Skip to content

Como economizar na conta de energia de maneira simples

lampada
Como tornar minha conta de luz mais barata?

Bom, muita gente se pergunta como economizar na conta de energia em tempos aonde o custo da energia elétrica está abusivo (e ainda tem por meta atingir o valor de 50% no total dos acréscimos até o final do ano)?

A resposta é simples:

Economizar sem gastar é mentira! Ilusão!

É necessário investir um pouco de dinheiro para ver sua conta de luz diminuindo. Vamos a alguns pontos relevantes, ok?

1 – Que tipo de lâmpada sua casa possui?

Parece cômico, mas ainda hoje existem casas usando lâmpadas “amarelas”, aquelas que não são fabricadas mais e que consomem energia de forma excessiva. Essas lâmpadas (isto é para ontem) devem ser trocadas, e acredite se quiser, 85% da conta (na fatia que as lâmpadas consomem) será reduzida!

2 – Equipamentos em StandBy, pode?

Outro ponto que as pessoas se enganam e muito é justamente aquele seu aparelho de som/dvd/micro-ondas/blueray/pc/notebook/etc quietinho, com uma luz fraca piscando exibindo a hora não consome nada de energia. ERRADO, eles consomem energia sim (e em conjunto com outros dispositivos esse consumo, no geral torna-se enorme).

3 – Monitores CRT (ainda existem?)

É um ponto que eu nem deveria tocar de tão arcaico que é, mas infelizmente ainda existem pessoas/estabelecimentos que possuem estes monitores. Pense neles como se fossem Dodges Challenger andando a 100km / H em primeira marcha na conta de luz! Compre monitor LCD/LED, são mil vezes melhores em tudo (acredite).

4 – Processamento do seu computador…

Parece estranho e chato tocar nisto, mas pense comigo, quem consome mais, um processador i5 de 54W ou um Octacore AMD FX 9000 series de 220W? Preciso realmente falar sobre isto? Vai comprar equipamento de TI? Veja o consumo de energia e eficiência!

5 – Banho e escovação de dentes debaixo do chuveiro

Não adianta se achar um Stevie Wonder debaixo do chuveiro, cantando e dançando e o tempo passando e pensar que vai pagar pouco quando a conta de luz vier, se esse banho contiver aquecimento elétrico não aguarde coisa boa na conta de luz, e este é um dos pontos mais fortes que irei tocar. Banhos eficientes são aqueles que não gastam muita água e consequentemente muita luz. A verdade é que o vilão da conta de luz hoje é o chuveiro elétrico, estima-se que 66% da conta de luz de uma casa (convencional) vem deste vilão. Há formas de contornar isto, uma barata (eficiente, mas não muito) e outra um pouco custosa, mas a mais eficiente.

Contornar na forma de banho:

5.1 – Nunca escove os dentes debaixo de um chuveiro elétrico, é suicídio na conta de luz,
5.2 – Molhe-se (no banho), encerre o chuveiro, ensaboe-se corretamente e depois ligue o chuveiro para total remoção da água quente,
5.3 – Em dias de calor moderado evite usar o chuveiro elétrico ou use-o com potência pela metade.

Com essas 3 dicas básicas você já terá economia forte!

Outra saída é comprar aquecedor solar, abaixo darei a dica baseado em conhecimento próprio:


Aquecedor Solar

5.4 – Aquecedor Solar e a forma de comprar inteligente, vou fracionar essa parte para que seja mais legível:

5.4.1 – Comprar Aquecedor Solar? Marcas?

Comprar aquecedor solar na região de Belo horizonte e Contagem (hoje) só indico um pessoal velho (macaco velho) no assunto que é o depósito Irmãos Ribeiro, ali não tive dor de cabeça no quesito. As marcas que eles trabalham são as que têm maior respeito no mercado de minas gerais, que são aquecedores Tuma Solarem e Aquecedores Enalter, essas duas marcas brigam como se fossem cachorros loucos (são as melhores). Não recomendo outra marca, pois usar isopor ou coisas de plástico em um equipamento que você vai gastar bastante é hediondo! Para se ter uma ideia a durabilidade autenticada pelo INMETRO em ambas marcas que falei é de no mínimo 15 anos, ou seja, imagine a sua conta de luz tendo 66% de valor reduzido durante 15 anos? Nem comento nada…

5.4.2 – Medida certa para minha casa

A medida é um ponto importante, mas normalmente você tem de pensar mais no telhado, eu explico corretamente. Vamos supor que na sua casa sejam 4 pessoas (casal e dois filhos), um aquecedor que atende essa família deve ser no mínimo 400L. Pense assim, se todos saem cedo (pais trabalham e os filhos vão ao colégio), todos hão de tomar banho com água quente, ou seja, a sobra de água quente de ontem (imagine que todos tomam banho antes de dormir) irá me atender hoje pela manhã. É costumeiro que algumas pessoas saem sem tomar banho logo cedo (não é meu caso, rsrsrs), mas se isso ocorre ou não o cilindro (eles chamam de boiler) de 400L deve atender. No caso da placa tem uma questão de tempo de resposta, exemplo, se você tem muitas placas (eles chamam de coletores)  para um cilindro isto não será ruim, porém o valor tornar-se-á mais salgado. A reposta exata é no cilindro, ou seja, muitas placas = água quente mais rapidamente, menos placas = água quente mais lentamente. No caso de um boiler de 400L você pode usar coletores de 2 MT quadrados ou no mínimo 2 x 1,70 MT quadrados aproximadamente, ou ainda (mais caro um pouco) 3 x medida um pouco menor.
Ressalto que quanto menor a placa mais facilmente o raio de sol vai pegar nela por inteiro, ou seja, mais rapidamente haverá um aquecimento de água mais rápido. Enfim, o gasto em si é somente no custo da instalação e material hidráulico (se você colocar linha de água CPVC dentro de casa o custo aumenta – e é necessário), mas o resultado final é uma economia absurda!
Pense bem, 66% na conta de luz todo santo mês com estes valores absurdos cobrados pelas companhias é um manjar!

6 – Fiação elétrica

Se você pensou que aquela fiação com 20 anos (ou mais) naquela casa não influencia você está bem enganado, micro-curtos são outros vilões que fazem a conta subir e subir bastante, avalie esta possibilidade!

7 – Painéis solares para captação elétrica

Esse é um ponto a se pensar e com seriedade, pois diferente de um sistema de aquecimento solar o sistema de captação elétrica é mais cara, mas tem sua compensação. Se levarmos na caneta um sistema elétrico com painéis para captar energia para dentro de casa e todo aparato para armazenar e distribuir + instalação sai em torno de uns R$ 12 ~ 15 mil reais, todavia esse custo alto compensa! Pense comigo, se você tem 20 mil reais investidos (aquecimento solar + armazenamento de energia) e você tem R$ 250,00 / mês eliminados, temos R$ 3.000 / ano de economia, logo, em 5 ou 6 anos tudo estará pago e consequentemente os próximos anos serão apenas lucro sólido, em outras palavras, investimento a médio prazo com lucratividade de longo prazo!

 

Pense nessas formas de economia de energia e sugira uma forma, atualizo o post imediatamente.
Abraços!

Be First to Comment

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *