maneira segura se resume em levantar-se de vez em quando.

Teclados Ergonômicos

Não se empolgue com a bela aparência desses periféricos. Prefira os modelos com suporte de pulso, que deve ser grosso e almofadado e estar no mesmo nível físico do teclado – nunca abaixo.

Esforço Repetitivo

Dores nas mãos, sensibilidade ao toque, adormecimento e formigamento dos dedos são os principais sintomas de lesões por esforço repetitivo, doença crônica que atinge ombros, braços, pulsos e mãos. Nunca ignore os possíveis sintomas. Deixar para lá pode ser muito pior.

Luz

A iluminação precisa ser controlada para não se sobrepor à tela ou produzir reflexos indesejados. Dê preferência aos lustres com ajuste manual. Confira se a luminosidade está adequada: olhe para a tela do micro – não pode haver pontos de luz notáveis atrás ou ao redor dela.

Pernas Livres

Uma mesa de trabalho inadequada pode causar dores na nuca, nas costas e na cabeça. Considere a utilização de um móvel que permita bom espaço para movimentação das pernas e ofereça altura suficiente para posicionar o teclado de forma correta – aproximadamente 70 centímetros do chão.

Fadiga

Distancie seus olhos do monitor a cada 10 minutos, focalizando-os o mais longe possível durante 5 segundos. Esse procedimento minimiza a fadiga ocular.

O Poder do Mouse

Quando você utiliza o mouse, movimenta os músculos mais fortes do ombro e dos braços. Por isso, tenha cautela ao manusear o periférico. Não use força para clicar ou mover o mouse; mantenha o pulso numa posição neutra; altere a postura das mãos durante o trabalho.

 

Via

Usando o comando screen

Standard

Antes de começar, eu vou informar a vocês o que podemos fazer usando o comando screen.

Como um linux sysadmin, é muito comum você ter a necessidade de rodar vários comandos de uma vez. Você provavelmente irá abrir várias sessões do ssh para isto, porém, existe uma maneira melhor, mais segura e recomendada.

Outra necessidade que frequentemente irá surgir, é rodar um comando ou script que levará horas para terminar, como por exemplo um rsync. Isto requer que vocÊ mantenha a conexão aberta no ssh, pois se você fechar, o script ou comando também se encerrará, o que pode ser um problema se você tiver a sua conexão a internet interrompida.

Face a estes problemas, podemos começar a apresentar a vocês o comando screen.

Screen – torna possível rodar vários pseudo terminais, manipular e salvar suas entradas e saídas no screen, além de copiar e colar entre as janelas.

Vou mostar como rodar um comando que leva horas, dentro de um screen.

Vamos primeiramente instalar o screen, usando yun, apt-get, ou algum gerenciador de pacotes que você tiver disponível. Em nosso exemplo usaremos o yum.

yum install screen

Agora digite:

screen

Este comando iniciará uma nova janela dentro do screen para você. Você tem também a opção de iniciar o comando dando um nome a janela (parametro -S). Exemplo:

screen -S janela1

Neste caso, a janela se chamará “janela1″.

O screen funciona como qualquer outra sessão dentro do ssh. Você pode digitar qualquer comando agora, que irá rodar normalmente.

Se você quiser sair da sessão do screen, deixando-a ativa, e manter o comando que estava sendo executado, faça:

Ctrl-a d (pressione control +a, solte, e em seguida aperte d)

Então, quando você quiser voltar a janela screen, digite:

screen -r

Outras opções que você tem quando está dentro do screen são:

1. Para criar uma nova sessão:

Ctrl-a c

2. Para alterar entre as sessões:

Ctrl-a n

Existem outras possiblidades de uso. Para maiores informações e ajuda, você pode utilizar no seu terminal:

man screen

fonte: http://www.servidorgerenciado.com.br/usando-o-comando-screen/

Plesk 8 e Plesk 9 Como modificar páginas de erros personalizadas how to change customized error pages on plesk

Standard

No meu blog littleoak eu fiz um how para isto:

http://littleoak.wordpress.com/2009/03/24/plesk-8-e-plesk-9-como-modificar-paginas-de-erros-personalizadas-how-to-change-customized-error-pages-on-plesk/

Zoneminder no Ubuntu ou Debian – Serviço de Câmeras Web (cftv)

Standard

Bom, vamos falar sobre a instalação do Zoneminder e algumas dicas e truques para o mesmo funcionar adequadamente.

Como tudo começou:

Meu chefe me passou a url do programa dizendo que seria uma boa solução para o controle das imagens geradas pelas câmeras internas. Pediu pra eu testar.

Equipamentos:

Placa de Captura com chipset bttv. Como já havia visto uma funcionando, indiquei a Pico2000. Que pode ser encontrada em média de 50 reais no mercado livre (http://www.mercadolivre.com.br).

Computador com slot pci, e os cabos para ligar as câmeras a placa.

E o sistema operacional usado será o Linux, distribuição Ubuntu.

A escolha da distribuição pesou devido ao fato de que todos os desktops da empresa rodarem Ubuntu, então pra não ficar inventando moda resolvi usar a mesma coisa para padronizar. E provavelmente o servidor que vamos colocar em produção vai ser Debian, não vai haver grandes mudanças na hora da instalação para produção.

Vamos ao que interessa.

ara fazer a verificação se o sistema detectou a placa, faça o seguinte procedimento:

# dmesg | grep bttv

Deve aparecer a seguinte saída:

Com isso já guarde as seguintes informações:

[ 82.180611] bttv0: registered device video0
[ 82.180792] bttv0: registered device vbi0

Instalações

Agora vamos a parte boa, instalar o que é necessário.

Vamos fazer a instalação por partes:

1. Apache, MySQL e PHP:

# apt-get update
# apt-get install apache2 mysql-server mysql-client php5-mysql php5-gd php5-cgi php-pear libgd-tools php5-dev libmysql++-dev libmysqlclient15-dev

Depois dessa instalação, já vai estar com seu servidor web pronto para o serviço.

2. Codecs de vídeo:

# apt-get update
# apt-get install libavcodec-dev libavcodec1d libavformat-dev libavformat1d libavutil-dev libavutil1d ffmpeg libavifile-0.7c2

3. As demais dependências:

# apt-get update
# apt-get install g++ make netpbm libssl-dev libjpeg62-dev libmime-perl libwww-perl libarchive-tar-perl libdate-manip-perl libarchive-zip-perl libmime-lite-perl libdbi-perl libdbd-mysql-perl libpcre3-dev libgnutls-dev

Feito isso seu sistema já vai estar pronto para receber o Zoneminder, após claro a pequena compilação dele.

Instalação do Zoneminder

Tendo instalado todos os programas anteriores, essa parte é mais simples pois provavelmente não vai dar erro agora.

Baixe o source pelo site:

# wget -c http://www2.zoneminder.com/downloads/ZoneMinder-1.23.2.tar.gz
# tar czf ZoneMinder-1.23.2.tar.gz
# cd ZoneMinder-1.23.2

Agora vem o pulo do gato, se você fizer sem alterar nada vai dar erro no make, se quiser testar, fique a vontade, se quiser fazer o trem funcionar de primeira edite o arquivo src/zm_mpeg.cpp e na linha 280 altere de:

#if ZM_FFMPEG_SVN

Para:

#if !ZM_FFMPEG_SVN

Isso mesmo, só adicionar um “!” ali depois do if.

Agora proceda com a instalação:

# ./configure –with-webdir=/var/www/zm –with-cgidir=/usr/lib/cgi-bin –with-webuser=www-data –with-webgroup=www-data
# make
# make install

Agora vamos usar o script para criar o banco de dados:

# mysql mysql < db/zm_create.sql -p

E agora logar no mysql para dar permissão ao usuário criado:

# mysql -u root -p
mysql> grant select,insert,update,delete on zm.* to ‘zmuser’@localhost identified by ‘zmpass’;
mysql> flush privileges;

Prontinho, prontinho, prontinho…

Script de inicialização

Crie um arquivo chamado zoneminder e coloque dentro dele as seguintes linhas para a criação de um script de inicialização “automágica”:

#!/bin/sh
# description: Control ZoneMinder as a Service
# chkconfig: 2345 35 15

# Source function library.
#. /etc/rc.d/init.d/functions

prog=ZoneMinder
ZM_PATH_BIN=”/usr/bin”
command=`which zmpkg.pl`

start() {
echo -n “Starting $prog: ”
$command start
RETVAL=$?
[ $RETVAL = 0 ] && echo success
[ $RETVAL != 0 ] && echo failure
echo
[ $RETVAL = 0 ] && touch /var/lock/zm
return $RETVAL
}
stop() {
echo -n $”Stopping $prog: ”
#
# Why is this status check being done?
# as $command stop returns 1 if zoneminder
# is stopped, which will result in
# this returning 1, which will stuff
# dpkg when it tries to stop zoneminder before
# uninstalling . . .
#

result=`$command status`
if [ ! “$result” = “running” ]; then
echo “Zoneminder already stopped”
echo
RETVAL=0
else
$command stop
RETVAL=$?
[ $RETVAL = 0 ] && echo success
[ $RETVAL != 0 ] && echo failure
echo
[ $RETVAL = 0 ] && rm -f /var/lock/zm
fi
}
status() {
result=`$command status`
if [ “$result” = “running” ]; then
echo “ZoneMinder is running”
RETVAL=0
else
echo “ZoneMinder is stopped”
RETVAL=1
fi
}

case “$1” in
‘start’)
start
;;
‘stop’)
stop
;;
‘restart’ | ‘force-reload’)
stop
start
;;
‘status’)
status
;;
*)
echo “Usage: $0 { start | stop | restart | status }”
RETVAL=1
;;
esac
exit $RETVAL

De acordo com sua distribuição, coloque o script no local adequado, dê permissão 775 para ele ser executado e reinicie sua máquina para fazer o teste.

Se for no Ubuntu também:

– copie para o diretório /etc/init.d
– faça os links simbólicos:

# ln -s /etc/init.d/zoneminder /etc/rc0.d/K20zoneminder
# ln -s /etc/init.d/zoneminder /etc/rc1.d/K20zoneminder
# ln -s /etc/init.d/zoneminder /etc/rc2.d/S20zoneminder
# ln -s /etc/init.d/zoneminder /etc/rc3.d/S20zoneminder
# ln -s /etc/init.d/zoneminder /etc/rc4.d/S20zoneminder
# ln -s /etc/init.d/zoneminder /etc/rc5.d/S20zoneminder
# ln -s /etc/init.d/zoneminder /etc/rc6.d/K20zoneminder

– pronto, ele irá iniciar sozinho.

Depois de feito todo o procedimento anterior, verifique se o apache está rodando, se sim acesse:

http://localhost/zm

Agora o resto é simples, para as configurações iniciais só clicar em Opções (ou Options se ele não pegar o idioma pt-br). Como na imagem abaixo:

Na primeira tela você pode escolher a linguagem da forma que achar melhor:

Na aba caminhos você edita onde deseja salvar os arquivos capturados:

Na aba imagens você escolhe como deseja que seja feito o streaming de vídeo e também o caminho do ffmpeg.

O resto das opções são bem intuitivas, basta ler. Isso vou deixar com você.

Dicas e conclusão

Dicas (Onde eu tropecei):

  • Verificar o padrão da câmera se é PALM ou NTSC.
  • Colocar pra gravar os dados em outra partição separada.
  • Ler os manuais

Conclusões

Esse artigo foi escrito com a finalidade de dar uma luz pra quem esta ralando nessa área e não quer mexer com esses GEOVISION. Então está aí pra mostrar o caminho, o resto depende de cada um. Qualquer dúvida, estamos aqui pra saná-la.

fonte: http://www.vivaolinux.com.br/artigo/Ubuntu-+-Zoneminder-=-Solucao-Livre-para-CFTV/?pagina=1